Mídias na Educação

22.9.13


Foto: via
Olá pessoal!

Esta é uma postagem atípica, parte de um projeto muito especial. Fui convidada pelo professor André e pela professora Zélia para falar sobre blogs e redes sociais na disciplina O uso de blogs, flogs e webquest na educação, do Curso de Pós-Graduação em Mídias na Educação, oferecido pela Universidade Aberta do Brasil (UAB). Criei este post para interagir com os estudantes, responder dúvidas relacionadas ao conteúdo e conversar sobre o ato de blogar. 

Queridos estudantes, sejam bem-vindos ao meu cantinho! Sintam-se abraçados por mim e por cada leitor que me acompanha. É possível comentar como anônimo e com outros perfis que não sejam do Google. Só deixem o nome de vocês e o Polo para que os professores e eu possamos identificá-los.

Update 29/09: A participação nesta atividade está encerrada. Muito obrigada pelo carinho e pelas mensagens de todos, àqueles que fizeram questão de ir além do conteúdo e comentar em outras postagens, e também seguir meu trabalho pelas redes sociais. Adorei interagir com vocês!

Update 02/10: Como são mais de 260 comentários, o Blogger criou um mecanismo de rolagem. Assim, para visualizar as últimas interações, é preciso ir até o final da página e clicar em "Carregar mais...", então elas aparecerão, inclusive respondidas. Todos os comentários (não repetidos) feitos até a meia noite do dia 29/9 foram aprovados. Depois dessa data, fechei a tarefa. ;)

Abraços,
Lidiane :-)

Veja também

263 Comentários

  1. Olá
    Lidiane gostei muito do seu blog, o layout dele é lindo e o conteúdo é muito legal.
    O blog e uma das redes sociais que ainda não tenho, pelo fato de ainda não saber utilizar a ferramenta, espero que essa disciplina me ajude a saber como criar um blog e também coragem porque um dos meus medos é que eu não tenha muito seguidores.
    Acho que deve ser muito prazeroso quando tu escreve alguma coisa se várias pessoas leiam e se identifiquem com a tua escrita, já aconteceu comigo de ler em uma postagem em um blog que parecia que estava sendo escrito para mim.
    No texto que esta disponibilizado nessa semana no curso, você da algumas dicas que são muito interessantes para quem quer começar a escrita de um blog.
    Abraços
    Iviliane Polo de São José do Norte

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Iviliane!
      É muito fácil criar um blog, o desafio está em criar conteúdo e ter uma frequência de postagens. Assim que os meus primeiros leitores chegaram, me senti incentivada a continuar, tenho um feedback muito bom, apesar de pequeno, comparado a grandes blogs que existem. Mas os outros não podem ser parâmetro, não é mesmo? O que vale é nossa vontade de blogar.
      Espero que aprendas nesta disciplina e crie o teu blog, depois deixa o link que terei prazer em visitá-lo.

      Abraços,
      Lidiane

      Excluir
    2. Olá, Lidiane, tudo bem?
      Algum tempo atrás( mais ou menos 5 anos) numa disciplina do meu curso, tive que criar um blog, porém, não dei continuidade por falta de tempo e também por não ter tido mais informações para isso. Lendo o teu texto achei muito interessante e vi o quanto um blog pode ser útil se for bem organizado. As dicas que você colocou sobre o blog, de como proceder para mantê-lo são ótimas, pois numa linguagem clara facilitou o entendimento. Espero, aprender mais ainda sobre blog e já estou pensando em criar um, quem sabe até na minha escola...
      Ana Luiza - Pólo de Três de Maio.

      Excluir
    3. Que ótimo, Ana Luiza! Espero que as dicas te ajudem e tu vá em frente com o blog na escola ;)

      Bjs

      Excluir
  2. Olá Lidiane, achei interessante o seu blog e a maneira como você o usa. Não tenho contato com nenhuma blogueira tão atuante como você. Tenho um blog, mas infelizmente não consigo postar diariamente. Lendo suas dicas percebi que bloguear é um hábito assim como o de ler. Então, quem sabe um dia terei esse hábito?..um abraço...Parabéns pelo seu trabalho..
    Jana, Pólo SVP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jana!

      Sim, o hábito de blogar é muito similar ao de ler, assim que o desenvolvemos, se torna muito prazeroso. E as postagens nem precisam ser diárias, bastam ter certa frequência. Por exemplo, podes ter um calendário editorial no teu espaço, muitos blogueiros fazem isso.
      Exemplo de calendário: toda quarta-feira farás a resenha de um livro OU uma vez por mês postarás um vídeo... é uma maneira de manter o blog ativo e despertar a curiosidade do leitor, pois ele já sabe que, naquele dia específico, tem conteúdo novo.

      Grande abraço,
      Lidiane

      Excluir
  3. Adorei aquele trabalho e tinha ficado na dúvida sobre o sal..rsrs
    Obrigada pela resposta,
    Abc, Jana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehehe da próxima eu acerto com o sal ;)
      Bjs

      Excluir
  4. Cássius - Polo de Santa Vitória do Palmar.

    Olá Lidiane, gostei muito do seu material, inclusive sobre as redes sociais, cada vez mais surgem elementos e opções e eu não conhecia muitas delas. Sobre os blogs, desde 2009 sou blogueiro também, inspirado por um amigo e depois outros amigos fizeram também, mas a maioria abandonou por causa dos motivos mencionados no seu texto, principalmente a falta de hábito de escrever. Meu blog de assuntos aleatórios chama-se Rapsódias Nefárias, tive que mudar de servidor certa vez por problemas de espaço na conta gratuita do uol, somando as versões que exclui e a atual já são mais de 130.000 acessos. Já meu projeto de incentivo à leitura por meio das histórias em quadrinhos, que também tive de mudar de servidor (mas não exclui o antigo), já soma mais de 70.000 acessos, tem poucos comentários (inclusive de um angolano), alguns seguidores fieis, mas isso não me desmotivou, mantive as postagens e procuro atualizar sempre. O endereço é http://gibiblioteca.blogspot.com.br/, tem inclusive um fundo personalizado com logotipo que improvisei, já que com o fundo colorido o título ficava invisível, então "enganei" o sistema para que o nome ficasse aparecendo em diversos locais pelas imagens que juntei numa montagem. Costumo trocar e emprestar conteúdos para o blog de um amigo também, já tive texto copiado certa vez num site de baixar desenhos animados, solicitei e o servidor reclamou, mas acabou citando a fonte, e também fui recomendado por um famoso blog de entretenimento e downloads, além de um site de uma prefeitura de Minas Gerais e em carta na revista "Mundo dos Super-Heróis".
    Digo isto para ilustrar como somente esta ferramenta me proporcionou interagir com pessoas conhecidas ou não, e divulgar meu trabalho e minhas ideias, aliando meu gosto pessoal, minhas opiniões e meu trabalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cássius!
      Já és blogueiro há bastante tempo, tens uma trajetória com criação de conteúdo bastante consolidada, pelo que pude perceber através do teu relato. E também passaste por uma série de contratempos e conseguiste contorná-los e continuar blogando. Persistir num espaço virtual, na minha opinião, é uma experiência que pode ser levada para a sala de aula, com a criação de blogs coletivos e ampliação do debate sobre o que publicar, qual linguagem mais adequada, licença de uso de imagem, dentre outros fatores que são bastante presentes no cotidiano da maioria dos estudantes, mas pouco explorado pelos professores.
      Adorei teu projeto de incentivo á leitura através dos quadrinhos, deixo a dica de um artista riograndino que faz HQs ótimas, o Everton Cosme: http://dialogosgraficos.blogspot.com.br/

      Abraços,
      Lidiane

      Excluir
    2. Obrigado, já pensei em desistir também algumas vezes, andei alguns meses parados com o Rapsódias, também por conta facebook que nos toma tempo, mas continuei, mesmo porque estou repostando coisas do antigo blog. INfelizmente trabalho numa escola que não tem internet ainda, e os alunos são carentes, estão começando só agora a lidar com elementos virtuais. E também há problemas de gestão, a falta de um projeto que inclua curso pros professores utilizarem as ferramentas e a falta de vontade de alguns profissionais. Mas estou cursando o Mídias para me capacitar nesse campo e, assim, vamos levando. Já conheço um pouquinho o trabalho do Everton Cosme.

      Excluir
    3. Tomara que esta experiência no Mídias possa gerar bons resultados na tua escola, principalmente por ser o primeiro contato dos estudantes com o mundo virtual. Espero também que os gestores assumam um novo papel e te ajudem a elaborar um projeto consistente, para colocares em prática todos esses aprendizados.
      Abçs!

      Excluir
  5. Olá Lidiane, tudo bem? Sou Ana Cristina Pütten, aluna/cursista do Polo Santo Antonio da Patrulha. Primeiramente, parabéns pelo seu blog e pelas suas lindas ilustrações. Em relação a disciplina do curso e de suas #dic@s e orientações sobre a criação de blogs, estou curtindo muito. O seu último texto sobre a produção na Web, me fez voltar no tempo e identificar alguns blogs que tornei-me participante e que por algum motivo deixaram de existir. Blogs de colegas e amigos de trabalho que cansaram de escrever, ou desistiram por situações que você pontuou muito bem como a questão dos trolls ou falta de inspiração. É impressionante como a linguagem culta, acadêmica também desestimula os leitores/seguidores. Particularmente para tal ferramenta acho desnecessário. No mais, obrigada por contribuir com seu olhar e experiência de blogueira.
    Forte abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana Cristina!
      Ótimo saber que o texto está ajudando e que conseguiste identificar situações vivenciadas, a partir do meu relato. Ontem eu estava lendo uma entrevista da Marina Smith, uma blogueira muito famosa, e ela conta que, por dois anos, escreveu para um público muito pequeno, até conseguir se firmar como blogueira. Então, como eu disse para o Cássius, tem que persistir e não tomar os outros como parâmetro. Outra coisa muito importante é fazer a transição entre a linguagem acadêmica e a linguagem para a web, hábito que vem com o tempo. Se entrares nas minhas postagens mais antigas, dá pra ver todos os meus vícios de artigos científicos rsrsrs
      [
      Abraços!

