Dicas de livros sobre desenho

Por - 9.8.12

#WIP

Já devo ter contado em algum post que um dos primeiros livros que li sobre desenho foi Fomas de pensar o desenho, da Edith Derdyk. Esse livro mudou muito minha visão sobre a linguagem, a técnica e o modo como encarava meu próprio ato de desenhar. Tive a oportunidade de assistir a uma palestra com a própria Edith, num simpósio sobre arte/educação aqui em Rio Grande. Foi uma experiência maravilhosa, e lá se vão uns bons 7 anos... Então, ao longo da graduação e da pós, fui enriquecendo minhas leituras, que servem de suporte até hoje quando preciso expressar minha opinião, fundamentar um artigo científico ou, até mesmo, responder pacientemente aos que dizem que "desenhar é um dom". Por isso, elaborei uma lista, que pode servir de apoio para quem pesquisa sobre desenho, ou somente quer enriquecer sua prática, através de uma boa leitura:

- Formas de pensar o desenho, O desenho da figura humana, e Disegno. Desenho. Desígnio, de Edith Derdyk: São os três livros da Edith que tenho em minha cabeceira até hoje e sempre aparecem em qualquer texto que eu escreva sobre desenho. Os dois primeiros são clássicos lá da década de 1990, o último é mais recente, uma coletânea de vários autores que versam sobre o ato de desenhar.
- Princípios de forma e desenho, Wucius Wong: Este aqui é mais técnico, aquele tipo de livro no qual encontramos todo tipo de conceito fundamental. Ótimo para estudantes de Artes.
- Diálogo | Desenho, Marcia Tiburi e Fernando Chuí: Esse livro é muito gostoso de ler, são cartas que os autores trocam por um determinado período, sobre o ato de desenhar e de filosofar. 
- Desenho e emancipação, Flávio Motta: Esse aqui faço questão de deixar o link para download (não é um livro, mas sim um texto) pois foi super difícil de achar. A primeira citação a esse texto, se não me engano, foi em Formas de pensar o desenho. Aqui, o Flávio Motta explica como a nossa sociedade entende o desenho, e faz distinção entre o ato de desenhar como um esboço, ou como um projeto de vida. É muito interessante, e a referência está no topo da página.
- Gesto inacabado, Cecília Almeida Salles: É um livro sobre o processo de criação em geral, com exemplos de vários artistas, ao longo da História da Arte. Foi aqui meu primeiro contato com o livro Cartas a Théo, pelo qual me apaixonei.
- O desenho cultivado da criança, de Rosa Iavelberg e A arte do grafismo infantil e a construção simbólica*, de Cleusa Helena Peralta Castell: São títulos para quem quer se aprofundar no universo do desenho infantil, desmitificando muita bobagem que ouvimos por aí. Infelizmente, o livro da professora Cleusa circula somente no âmbito acadêmico da FURG, já que nunca foi lançado por uma editora.
UPDATE: A professora Cleusa acaba de lançar seu histórico livro, com o título Pela linha do tempo do grafismo infantil: um caminho trans-estético para o currículo integrado. A obra tem 205 páginas e está à venda pela Livraria da FURG a R$ 20,00.
- Fundamentos de Ilustração, Lawrence Zeegen: Por último, para quem decidiu seguir a carreira de ilustrador, este livro ricamente ilustrado apresenta ótimas dicas, desde a importância do sketchbook, do briefing, até a montagem do portfólio.

Abraços,
Lidiane :-)

Veja também

10 Comentários

  1. Adoro dicas. Teus posts são iluminadores. Acrescentam sempre algo novo, mesmo que seja um detalhe (que sempre fazem diferença).
    Obrigada por partilhar teus conhecimentos.
    Beijos no coração.

    ResponderExcluir
  2. Ah!Identifiquei-me com essa mocinha aí do post (meio indiazinha, talvez uma morena). rs Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Oi Thaís

    Obrigada pelas palavras! Gosto muito de compartilhar leituras, coisas que encontro, mas às vezes não sei se as pessoas gostam de ler esse tipo de informação no blog hehehe. Mas depois do teu comentário, penso em fazer resenha desses livros mais adiante, talvez ano que vem. :D
    Ah! A menina é para um concurso de uma revista, não sei se vai ficar bom, estou fazendo em lápis de cor. Daqui a pouco posto o resultado.

    Beijão!

    ResponderExcluir
  4. nossa.. nunca vi alguém falar sobre desenho desse forma.
    muito obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lincoln,

      Eu é que agradeço a visita.

      Abraços!

      Excluir
  5. Oi Lidiane Dutra
    Sou um velho desenhista com 79 anos. Aprendi a desenhar com 12.Hoje por culpa de AVC fiquei com o lado esquerdo do corpo meio paralisado. Estou sentindo dificuldades em encontrar a borracha elétrica Derwent aqui no Brasil, será que vc poderia me ajudar.?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dilermando, tudo bem? Que legal conhecer mais um desenhista apaixonado pelo que faz! Boa notícia: a Derwent está vendendo no Brasil agora, e a borracha elétrica está em promoção no site:http://derwent.colorend.com.br/borracha-eletrica.html Grande abraço!

      Excluir
  6. O texto do Flávio Mota não está mais no link :(

    ResponderExcluir
  7. Oi Karen! Muito obrigada por avisar :) Já encontrei em outro site e atualizei o link.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Que post valioso! Obrigada!!! =D

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e pelo comentário.
Saiba mais sobre os termos de uso e política de privacidade clicando aqui.