      Excluir
  6. Polo SAP
    Kelly C G Reis

    Oi Lidiane!
    Interessante os textos que você escreveu para contribui com nosso curso.
    Já fiz alguns blogs por necessidade - para escola, para o grupo de adolescentes que eu ajudava a liderar ... mas é bem como vc escreveu, não dei continuidade por uma série de motivos.
    Acho interessante este tipo de interação na net, mas não me chama atenção ter de ficar cuidando disso diariamente, ainda mais agora com filho pequeno :-)
    Mas entro muito em blogs, principalmente para procurar atividades diferenciadas para meus alunos. Nossa, confesso que me assusto com alguns blogs de colegas. É muita informação junta (música, gifs animados, imagens mil, coisinhas piscando o tempo todo). As vezes o conteúdo é até interessante, mas o blog é tão "pesado" visualmente que me "bota a correr" hehehe No entanto, admiro estas colegas que encontram tempo para compartilhar atividades diferenciadas conosco.
    Seu talento de ilustradora também é jóia. Parabéns!
    Me despeço aqui!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kelly!
      Tu colocas algo muito importante no teu comentário: fazer blog por necessidade ou obrigação. Isso acaba minando qualquer interesse em continuar o projeto, pois a situação fica bastante parecida com um trabalho forçado, mecânico e sem entusiasmo que precisa ser feito para conseguir uma nota ao final. O interesse precisa partir de maneira espontânea, por isso, nesta disciplina, apresentamos as ferramentas mas deixamos a critério de vocês a escolha e o interesse em fazer ou não.
      E dar conta da interação na web é algo que requer bastante planejamento. Para esta semana, excepcionalmente, me programei para responder aos comentários de vocês em massa. Mas, normalmente, respondo os comentários assim que chegam. É uma questão de organização e prática, que vem com o tempo :)

      Abraços!

      Excluir
  7. Olá Lidiane,

    Meu nome é Fernanda Formentin e estou realizando o curso de Mídias na Educação no Polo São José do Norte. Fico muito feliz em conhecer seu Blog e ver o quanto ele é atrativo. Ao ver suas produções sinto saudades do tempo em que cursava Artes, e tinha contato com todos aqueles materiais de produção. O desenho desperta em minha apenas produções escolares, o que gosto mesmo é de pintar e usar os recursos midiáticos como Corel e Photo Shop. Suas produções são muito legais.
    No ano de 2010, conheci seu trabalho de pesquisa sobre o universo mediático realizado com o auxilio da Professora Ana Maio. Pois bem, neste mesmo ano fui apresentada aos ambientes virtuais de aprendizagem, para a realização de meu TCC de Artes Visuais. Essa nova descoberta, despertou em mim o desejo de de pesquisa e continuidade. Após defender meu TCC, fiquei sabendo do Curso de Mídias a distancia, e essa foi uma chance de dar continuidade a minha pesquisa. Neste momento irei dar uma abordagem teórica/prática a minha pesquisa de conclusão.
    Os textos que apresentaste na disciplina contribuíram para resgatar meu pensamento sobre a pesquisa que realizei no ano de 2010 e perceber que o universo midiático nos possibilita muitas formas de ensinar e aprender.
    Tive a alguns anos atrás a oportunidade de fazer um blog pessoal, sem ter o intuito de publicar material vinculado a educação ou outro tema, apenas o criei para publicar fotos de família, poemas, entre outros. Como bem apresentaste na leitura desta semana, eu não tive persistência, e vontade de dar continuidade ao meu blog e acabei por desativá-lo.
    Mas, penso que no meio escolar a criação de um blog para a divulgação dos trabalhos dos alunos, se faz uma ferramenta muito interessante e atualizada, pois os alunos gostam de ter contato com estas ferramentas e a persistência e continuidade se faz valer.
    O universo virtual, requer de seus usuários cuidado e persistência ao mesmo tempo, pois devemos saber filtrar o que há de bom na web e ao mesmo tempo devemos ter persistência para pesquisar, realizar nossos objetivos de trabalho, pesquisa.
    Estou muito contente em realizar estas leituras e perceber por meio delas que podemos oferecer muitas possibilidades de interação aos alunos, pois um blog se apresenta como uma ferramenta interdisciplinar.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fernanda!
      Fiquei muito feliz e emocionada ao ler o teu comentário (o anterior também!), pois minha pesquisa com AVAs foi o primeiro contato que tive com as redes sociais e com todo esse universo que faz parte da minha vida, hoje. E me alegra muito o fato de ter contribuído com a pesquisa de outras pessoas, através do meu relato.
      Para os arte/educadores (em especial), sinto que as redes sociais representam uma fonte de ressignificação de velhas práticas como, por exemplo, a criação de portfólios e o ato de mostrar seu trabalho ao mundo. Eu era uma pessoa muito tímida e incapaz de lidar com críticas, mas a partir do momento que me desafiei a mostrar meus trabalhos, precisei criar maturidade para tirar praticamente tudo de letra. E acho essa construção muito positiva com estudantes de artes, assim como com estudantes de letras, matemática, dentre outras áreas do conhecimento. Perder o medo da crítica e fazer a autocrítica (mais difícil) é um ponto positivo das redes sociais. Encontrar novos parceiros de trabalho também.

      Abraços,
      Lidiane

      Excluir
  8. Olá Lidiane,
    Primeiramente parabéns pelo seu blog, ele é encantador! Adorei seu trabalho e fiquei apaixonada pela galáxia em aquarela e a Doe Deere feito com os lápis Polycolor Portrait.
    Nunca tive um blog, a única rede social que participo é o Facebook. Como você menciona no texto Produção de Conteúdo na Web, não sei se eu teria fôlego para dar continuidade em um blog, mas acredito que seja muito prazeroso expor seus trabalhos e ser prestigiado pelos leitores.
    Gostaria de saber quais são os pontos positivos e os negativos de ter um blog, em sua opinião.
    Elaine Barcella - Polo de Santo Antônio da Patrulha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elaine!

      Obrigada pelo carinho, que bom que estás gostando dos meus trabalhos e do meu cantinho na web. É muito prazeroso sim ser prestigiada pelos leitores e amigos que fiz e faço a cada dia, e vem deles grande parte da motivação para continuar postando.
      Gostei muito da tua pergunta, fiquei aqui ponderando os prós e os contras. Na minha opinião, destacaria como pontos positivos 1. a visibilidade que um blog te proporciona; 2. a possibilidade de conhecer pessoas com os mesmos interesses e estabelecer parcerias de trabalho (já trabalhei com escritores, outros ilustradores, publiquei, participei de exposições) e 3. a perda do medo e/ou timidez de mostrar uma opinião. Como pontos negativos, também enumero três aspectos: 1. a trollagem, apesar de eu nunca ter sofrido massivamente com trolls, eles aparecem algumas vezes; 2. os períodos de falta de inspiração para postar e 3. desrespeito à lei de direitos autorais, que garante a autoria de todo conteúdo que publico. Já aconteceu de ver ilustrações e textos meus espalhados por outros blogs, com minha assinatura apagada ou sem nenhum crédito, e ainda tive que ouvir desaforos da pessoa, quando pedi para retirar a imagem do ar. Este deve ser, com certeza, o ponto negativo nevrálgico de quem tem um espaço na web: o plágio.

      Grande abraço,
      Lidiane

      Excluir


  9. Olá Lidiane..

    Obrigada pela dica do editorial... Em relação ao layout do blog achei bem atrativo sem se tornar uma poluição visual, sendo que muitas vezes visitamos blogs que estão cheios de propagandas e isso prejudica a atenção do leitor. É importante manter o foco na questão principal. Escrever no blog é algo estimulante, não sabemos quem vai ser o leitor dele, mas a dificuldade como já havia falado, é a persistência de continuar publicando...por isso gostei da dica. A questão da linguagem utilizada no blog também deve ser cuidada para não ser tão formal, uma linguagem clara deixará o leitor mais a vontade para ler e comentar. Os comentários é uma forma de interação entre o blogueiro e o público leitor. O bom é que os comentários precisam de aprovação, embora criticas construtivas são bem vindas...
    Jana-Polo SVP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jana!

      Olha aqui um exemplo de calendário editorial, na prática: http://garotait.com.br/news/novidades-do-blog/repensando-blog/ O blog dessa menina é super acessado, pra vc ver como é comum construir um calendário para dar conta de abordar todo o conteúdo de maneira clara.
      Moderar os comentários também vai te ajudar bastante. Tem leitores que mandam comentários do tipo "no 2º parágrafo tem um errinho de português, corrige ali e não precisa publicar este coment". É um carinho e uma preocupação da pessoa que está lendo, e mostra que ela gosta do seu conteúdo a ponto de ter essa atitude. E isto está diretamente ligado ao público que se deseja construir. Bons espaços atrairão bom público, o que gera mais motivação para postar.

      Abraços!

      Excluir
  10. Oi Lidiane! Dei uma olhada no seu blog, li alguns posts e achei bem legal a forma como organizas teu blog, sempre considerando a forma de escrita, linguagem e referências sobre o conteúdo nele apresentado. Também achei importante tua dica de retribuir visitas e ser gentil. Penso que neste espaço é necessário o respeito ao outro, mas também ter gentileza, já que é um espaço para compartilhar, ler, aprender e usufruir de momentos de alegria. Li seu texto e aprendi muito com suas dicas, mas acho que ainda não estou preparada para ser uma blogueira, já que é necessário dispensar algum tempo para esta atividade. Penso que não é só ir lá, criar uma página, colocar algum conteúdo e pronto. É preciso acompanhar o blog, atualizá-lo, ler os posts, enfim, é preciso ter dedicação para manter um blog e ganhar leitores para este. Um abraço e parabéns pelo trabalho!!
    Polo: Santa Vitória do Palmar.
    Aluna: Ana Paula Marcowich Rocha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana Paula

      Eu demorei muito para entender que não era só chegar e postar uma foto minúscula - como fazia no início - e não deixar uma palavra e retribuir as visitas, afinal, o leitor dedica tempo e interesse para ler uma postagem. E ter isto em mente é muito importante na hora de criar um blog.
      Vejo muitas coisas absurdas na rede, tem muitas pessoas que só aceitam elogios, outras que não respondem dúvidas dos leitores, que fazem os famosos posts de "desabafo" só para criticar comportamentos de outros blogueiros ou seguidores, ou para se autoafirmar...
      E isso acontece também em fóruns educacionais. Lembro de participar de um que a pessoa se apresentou da seguinte maneira: "Sem falsa modéstia, sou a maior pesquisadora deste tema no Brasil", soou arrogante e a discussão não rendeu pra mim.
      Por último, muitas pessoas têm criado blogs com o único intuito de receber presentes de parcerias. Por isso, acho muito válida a tua posição de que é preciso tempo e maturidade para criar conteúdo, principalmente se for voltado a educação.

      Grande abraço!
      Lidy

      Excluir
  11. Olá Lidiane.
    Gostei muito do seu blog, o layout é bem interessante, com imagens bem distribuídas e não uma poluição de imagens.
    Eu não tenho como hábito o uso de blogs, já recorri algumas vezes a procura de ideias para diversificar minhas aulas de matemática. Mas não pensava em criar um blog, até por falta de conhecimento. Quem sabe agora depois desta disciplina do curso de Mídias, eu crie coragem.
    Deve ser muito gratificante ver que outras pessoas estão lendo o que você escreveu, comentando e até mesmo criticando, pois toda crítica construtiva é sempre bem vinda. É um trabalho prazeroso e gratificante. Para manter um blog atualizado precisa muita dedicação. Por isso parabéns seu blog é interessante, atualizado e muito legal. Você faz um ótimo trabalho.
    Um abraço.
    Lisiane Carvalho Bandeira
    Pólo SVP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lisiane!
      Eu demorei muito para chegar a este layout, sabia? O primeiro era um verdadeiro caos, super colorido. Mas a prática me levou a entender o que ficaria melhor, e me ajuda muito visitar outros blogs e ver seus erros e acertos.
      Sobre o uso do blog como apoio para as aulas, precisa haver interação dos alunos, senão ele acaba se tornando um repositório de informações. É interessante criar um blog coletivo e dividir com a turma a responsabilidade de criar conteúdo, postar, responder comentários, e até fazer trocas com outros blogueiros.
      Obrigada pelo carinho!

      Abraços,
      Lidiane

      Excluir
  12. Oi sou Maria Cristina Santos Orsina do Polo de Santa Vitória do Palmar.
    Ao ler o seu blog, pude observar o carinho que você teve em escrever cada palavra, e fui lendo como se estivesse lendo uma história em um livro, achei interessante e gostei muito do seu blog, e espero ter coragem de criar um, já que ao ler o seu, me senti como se lhe conhecesse há muito tempo.
    As suas dicas de como criar um blog me pareceu ser simples e fáceis, pois sempre tive em mente de criar um, mas me faltava incentivo e coragem, como comentei acima, mas agora me parece viável a ideia de ter um, pois você usa as palavras de uma maneira que me passa coragem, responsabilidade e carinho.
    Pude perceber o cuidado, a responsabilidade e o carinho que você tem de como passar suas ideias, pois sua dedicação me parecer ser total ao seu blog.
    Adorei os seus desenhos e de como você usa as cores, tudo muito colorido, que me fez lembrar a minha infância, pois você passa alegria através da tela de um computador.
    Sei que vai ser interessante trocar ideias com você, pois a cada experiência vivida aprendemos mais, e sem falar que o seu blog veio ao encontro do curso de mídias na educação.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria Cristina!
      Costumo dizer que o blog é meu cantinho, tenho muito carinho por cada um que me visita e procuro externar este sentimento nos textos e no meu trabalho, que também é minha profissão. Cada ideia para uma postagem é anotada e maturada até eu ver que está pronta para ir ao ar.
      Todas as dicas que passei para vocês são baseadas nessa experiência rica, que vivencio há 4 anos. Espero que te ajudem a criar o teu espaço e conquistar os teus leitores também.
      Obrigada pelo carinho.

      Abraços!

      Excluir
  13. Oi, Lidiane!
    Primeiro, quero te parabenizar pelo texto produzido para a disciplina. As dicas são ótimas e todas as informações aparecem com muita fluência, o que deixa a leitura mais prazerosa. Como não poderia ser diferente, adorei a parte em que falas sobre a linguagem... Adequação linguística é tudo! Pra mim, é expressão de ordem, pois é fundamental que a comunicação se estabeleça de acordo com o propósito.
    Também, quero aproveitar para te fazer uma pergunta... Como tu vês a relação entre o blog e as outras redes sociais, como o face? Pensando na questão do acesso e da publicidade, é válido usar o face pra divulgar o blog e vice-versa? Como fazer para os limites entre uma rede e outra ficarem bem definidos (se é que isso precisa acontecer)?
    Beijos e parabéns! Amooooo tuas ilustrações.
    Trícia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Trícia! Bom te ler por aqui...
      Preciso confessar que escrevi os textos com foco na Revisão Linguística, por isso fiz questão de mencionar a equipe. Desde que comecei a trabalhar na SEaD e a acompanhar os colegas revisores, passei a me preocupar mais ainda com a linguagem e com o que chega até o leitor. Tem uma frase que circula pelo Facebook, que diz: "Sou responsável pelo que digo, não pelo que você entende", mas não acredito que seja uma verdade absoluta num espaço como o blog, pois prezo sempre pela clareza do meu conteúdo.
      Adorei as tuas perguntas, vamos lá:
      Eu vejo que as demais redes sociais se relacionam com o blog no sentido de complementar o conteúdo e alcançar públicos diferentes. Por exemplo: as melhores ilustrações do blog vão parar no meu Flickr, pois é um público que preza imagens. O Face uso para divulgar as postagens, para interagir mais diretamente com as pessoas... É muito válido utilizar o Face como meio de divulgação, pois é a rede mais acessada pelos brasileiros, e também propicia dados de acesso aos proprietários de páginas, dá para saber o melhor horário para postar, os tipos de postagens mais populares.
      Quanto aos limites entre uma rede e outra, acredito que quem delimita é o público, mas quanto mais presente em outras redes, melhor para a divulgação do blog.

      Um grande beijo e obrigada pela visita!

      Excluir
    2. Lidi, também estou adorando!

      O bom de a gente trabalhar num local onde várias cabeças se encontram, é aprender com o outro. Sempre considerei o papel do design e da diagramação como fundamentais, e depois de conviver com isso mais de perto, também vejo como são importantes, ainda mais considerando o cenário educacional de hoje. Concordo contigo que, quando a principal linguagem nas redes é a escrita, somos responsáveis pelo que o nosso leitor recebe do outro lado.

      Obrigada pelas respostas. Penso que tens toda razão!

      Um super beijo!
      Trícia

      Excluir
    3. Acredito que o ambiente da SEaD nos propicia esta visão integradora, entre revisão, design, diagramação, pedagógico, gestão... Por isso gosto tanto de trabalhar na EaD. :)

      Beijos!

      Excluir
  14. Olá, Lidiane!
    Assim como o primeiro texto de tua autoria a que tivemos acesso no curso de Mídias, "Redes Sociais Contemporâneas", este segundo, "Produção de Conteúdo na Web", mais uma vez vem desmistificar o uso dos blogs. Sim, desmistificar, pois até então, para mim um mistério, embora acessasse alguns, com a finalidade de leitura apenas, ou informação, essa ferramenta me parecia algo inatingível.
    Como professora de Português, há algum tempo, tenho vontade de construir um blog para interagir com os alunos e a partir dessa interação, contribuir para construção do conhecimento através de atividades interessantes e prazerosas, visto que o blog permite várias possibilidades e, ainda, considerando o fato de que os adolescentes estão na internet praticamente por 24h. Nesse sentido, atualmente, estou vivenciando a experiência de grupos no facebook, através do qual interajo com os alunos e eles também interagem entre si. Assim como no blog há a possibilidade de compartilhar fotos, vídeos, textos, como também discutir, opinar, deixar recados, avisos.
    Embora haja na internet muita informação disponível e tutoriais relativos ao tema, para mim, ainda havia falta de entendimento quanto aos aspectos mais fundamentais que envolvem esse processo.
    Acredito muito no potencial educativo da internet e das redes sociais e as dicas que disponibilizaste são fundamentais para que os espaços virtuais educativos sejam aproveitados e mantidos.
    Jacqueline Braz - Polo SLS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jacqueline!

      Uma forma de tornar o blog educacional atraente aos estudantes, principalmente adolescentes, é torná-los partícipes da ação. Criar um blog coletivo, da turma e delegar funções específicas, criar um calendário editorial e um cronograma de ação, inclusive com responsáveis pela divulgação do blog em outras redes, dá ao estudante confiança para tocar o projeto e sentir-se integrado. Afinal, este é o cerne do conhecimento construído em rede, a colaboração.
      Como és professora de Português, sugiro que procures blogs de jovens leitores, dá uma olhada na linguagem que eles utilizam e como resenham e analisam os livros, é muito interessante. Podes ter acesso a resenhas e a estes blogs através do Skoob.

      Beijos!

      Excluir
  15. Olá Lidiane! Tudo Bem.
    Sou professora de alfabetização indígena Mbya Guaranis e enfrento uma grande desafio diariamente com diversidade Cultural .Pensei em aproxima a mídias e a Educação indígena.
    Então inicie a Pós Mídias na educação e agora estou fazendo está atividades ,mas antes mesmo de iniciar a etapa 17 e as leituras e já estou tentando construir o blog http://caraaguaranis.blogspot.com.br/ , onde eu possa divulgar valorizar cultura indígena .Quero com este blog propiciar aos meus alunos a inclusão digital, moro no município de Caraá e na escola onde dou aula não tem internet . Portanto estas não são barreiras para que meus alunos, não tenha Inclusão DIGITAL.... então busquei parceria com uma escola que tem laboratório de informática . Agora lendo seus textos percebo, que tenho a minha dificuldade é a mesma citada , pois muitas vezes tenho muitas idéias mas fico um tempo sem atualizar as atividades. E também já estou revisando as imagens que coloquei na Webquest e não coloquei o referencial.
    “É uma maneira simples de estabelecer conexões entre o “mundo real” e o “mundo virtual”.Independente a Etnia pertencia a Era Digital fala a mesma linguagem a próxima os para um educação desafiadora e de qualidade pois parte do interesse dos alunos.
    Valdirene Pólo SAP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Valdirene!
      Acessei o teu blog e só tenho uma coisa a te dizer: PARABÉNS pelo trabalho! Claro que adorei ver os desenhos deles, fiquei encantada com o mapa da aldeia. estás no caminho certo na criação de um blog educacional, principalmente por tratar sobre diversidade cultural. E parabéns pela atitude de correr atrás de uma escola com laboratório e não deixar de tratar sobre inclusão digital.
      Tenho uma sugestão de blog pra ti, é o Sites Indígenas, tem links para blogs de aldeias, ONGs, etc.: http://sitesindigenas.blogspot.com.br/
      Mais uma vez, parabéns pelo trabalho, não desiste de continuar com o blog, pois estás no caminho certo.

      Beijos!

      Excluir
    2. Obrigada fico muito feliz que gostou do meu blog. Adorei a sugestão vou atualiza-lo....Ah ...gostaria de comentar me identifiquei muito com os teus desenhos,pois meus alunos indígenas ,são muito observadores e desenham muito o tempo todo durante a aula. Tento jogar as minhas estratégias pedagógicas pra eles realizem a escrita e os desenhos. Que eles adoram. Vou digitalizar o seus desenhos livres e colocar no Blog.De uma olhadinha!!
      Bjis

      Excluir
    3. Que ótimo, incentiva os teus alunos a desenhar, pois se tiverem um estímulo não abandonarão essa linguagem, como acontecem com muitas crianças em idade escolar.

      Bjs

      Excluir
  16. Olá Lidiane! Gostei bastante do teu blog, achei bem interessante e original, o que considero bom. Aproveitando esta disciplina do curso de Mídias comecei um blog para divulgar o trabalho que realizamos com o segundo ano. O blog assim como o projeto foi batizado de Janelas para a Cidadania e ainda está bem no começo, estou aprendendo a utilizar esta ferramenta. O texto disponibilizado pela disciplina foi muito interessante pois veio para somar neste momento com dicas e idéias, bem o que eu precisava.
    Enfim, busco aplicar o que estou aprendendo no curso, descubrindo outras ferramentas e compartilhando um pouco das minhas idéias, do meu trabalho e, ao mesmo tempo registrando imagens pequenas colocações sobre o curso do PNAIC do qual também estou participando.
    Abraço e parabéns pelo trabalho!!
    Clenice Schneid
    São Lourenço do Sul

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Clenice!
      Que bom que estás conseguindo integrar os dois cursos e já criaste um espaço. Espero que as dicas ajudem, pois são resultado de quatro anos de erros e acertos, e como disse anteriormente, a melhor maneira de trabalhar blogs com turmas é tornar os estudantes partícipes do projeto. Deixa um link do teu blog, para que eu possa visitar.

      Abraços!

      Excluir
    2. Olá Lidiane!
      O link do meu blog é:
      http://janelas-da-cidadania.webnode.com/
      Aceito sugestões!!!
      Obrigada!!!

      Excluir
    3. Oi Clenice

      O teu blog é numa plataforma bem diferente, o Webnode. Eu não sei quais tipos de recursos ela oferece, mas a página está muito bem estruturada. Procura ilustrar os textos com imagens, isso chama a atenção do leitor.

      Bjs

      Excluir
  17. Olá Lidiane

    Conheci seu blog e gostei. Não tenho nenhuma experiência direta com blogs, nunca tive um. Utilizo blogs no meu cotidiano para buscar sugestões e ideias ao planejar minhas aulas. Achei seu blog com boa visualização, pois concordei quando li que devemos se preocupar com a estética, encontramos muitos blogs com uma certa "poluição visual" onde se torna difícil encontrar o que desejamos.
    Entendo que seja difícil agradar a todos, pois cada blog tem um "foco", um objetivo, as pessoas buscam blogs de assuntos de seus interesses.
    Quando aos trolls, pessoas que buscam somente danificar o blog através de postagens, acredito que ser gentil é mesmo a melhor saída sem perder a classe. Afinal precisa-se de público e todos devem serem bem atendidos.

    Thiele
    Polo Santa Vitória do Palmar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thiele

      Como comentei com a colega Lisiane, demorei muito para chegar a este layout, mas no início meu blog era bem poluído e feio... tudo vem com o tempo e a experiência, assim como o público: no início, parece que estamos falando para o nada, mas assim que achamos nosso foco, o público vem e passa a interagir.
      Espero que as dicas te ajudem a identificar bons blogs e bons conteúdos na web.

      Abraços!

      Excluir
  18. Olá Lidiane
    Achei seu blog muito interessante, sou professora de Artes Visuais em Rio Grande e Pelotas, trabalho com ilustração com meus aluno do 9º ano e vou visitar seu blog com os alunos, acredito que suas ilustrações vão ser inspiradoras e é uma realidade próxima sendo motivador o conhecimento da sua obra.
    Com relação ao texto penso que as dicas para criação e manutenção de um blog são muito importantes, vão me ajudar pois uma das metodologias para uso das mídias em minha proposta pedagógica do TCC é a criação de um blog com os alunos sobre o patrimônio cultural, com informações, imagens dos trabalhos dos alunos, pesquisas.
    O que achas da construção desse blog? Podes me dar alguma dica sobre o conteúdo que vamos colocar no blog sobre o patrimônio cultural?

    Kelen Rodrigues
    Polo de São Lourenço do Sul

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kelen!

      Que legal ver uma arte/educadora por aqui. Será um prazer receber a visita dos teus estudantes, espero que eles gostem das minhas ilustras e fiquem motivados.
      Acho ótima a tua ideia da criação de um blog sobre patrimônio cultural, e reforço o que disse anteriormente para os teus colegas: torna os estudantes partícipes do blog! Delega funções para eles, por exemplo: editar o layout, editar as imagens e recolher os direitos autorais, criar o conteúdo, pesquisar as fontes, ficar responsável pelo calendário editorial... aquele arquivo de organização para blogs que sugiro no segundo texto vai ajudar bastante.
      Também sugiro que cries uma conta no Flickr, para postar imagens, pois podes separá-las por álbuns, colocar descrições na legenda e participar de grupos sobre patrimônio cultural e trocar conhecimentos. Criar uma página no Facebook também ajuda a chamar atenção para o projeto.
      Podes entrar em contato com a professora Vivian Paulitsh, do curso de Artes Visuais da FURG, ela é expert em patrimônio e tem muita história para contar, vai contribuir muito com a tua pesquisa. Me manda um e-mail (lidiane@lidydutra.com) que encaminho o contato dela.

      Grande abraço!

      Excluir
  19. Oi Lidiane!
    Adorei seu blog, aprendi muito com ele. Penso que ter um blog não é muito simples, tem que ter disponibilidade de tempo e muito respeito com o leitor.
    Parabéns pelo seu trabalho.
    Abraços Sidemare Orsina, Polo SVP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sidemare!

      Tempo é importante quando se tem um blog, mas mais importante é o quanto este espaço vai significar na tua vida. Conforme o significado que o blog tem (seja um espaço de lazer, estudo, pesquisa, trabalho) melhor será tua relação com o tempo. E aí, tudo fica mais fácil.

      Abraços!

      Excluir
  20. Olá, Lidiane!
    É uma experiência riquíssima poder trocar ideias, conhecer seu trabalho através de seu blog e poder relacioná-lo com o conteúdo da semana, especialmente dos desafios enfrentados pelos blogueiros para publicarem suas ideias na Internet.
    Sobre a questão de manter o fôlego para postar no blog, percebi, por experiência própria, que não é fácil manter atualizado um blog tendo tantos afazeres diários: o trabalho em sala de aula, o tempo para a família, a casa e o pensamento de "será que vale investir em algo que, a princípio, não dá retorno?" E a resposta fica martelando negativamente, silenciosa, porém, é "deletada" pela vontade de mostrar que, como educadores, ao criarmos um blog voltado à educação, temos que acreditar em nossos estudantes, pois muitos estão desacreditados de si mesmos. Por esse motivo, desde 2008, com algumas lacunas entre os anos que passaram, mantenho atualizado o "Nossa Língua Portuguesa", publicando ricas experiências que tive e tenho com estudantes, seus trabalhos e produções de textos. Esteticamente, ainda há muito a melhorar, talvez com as dicas oferecidas, isso será possível.
    Adoro arte, desenho, pintura e tudo que se refere ao seu contato com a língua. Acredito que arte e escrita possam sempre estar interligadas. Quanto à dica de linguagem utilizada no blog, como amante da nossa Língua, não posso deixar de destacar sua importância ao explorarmos seus vários recursos expressivos sem deixar de lado a função de comunicar com eficiência, principalmente na publicação dos textos dos estudantes, que estão sujeitos a comentários e críticas. Textos estes que servem de modelo ou inspiração a outros que queiram também divulgar seu trabalho. Como no texto-base, "Comunicar-se bem nas redes sociais é saber utilizar a linguagem a nosso favor". E Em tempos de tantas manifestações em nosso país, o jovem poder expressar sua opinião em forma de artigo, por exemplo, é algo que merece crédito.
    O que pensa a respeito? É válido aproveitar o espaço do blog para publicar textos e artigos de opinião dos estudantes?
    Um grande abraço e parabéns pelos belos trabalhos. Adorei a exposição das "Catrinas". Mais sucesso pelo país e mundo afora!

    Patrícia Oswald Peglow
    Polo São Lourenço do Sul


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Patrícia!

      Vou começar respondendo a tua pergunta: acho válido, sim, aproveitar o espaço do blog para publicar textos de autoria dos estudantes, mantendo o cuidado de sinalizar o conteúdo, pra que o leitor saiba quem está escrevendo. Por exemplo: se tu estás acostumada a postar somente textos teus, cria uma sessão "GUEST POST", comum em vários blogs, na qual um convidado escreve sobre determinado tema. Aí entram os estudantes e suas escritas. Ou então cria uma tag (marcador) "Espaço do Estudante"/"Fala, estudante!", pois isto é uma forma de situar os teus leitores. Mas, se quiseres criar um blog somente para os alunos, faz com que todos eles tomem conta do processo de gerenciamento do espaço, pesquisa do conteúdo e publicação/direitos autorais. Isso traz responsabilidade e consciência.

      Acredito que, na maioria das vezes, uma visão muito capitalista de "retorno" permeia nosso pensamento, até nos darmos conta de que este retorno não é financeiro, afinal, estamos na rede, compartilhando conhecimento, vivências, valores que não são mensuráveis. Quando a ficha cai, paramos de pensar nisso e investimos mais no espaço propriamente dito e na colaboração.

      Obrigada pela visita, vou repetir a exposição Catrinas em breve.

      Abraços!

      Excluir
    2. Olá, Lidiane!
      Obrigada pelas dicas! Irei aproveitá-las no blog. Abraços!
      Patrícia- Polo São Lourenço

      Excluir
  21. Oi, Lidiane!
    Meu nome é Juliana da Costa Gomes, estudo no Pólo de Santo Antônio da Patrulha.
    Parabéns pelo seu trabalho, por suas lindas ilustrações e pelo belíssimo espaço virtual que criaste.
    Após a leitura do texto disponibilizado na disciplina e uma rápida pesquisada pela internet, destaco o quanto é importante a linguagem culta, mas informal. Textos muito técnicos ou com palavras pouco utilizadas afastam o interesse do leitor. Como foi citado no texto, a produção de material de qualidade envolve tempo, dedicação e pesquisa. Não é raro encontrarmos textos com erros ortográficos ou gramaticais. Penso que talvez por estes motivos destacados acima. A sugestão da produção em forma de rascunho deve ser seguida por todos que pensam na criação de seu blog.
    Outro comentário é sobre a questão visual do blog, poluição visual não é agradável em nenhum aspecto. O layout é o cartão de visitas para o blog, se não for agradável não se chegará nem a leitura das publicações. Excesso de anúncios, cores e imagens distorcem a atenção do leitor, em qualquer mídia visual.
    Saber lidar com críticas é necessário para quem vai expor sua opinião, não importa a forma como irá expô-la. Como cita o texto a possibilidade do anonimato na internet faz com que algumas pessoas aproveitem para incomodar ou, simplesmente, criticar sem real interesse construtivo. A gentileza deverá sempre prevalecer e ter uma opinião bem fundamentada tornará mais fácil a argumentação.
    Não penso em criar um blog, mas as dicas que foram dadas no texto da disciplina devem ser aproveitadas por todos para qualquer material que forem produzir.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Juliana!

      Mesmo não pretendendo criar um blog, é bom saber que as minhas dicas te auxiliaram a identificar elementos relacionados ao conteúdo, layout, etc. em outros espaços. Espero que isto influencie positivamente na tua interação no mundo virtual e, se um dia criares um espaço, te sintas confortável para fazê-lo.

      Bjs

      Excluir
  22. Olá Lidiane!
    Inicio dizendo que seu texto é muito legal. Identifiquei-me com várias partes do que você disse. Eu fiz um blog na escola, comentei já com os colegas e professores do curso de mídias, chama-se Galera Liminha (http://galeraliminha.blogspot.com.br/), mas acabei deixando ele desativado. No início foi toda aquela empolgação como você disse, mas depois com o tempo, o tempo pra escrever foi ficando curto justamente pelo excesso de trabalho, tarefas, estudos... Os alunos adoravam, nem todos postavam, mas eles acessavam e comentavam na aula sobre os desafios, jogos, comentários. Sentiram-se importantes por ter um blog. Mas o motivo real de ter eu parado foram as questões trabalhistas, porque na escola todo trabalho virtual é visto como hora extra pelo sindicato, o que não é errado, mas de certa forma, cortou meu "barato".
    Era bom escrever. Mas as vezes eu também ficava meio sem ideias. O tempo era muito curto e como eu era a profe de português, não podia escrever errado né! E olha que depois mesmo cuidando, achei virgulas faltando e etc e tal. Mas valeu bastante a experiência, tenho planos de reativá-lo ainda.
    Quanto aos créditos, vejo que na maior parte dos itens coloquei textos curtos e com os links indicados, mas alguns ficaram sem fonte. Contudo, agora aprendi como pesquisar até mesmo a origem de imagens.
    Visito outros blogs, mas não posto nada. Acho que vou ter que repensar este conceito!
    A moderação foi ativada no blog e, surgiram comentários estranhos, incabíveis aos posts e feito por estranhos. Como se tratava de crianças, fui muito feliz em ter moderado. É sempre complicado! Precisamos preservá-los.
    Sobre a estética, percebi que posso melhorar muito, mas o blogspot não deu muitas alternativas na época. Quem sabe hoje posso mudar e pensar em algo mais desenvolvido. Quem sabe nessa disciplina aprofundaremos mais esse tópico.
    Quanto às postagens, se alguns alunos lerem, já está de bom tamanho. Não precisamos atingir todos. Atingir alguns, já é um grande trabalho e já pode produzir mudanças. Mas claro, o empenho é para o melhor sempre.
    Por fim, adorei seu blog! Genial! Parabéns!
    Rafaelly Andressa Schallemberger.
    Polo Três de Maio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafaelly!

      O teu relato chamou minha atenção e despertou uma curiosidade, que também tornou-se preocupação: gostaria que me esclareceste como o sindicado interpreta o trabalho virtual como hora extra. Já não é a primeira vez que leio um relato assim, ano passado fiz um curso de Design Instrucional e um dos meus colegas, que era bancário, tocou no mesmo ponto: cursos virtuais eram vistos como hora extra, logo a instituição deveria pagar. Isto me preocupa um pouco (muito), pois ao propormos uma atividade online, podemos acabar gerando um problema enorme para o cursista/professor, e não temos sequer respaldo legal para questionar o sindicato. Por isso, gostaria que tu me esclarecesse esta questão, com certeza outras pessoas também compartilham essas mesmas dúvidas.
      Quanto ao teu blog, fico feliz que as dicas tenham te ajudado e, questões trabalhistas à parte, procura retomar aquele espaço, ele está bem estruturado, acredito que com as dicas podes amadurecer o conteúdo e, quem sabe, retomar o fôlego e a vontade de blogar. Isso fará diferença para os teus estudantes, tenha certeza.

      Beijos!

      Excluir
    2. No site do simpro (meu sindicato) tem maiores explicações. Mas na época me mandaram parar com o blog que iriam se informar mais a respeito do assunto. http://www.sinpro-rs.org.br/
      Bem, não me deram retorno e hoje tenho outra chefe. O fato é que em uma escola particular católica temos o grande dilema de conciliar o tradicional, o nome, e as novas tecnologias. Me disseram na época qe tudo o que e feito virtualmente em casa, é considerado trabalho extra classe. Só que, dai nao tenho como postar se não for em casa na hora que planejo as aulas. Na verdade, eu acho que deveríamos sim, ganhar umas quatro horas semanais de planejamento, isso seria o mínimo para o professor, me refiro no geral, em todas as escolas, deveria ser lei tempo pra planejar e tempo para corrigir. Mas eu não pediria nada não. Mas também não quis comprometer a escola, entende? Entao acatei. outra coisa chata é que os alunos não entendem que vc faz isso de livre e espontânea vontade, portanto, quando pode. Me cobravam.. profe já faz tantos dias que vc não posta nada. Mas o fato é que, tem dias que eu tenho aula nos três turnos. E aí, como fica? O tempo para as refeições é apertado. Então de certa forma se tornou um problema até. Isso foi ruim. Os ganhos educacionais foram maravilhosos claro. Enfim, sempre tem os dois lados. Mas penso sim, em retomá-lo. Espero ter esclarecido um pouco. mas também não sei muito sobre as leis... Abraços...
      Rafaelly Andressa Schallemberger
      Polo Três de Maio - RS

      Excluir
    3. Desculpe mandei o link geral, aqui está tudo o que o sindicato considera trabalho extraclasse. Tem diversas atividades, entre elas sites da escola ou informações virtuais, como notas, trabalhos, etc. Não sei se o blog se encaixaria, mas acredito que sim.
      http://www.sinpro-rs.org.br/pontoextraclasse/index.asp

      Rafaelly.

      Excluir
    4. Oi Rafaelly!
      Muito obrigada pelos teus esclarecimentos, acessei o link do Sindicato e pude ter um panorama das atividades extra-classe. É uma situação bastante delicada, pois a linha que divide o trabalho espontâneo do trabalho escolar é bastante tênue, neste caso.
      Sugiro que retomes o contato com o Sindicato e estabeleças limites com os próprios estudantes, para não haver cobranças. Concordo também que o professor, de maneira geral, precisa de mais horas de planejamento, pois assim é impossível pensar em criar qualquer rede social com fins educativos.

      Um grande beijo!

      Excluir
  23. Olá Lidiane.
    Sou o Prof. Charles Guidotti, tutor do polo de Três de Maio e professor de Física. Sou um apaixonado pelas tecnologias digitais de informação e comunicação e principalmente quando elas estão associadas à educação. Na minha prática profissional, sempre procuro utilizar esses recursos de forma a potencializar o processo de ensino e aprendizagem. Vejo que as TDIC criam um novo espaço, além do presencial, possibilitando mais um espaço de interação entre professor e aluno. A Educação a Distância, que podemos utilizar no ensino presencial, rompe com a concepção tradicional de tempo e espaço de forma a criar, uma nova dimensão para esta interação. Isso que pode ocorrer, por exemplo, através da criação de uma pagina pessoal pelo professor, em que interage com estudantes, disponibiliza materiais complementares de suas aulas, como links, vídeos, animações, entre outros recursos.
    Em sua opinião, vc acha que o uso das mídias seja o caminho para uma educação de qualidade? E se sim como mobilizar os professores para esse futuro? ....parece que esse futuro já chegou.
    abraço e parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Charles, tudo bem?
      Já nos conhecemos da SEaD, seja bem-vindo ao meu blog. Achei bastante pertinente a tua colocação sobre o espaço de interação professor/aluno criado pelas TDIC e acrescento que, nesta relação virtual, tanto o professor quanto o aluno não podem sentir como se o seu espaço tivesse sido "invadido" pelo outro, pois a principal motivação deve ser a colaboração entre ambos. Não há um único detentor de saber, todos podem ensinar e aprender juntos, contrariando a lógica bancária já tão debatida pelo Paulo Freire.
      Na minha opinião, se enxergarmos por esta ótica da colaboração em rede, do ensinar e aprender em conjunto, acredito sim que o uso das mídias nos levará para uma educação de qualidade. Porém, para mobilizar o professor, outras questões precisam ser superadas, como a falta de infraestrutura das escolas, o cumprimento do piso salarial e da jornada de trabalho e, como a colega Rafaelly colocou, um entendimento maior sobre o que é visto como hora extra pelos sindicatos, para não incorrer em processo contra os gestores das escolas.

      Grande abraço!

      Excluir
    2. Oi, Lidiane e colegas!
      Sou tutora no polo de SVP e trabalho também como professora nos anos iniciais.
      Lidiane, parabéns pelo seu blog, já observava alguns de seus trabalhos pelo facebook, mas agora que pude navegar nesse espaço e olhar para os detalhes. Muito bacana!
      Aproveito o comentário do Charles para trazer minha reflexão. Percebo que atualmente, existem diversos ambientes virtuais que possibilitam aos professores e alunos dinamizarem suas ações de ensino e aprendizagem. O blog é um exemplo disso. É um lugar de interação, de construção e de partilha. Os ambientes virtuais, como um todo, oferecem ferramentas como fóruns, chats, vídeos, bibliotecas virtuais, entre outras. Nessas ferramentas, o aluno tem a possibilidade de avançar, pausar, retroceder, rever, discutir com outros usuários e pesquisar novos conhecimentos. Com o auxilio desses artefatos, podemos desafiar e instigar os alunos a colocar suas habilidades e competências a serviço da produção do conhecimento individual e coletivo.
      O desafio que nos fica é: como podemos trabalhar (aproveitar) com esses tipos de recursos em nossa prática educativa?

      Abraços e que continuem os diálogos!

      Excluir
    3. Oi Dani, bom te ler por aqui também!
      Acredito que para nós, que vivenciamos a EaD diariamente, torna-se mais claro o uso de determinados recursos na prática educativa. Sabemos quais estratégias funcionam melhor para determinado tipo de público, testamos ferramentas antes de colocá-las no ar, mas para o professor que está na escola, é preciso desmistificar o uso das redes, para o bem e para o mal, pois muitos tendem a achar que este tipo de interação dispersa o aluno, enquanto outros vêem nela uma espécie de salvação para o ensino. E nada pode ser tão extremista assim. O professor continuará sendo o mediador dos processos, por isso deve compreender e utilizar a seu favor o saber em rede.

      Beijos

      Excluir
  24. Oi Lidiane!
    Em primeiro lugar gostaria de te parabenizar pelo blog. O conteúdo dele é bem diferente de todos que eu já havia visitado até hoje. Sou Coordenadora Pedagógica na escola em que trabalho e me utilizo bastante dos blogs para procurar sugestões de atividades, datas comemorativas, modelos de projetos, etc.
    Algo que percebi que nunca fiz foi registrar minha visita nos blogs.
    Quanto a criação de um blog próprio não me sinto em condições pelo excesso de atividades que exerço e também por não tenho assunto para publicar num blog e como tu falasse muito bem, o público seguidor de um blog continuará acessando-o se tiver novas publicações com certa frequência, se obtiverem resposta para seus questionamentos.
    Na escola revocata criamos um blog há alguns anos para a divulgação das atividades realizadas na escola, mas o enfoque maior é para as datas comemorativas.
    Mas como tu falasse também criar e manter um blog é uma questão de hábito como muitos outros que adquirimos como ler, escrever e outros mais considero as dicas muito úteis e quem sabe algum dia eu tenha mais tempo livre
    e assim possa também criar um blog pessoal.
    Nilva
    Polo de são José do Norte

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nilva!

      Realmente, blogar é questão de hábito, assim como ler, escrever, tricotar... precisamos ter entendimento se essa prática é importante na nossa vida e merece ter espaço em nosso cotidiano. E como Coordenadora Pedagógica, é interessante que, mesmo não possuindo um espaço próprio, utilizes os blogs e redes sociais para te manter atualizada e por dentro do universo dos próprios estudantes.

      Grande abraço!

      Excluir
    2. Obrigada LIdiane

      Excluir
  25. Olá Lidiane!
    É muito gratificante poder compartilhar com você este espaço. Parabéns pelo seu belíssimo trabalho. Em seu texto você fala do cuidado que temos que ter ao publicar algo. Com certeza nas redes sociais o conteúdo publicado é mais abrangente sempre tem aquele que não perdoa uma vírgula, mas têm outros que nos enchem de auto estima. Muitas vezes expor nossas ideias nos trazem consequências que temos que aceitar e poder também nos defender. Para pessoas que tem facilidade em se expressar naturalmente é mais fácil se comunicarem com facilidade nas redes sociais. Gostei muito do seu blog, tem o perfil da artista que você é. Seu texto trás dicas importantes para quem pretende criar um blog. Gostaria de saber: se ser blogueira contribuí para sua carreira artística?
    Angelita Geib
    Polosap

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Angelita!

      Obrigada pelo carinho, respondendo à tua pergunta, ser blogueira contribui MUITO para a minha carreira artística, pois através do blog, divulgo meu trabalho, tenho as lojas virtuais onde vendo minhas ilustras, entro em contato com clientes, agendo exposições, participo de projetos... se eu não tivesse o blog, com certeza ainda estaria guardando meus desenhos em pastas, escondidas dos olhos alheios. Cresci como profissional através dessa janela que é a web (até entrevista para a TV local já dei rsrsrsrsrsrsrsrs).

      Beijos

      Excluir
  26. Olá, Lidiane!

    É a primeira vez que insiro um comentário em um blog. Na verdade nunca me senti muito à vontade para fazê-lo, talvez pela preocupação em estar me expondo e por insegurança ao me expressar “aos olhos” de tanta gente ao mesmo tempo. Sempre fui muito crítica com o teor de um texto, mesmo que seja um simples comentário, acho que é fundamental a preocupação com a linguagem, como sugeres. Gostei de ler o teu texto Produção de Conteúdo na Web, pois tuas preciosas dicas me deixaram mais à vontade para a realização desta atividade, uma vez que são bem esclarecedoras. Porém não me comporto como uma futura blogueira, embora tuas dicas, orientações e tutorial sejam ótimos porque seria sonhar alto demais. Acho que eu não conseguiria manter o “fôlego” para postar no blog, pelas mesmas razões citadas por ti, no texto. Vou te contar um “segredo”... Já criei um blog (não lembro nem o nome que coloquei nele), como atividade de um curso que realizei (TICs na educação), mas não tive coragem de dar continuidade (na época). Como colocas no teu texto, ao primeiro contato com o mundo virtual fiquei empolgada, mas a vontade de produzir conteúdo desapareceu logo no início. Pensei... não tenho tempo para manter meu blog atualizado... nem sei se terá seguidores... e se tiver, será que vou dar conta, será que vou corresponder ao que se espera de mim? Na verdade eu não sabia se teria capacidade de argumentar e deixar claro o meu ponto de vista. Talvez eu devesse seguir o exemplo de Shaohao e me livrar desse fardo: o “medo”. Pois o medo de errar também é paralisante, não é mesmo?
    Na verdade eu nem entendia direito o que era ser uma blogueira. Ainda é muito nova para mim essa realidade virtual e olha que eu já me beneficiei pessoal e profissionalmente dessa ferramenta. Muitas pesquisas pessoais ou com fins educacionais realizei na internet, cujas fontes de consulta eram blogs pessoais, profissionais, grupais ou educacionais.
    Confesso, também, que tenho muita dificuldade num dos itens sugeridos como dicas no teu texto, é no que se refere a atualização... não entendo muito de plugins, softwares, enfim, de todo esse universo digital e virtual que são fundamentais na constituição de um blogueira que se preze. Preciso estudar muito ainda. Mas está sendo um prazer inserir este comentário no teu blog, que por sinal, adorei ter visitado (foi a primeira coisa que fiz após ter lido o teu texto, no intuito de te conhecer um pouco). Aliás, parabéns pelo teu trabalho!!! Amei!!!
    Um forte abraço

    Eligia do Couto Nunes

    Pólo SVP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eligia!

      Fico muito lisonjeada por receber o teu primeiro comentário num blog, sinto que é uma responsabilidade grande e espero que o conteúdo deste cantinho esteja à altura do que esperas ao acessar um site na web.
      Eu estava trabalhando no segundo texto quando recebi o link para os vídeos com a história de Shaohao e creio que os fardos que ele carregou têm relação direta com muitas situações vivenciadas por quem possui ou pretende possuir um blog. Já passei por diversas situações que me fizeram querer desistir, já fui mal interpretada quando tinha certeza de que havia me expressado com clareza, mas, ao mesmo tempo, construí um suporte emocional que me possibilita continuar a caminhada. E quanto maior a segurança em si, melhor o tipo de público que o blog atrai.
      Hoje, raramente me deparo com pessoas dispostas a incomodar, tenho orgulho de ver que muita gente bacana me procura, deixa dicas, críticas construtivas, incentivos que vão além do elogio.
      Acredito que, mais do que tentar produzir conteúdo, o usuário precisa, antes de mais nada, saber identificar quais são seus espaços na rede, onde estão seus pares de interação. E acredito que estás neste caminho!

      Um grande abraço!

      Excluir
  27. Olá Lidiane,
    Antes de tudo quero te parabenizar pelo blog e, principalmente, pelos teus trabalhos. Os desenhos são lindos!

    Quanto ao texto que foi disponibilizado, sobre produção de conteúdo na web, achei bastante proveitoso, traz dicas ótimas pra quem quer criar/manter um blog (ou página social). Além disso, deu para perceber que manter uma página ativa não é tarefa fácil, são muitos os cuidados que se deve ter e o tempo é algo fundamental.
    Adorei tua dica de fazer as postagens em modo de rascunho e ir aperfeiçoando antes de postar definitivamente. Particularmente, essa é uma técnica que sempre uso, tanto na rede como fora dela, acho que é um meio de criar bons textos, principalmente sem os costumeiros erros ortográficos (no caso das postagens, a pressa é mesmo inimiga da perfeição... kkkk).
    Para finalizar, gostaria de saber tua opinião sobre a questão do sucesso dos blogs. Há páginas que, mesmo com um bom layout, uma boa linguagem e conteúdo de qualidade, não conseguem alcançar um grande número de acessos/seguidores. Será que é uma questão de divulgação, de sorte ou tem relação com o tipo de conteúdo?

    Abraços,
    Claudia (São Lourenço do Sul).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Claudia, obrigada pelo carinho!
      Estou adorando as perguntas de vocês, vamos lá: na minha concepção, sem divulgação não há interação! Esta receita é divulgada por várixs blogueirxs. Existem blogs ótimos visualmente e no conteúdo, quem simplesmente não são divulgados. É preciso ter o entendimento de que o Twitter, o Facebook e a participação como comentarista em outros blogs com o mesmo perfil editorial ajuda a atrair leitores. Participar de fóruns, grupos e comunidades também ajuda muito. Por exemplo: se o blog é sobre escrita criativa, o blogueiro deve procurar outros espaços na mesma área e também grupos no Facebook, que é um dos principais canais de comunicação na web, hoje. Quando eu tinha Orkut, divulgava bastante em comunidades sobre desenho, e isso me ajudou no início. Então, para mim, divulgação é essencial.

      Beijos!

      Excluir
  28. Oi Lidiane! Tudo bem?

    Primeiramente parabéns pela organização e atualização do seu blog!
    Sei o quanto é difícil manter os conteúdos de um blog concomitante com a vida profissional, de lazer e pessoal, pois já tive blog e parei em 2010, pois não tive mais "aquele tempo" que o blog merece.
    Gostaria de destacar também a sua coragem em expor seus trabalhos, que apesar de serem belos, toda imagem posta na net, poderá ser alvo de críticas e elogios, que é o seu caso.
    Adorei os desenhos, as técnicas, essa atividade de integrar também os pólos com a artista e especialmente a oportunidade de conhecer o seu trabalho.
    Muito criativo de sua parte, acolhermos com uma imagem tão agradável na praia, realmente é um convite para uma reflexão.
    Inanja C. Molina, Pólo de Sta Vitória do Palmar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Inanja, tudo bem!

      O blog me deu coragem de expor os trabalhos não só na internet, como fora dela também. Já participei de exposições, vendo meus produtos e tudo isto, devo ao blog.
      Lidar com críticas e elogios é bem mais tranquilo do que lidar com o plágio, pois muitas pessoas ainda pensam que o que está na rede não tem dono, logo não precisa de créditos.
      A imagem que escolhi para ilustrar este post não é minha, mas coloquei o site de origem na legenda, pois é o correto a se fazer, assim como colocamos as referências ao final de um artigo científico. E esta imagem é realmente inspiradora, não é mesmo?

      Obrigada pelo carinho e pela interação.
      Beijos!

      Excluir
  29. Olá Lidiane!

    Muito obrigado pelas recepção no seu cantinho! Agradeço também pelos textos de sua autoria, relatando suas experiências com o blog e nos passando dicas valiosas.
    Há algum tempo comecei a me aventurar e procurar conhecer um pouco o blog. A primeira tentativa foi com o http://observatoriok.blogspot.com.br/ em 2009, este continua em suspenso. Publiquei dois artigos com relação a especialização que fazia na época e tenho intenção de voltar a publicar nele. No entanto, após iniciá-lo minha carga horária de trabalho aumentou e também veio a chegada de minha filha, o blog foi esquecido temporariamente, mas em breve espero ressuscitá-lo.
    Atualmente estou com o http://emefprefjoselinck.blogspot.com.br/ blog da escola onde trabalho, que serve para divulgação dos trabalhos e projetos, meio de interação com os docentes e discentes, também temos uma página no facebook. Este está mais atualizado, mas sinto que tem maior potencial a ser explorado. Adorei as dicas, principalmente sobre como creditar de forma adequada as figuras utilizadas. Pois, de fato, utilizamos muito material encontrado no google e não sabia a forma como creditar.
    Temos ainda o http://radiolincknoar.blogspot.com.br/ que está em construção, nasce juntamente a equipe da rádio da escola. Estamos alinhando nossas ideias e agora no mês de outubro tanto a rádio como o blog devem ir "ao ar" com força total.
    Por último comecei o http://adolescendolinck.blogspot.com.br/ onde pretendo abordar questões relacionadas a sexualidade, as transformações da adolescência e se tudo der certo, criar um canal de comunicação com todos que desejarem conversar ou tiverem dúvidas sobre o assunto.
    Em todos os blogs utilizo a moderação de comentários, para poder reter aquilo que não seja adequado, indelicado. Os demais comentários serão postados e respondidos.
    A construção, elaboração, do blog demanda muito tanto de tempo, como dedicação, carinho, criatividade, nada mais natural do que ficarmos ansiosos em ter retorno sobre o trabalho realizado. No entanto, realmente demora um pouco, na minha escola o blog não é utilizado como ferramenta educacional pelos professores, mas existe um grande potencial neste sentido, inclusive a autoria coletiva pelos alunos, entre tantas outras possibilidades.
    Agradeço novamente a atenção e aproveito para elogiar tuas gravuras e ilustrações, são lindas!
    Dany Kappes - Polo SAP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dany
      Que ótimo a tua escola ter essa interação online com os estudantes, através dos blogs e da rádio. Espero que eles aproveitem estes espaços e ajudem na construção de conteúdos, fornecendo sugestões de pauta, dúvidas, etc. Sobre o blog para adolescentes, sugiro que cries uma conta no Ask.fm, uma das redes sociais que cito no texto, pois ali é possível fazer perguntas de maneira anônima, para os mais tímidos, sendo que podes moderar o conteúdo. É uma maneira de criar um canal, mantendo a privacidade dos estudantes.

      Beijos!

      Excluir
  30. Olá Lidiane!

    Sou Mara Tariane Mossmann Dick, aluna do Curso de Mídias na Educação do Pólo de Três de Maio.
    Antes de iniciar o curso de mídias fiz um curso de 40 horas onde criei um blog, mas só o criei e nunca mais o acessei.
    Depois de cursar mídias e trabalhar em uma escola onde tínhamos um blog comecei a mudar a minha percepção, e assim pensei junto com minha colega o projeto para o nosso TCC, sobre o uso do blog na divulgação de atividades pedagógicas e o desenvolvimento das crianças na escola de Educação Infantil. O que você pensa em relação a isso? A ideia é a divulgação dos trabalhos dos professores, onde pais e toda a comunidade escolar podem ter acesso com clareza sobre o que ocorre na escola, acompanhando, assim, os resultados dos trabalhos dos alunos e da escola na qual eles fazem parte.
    A partir da leitura do texto de sua autoria fiquei ainda mais encantada e entusiasmada para criar um blog. Sei que vou precisar de tempo para mantê-lo atualizado e ter os devidos cuidados. Achei interessante o que colocastes que é preciso estar preparado para o pior e também para o melhor. E isto é uma realidade.
    Parabéns pela construção deste blog, pela criatividade e inspiração em suas postagens. Muito legal!
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mara, tudo bem?
      Acho a ideia de vocês válida, utilizar o blog como registro e arquivo é uma boa opção. Para dinamizar as postagens, vocês podem colocar artigos muito extensos no Google Drive. Ou então criar abas na parte superior (assim como tenho no meu blog) com assuntos específicos, para facilitar a navegação. Também é interessante dar bastante destaque aos eventos da escola e sempre proporcionar um feedback ao público. Por exemplo: se haverá uma "feira de ciências" após o evento, contem como foi, qual a reação das crianças... é uma forma de mostrar que as ações têm resultados concretos e que a comunidade está envolvida nos processos.

      Abraços!

      Excluir
  31. Olá
    Lidiane, primeiramente quero te parabenizar pelo teu blog, adorei o conteúdo, as imagens. Confesso que nunca pensei em fazer um blog, quem sabe futuramente.
    Gostei também da linguagem que utilizaste, como falaste no texto "comunicar-se bem nas redes sociais é saber utilizar a linguagem a nosso favor" , e concordo contigo que vícios acadêmicos, como citações longas e palavras arcaicas, afastam o leitor.
    Quanto a esses indivíduos "trolls", como fazes para bloqueá-los? O que quer dizer "deixar os comentários de um blog sem moderação é oferecer alimento para o trolls?
    E como saber se o produto que o blogueiro está fazendo propaganda é uma dica e que foi testado e aprovado ou que estão sendo pagos para fazerem tal propaganda?
    Desculpe tantas perguntas, mas fiquei curiosa, pois nunca tive a oportunidade de perguntar para nenhum blogueiro, como estou tendo agora.

    Abraços
    Márcia Treptow - Polo São Lourenço do Sul.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Márcia, muito legais as tuas perguntas!
      Eu bloqueio os trolls através da moderação dos comentários, pois antes de parar aqui, recebo cada um dos recados via e-mail, leio e se estão de acordo com a minha política de uso, publico. E qual é minha política de uso? Não aceito ofensas, discriminação e preconceito de qualquer espécie. Críticas sempre são bem vindas, desde que feitas adequadamente, sem ridicularizar o outro.
      Quando digo que deixar os comentários sem moderação é oferecer alimento aos trolls, é porque o blogueiro fica sem controle do que é postado, inclusive em comentários antigos. E tu sabias que o dono do blog é responsável por tudo que está contido nele, inclusive opiniões de terceiros? Imagina o incômodo de ter que lidar com uma ação judicial, por causa de uma pessoa que resolveu atacar as demais com palavras ofensivas... é muito complicado!
      Sobre propaganda em blogs, o CONAR, órgão que regulamenta a publicidade, todos os posts nos quais o blogueiro foi pago ou recebeu o produto para fazer resenha devem ser sinalizados, como PUBLIEDITORIAL, PUBLICIDADE, POST PAGO, etc. Caso a publicidade esteja velada, o leitor tem o direito (e o dever) de acionar o CONAR e denunciar blogueiro e anunciante.

      Abraços!

      Excluir
  32. Olá Lidiane!
    Gostei muito do seu blog, achei o layout bem discreto, mas ao mesmo tempo lindo.Não tenho blog, a única rede social que participo é o Facebook, talvez pelo fato de não saber utilizar várias ferramentas que a internet nos oferece.Na verdade,quando me escrevi para a Especialização em Mídias na Educação, pensei que iriam me ensinar a usar a máquina, mas na verdade era para nos orientar, aprender e a utilizar as várias ferramentas que a internet nos oferece no ensino aprendizagem e o blog é um deles.
    Com o passar do curso, tive que perder o medo e começar mexer na máquina,hoje vejo que aprendi muito e compartilho com meus alunos.Mas não me sinto preparada para ter um blog,como você diz no texto,temos que ter o hábito de ler e confesso que não tenho esse hábito, o que me dificultaria muito para me expressar.Parabenizo as pessoas que tem coragem em expor os trabalhos na net.
    Foi muito gratificante compartilhar este momento com você e parabéns pelo seu trabalho, achei lindo!
    Maria de Fátima de Leão
    Polo SVP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria de Fátima!
      Que bom que estás perdendo o medo e te aventurando pelo mundo das máquinas e dos softwares. Espero que aprendas muito com o curso e possas ressignificar tuas vivências com o computador e a internet e, quem sabe no futuro, criar um blog para encorajar outras pessoas a superarem seus "medos virtuais" também. ;)

      Beijos!

      Excluir
  33. Olá Lidiane!
    Primeiramente, parabéns pelo seu blog, pelas suas belíssimas ilustrações, pela organização e criatividade. O conteúdo dele é diferente de todos que eu já visitei até hoje, tenho por costume visitar blogs para auxiliar nos meus planejamentos, para procurar sugestões de projetos, atividades, textos complementaras. Está sendo muito desafiador e gratificante poder compartilhar com você neste espaço. Pois é a primeira vez que estou deixando um comentário num blog, tenho dificuldade em me expressar e também sou um pouco insegura, sempre me preocupo com quem vai ler, como vai interpreta. Para pessoas que tem facilidade em se expressar naturalmente é mais fácil se comunicarem nas redes sociais. Essa minha preocupação não é apenas com textos, mas também com imagens, pois conforme suas dicas no seu texto para criação e manutenção de um blog são muito importantes, sobre a responsabilidade em postar é muito grande e com certeza vão me auxiliar, pois minha proposta pedagógica do TCC é a criação de um blog para publicar através de imagens, vídeos as atividades desenvolvidas com alunos 0 a 2 anos nas turmas do berçário de uma Escola de Educação infantil. A escola a qual eu trabalho já tinha um blog, onde a diretora da mesma fazia as publicações, mas no momento está desativado. A partir da observação no decorrer dos anos que a escola teve o blog percebi que através dessa ferramenta é uma forma de a família também fazer parte e interagir na vida escolar dos filhos, podendo também acompanhar o desenvolvimento dos mesmos, levando em consideração a realidade, a relação professor-aluno, aluno-aluno, família-escola.
    Concordo quando você falas que criar e manter um blog é uma questão de hábito como muitos outros que adquirimos como ler, escrever, estudar, faço uma pequena comparação com o face que apenas é mais usado, penso que o blog é um pouco mais trabalhoso exigindo um pouco mais de empenho, Obrigada pelas dicas muito úteis e se tudo der certo quero criar um blog para a escola ou então um pessoal para compartilhar com os pais dos meus pequeninhos o dia a dia deles na Escola.
    Parabéns pelo seu belíssimo trabalho!
    Alice Kuhn Maldaner
    Pólo Três de Maio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alice!

      És a segunda "estreia" aqui no blog, pois outra colega também revelou que o primeiro comentário dela num espaço virtual está sendo aqui, no meu cantinho. Fico muito feliz, espero que vocês comentem em outros blogs também e compartilhem suas experiências.
      Quero te dar uma dica para criação do teu blog: precisas tomar cuidado com as imagens das crianças na web, existe uma série de restrições quanto ao uso de fotografias de menores, previstas nas leis de uso de imagens, direitos autorais e também na "Lei Carolina Dieckmann", sobre crimes na web. Tens que elaborar um termo de consentimento livre e esclarecido para os pais, e tomar o cuidado de desfocar o rosto das crianças e não colocá-las em posições que incitem a pedofilia, por exemplo. Parece assustador à primeira vista, mas calma: podes publicar imagens dos teus pequenos, desde que sigas essas regras mínimas de cuidado. Inclusive, frisa bem isto no teu TCC, mostra importância com o conteúdo e respeito pelo leitor.

      Grande abraço!

      Excluir
  34. Olá Lidiane!!!
    Gostaria de lhe dar os parabéns pelo seu blog e por compartilhar o seu trabalho com o nosso grupo “Mídias”. Gostei muito do seu trabalho, visto que é atrativo, apresentando muitas produções e informações diversas a respeito da arte através de desenhos. Percebo que a sua relação com blogs é bem íntima, onde é visível as suas concepções e entendimentos quanto à utilização deste recurso midiático como meio de divulgação do seu trabalho.
    Já a Minha relação com blogs não é tão íntima, mas o contato se deu antes mesmo de terminar a minha Graduação em Pedagogia. Os primeiros contatos com Blogs foi através da construção de um blog como portfólio virtual, tinha como objetivo apresentar os meus anseios, as minhas dúvidas, minhas dificuldades e as aprendizagens enquanto educadora, buscando refletir acerca do processo de regência de turma e, principalmente, do trabalho desenvolvido com os educandos. Este blog foi construído ao longo dos estágios obrigatórios do curso e minha experiência foi enriquecedora, mas com o término dos estágios, não consegui dar continuidade ao trabalho que estava sendo desenvolvido.
    Entretanto as minhas concepções quanto ao uso de blogs ainda não estavam bem esclarecidas, e hoje percebo a importância do uso do blog como ferramenta pedagógica proporcionando o partilhar conhecimentos entre os sujeitos envolvidos.
    Com as leituras do material disponibilizado por você, fica muito mais claro e fácil compreender como dar continuidade no trabalho com blogs e mantê-lo atualizado. Porém fica uma pergunta: para você o Blog é um processo de reflexão a respeito das aprendizagens construídas e as que poderão ser propiciadas a partir de um olhar atento ao que está sendo indicado pelo visitantes?
    Adorei visitar o seu blog!!!
    Abraços Gisele Boettge
    Polo São José do Norte

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gisele, obrigada pela visita!
      Então, o meu blog começou com o intuito de destravar a escrita para a dissertação, era algo sem compromisso e que eu não conseguia enxergar muito além do próprio mestrado. Até mesmo quando o utilizava como portfólio, meu interesse era fraco. Com o tempo, passei a refletir sobre o quanto este espaço estava ajudando na minha constituição como arte/educadora ambiental e que eu precisava investir mais nele. De uns dois anos pra cá, por conta da visibilidade que consegui, passei a aceitar encomendas de ilustrações, e isso serviu para me impulsionar artisticamente. Por isso, vejo sim este espaço como um longo processo de reflexão, tanto pelo que aprendi com ele, principalmente através do feedback dos leitores, quanto para os planos que tenho no futuro, as parcerias que estabeleço e o próprio momento do Curso de Mídias, que é uma novidade para mim e que pretendo utilizar para aprofundar meus conhecimentos sobre o uso educativo das redes sociais.

      Grande abraço!

      Excluir
    2. Olá Lidiane, através do teu retorno percebo então que este recurso é uma ferramenta rica para proporcionar a reflexão das ações, possibliitando assim re-significar as nossas concepções. Abraços!!!

      Excluir
  35. Oi Lidiane!
    Primeiramente parabenizo o seu trabalho. Suas ilustrações são lindas!
    Ao ler seu texto, percebi o quanto é valiosa a sua experiência, podendo contribuir para a criação e continuação de blogs muito significativos.
    Colocas muito bem as dificuldades não em criar um blog, mas sim em mantê-lo. Concordo com você que, para dar continuidade a essa atividade virtual, é necessário incluí-la em sua rotina, fazendo parte da sua vida, assim como as demais atividades que realizamos todos os dias. E, realmente, esse entendimento só virá com o tempo, tem que ter persistência.
    Achei muito interessante a sua colocação quanto à linguagem, priorizando a objetividade e a coerência. Assim como o cuidado em não deixar de citar as fontes utilizadas, pois o respeito aos direitos autorais é fundamental. Suas dicas quanto às situações desagradáveis (trolls) que podem surgir também demonstram a sua admirável experiência em conduzi-las.
    Sabemos que uma das principais funções de um blog é possibilitar a comunicação interativa, quando citastes o tópico “retribuam” em seu texto, e participando de seu blog, percebi o quanto és atenciosa e comprometida com seu público.
    Sucesso e mais uma vez, parabéns pelo seu trabalho.
    Um abraço.
    Aline Santos
    Aluna do Curso de Especialização Mídias na Educação
    Polo Santo Antônio da Patrulha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline, tudo bem?

      Eu demorei bastante para ter todos estes entendimentos sobre o blog, sobre o que eu queria, para onde me levaria... e quando ele passou a fazer parte da minha rotina, ficou mais fácil integrar os conhecimentos para melhorar o espaço. O fato de uma pessoa ter um blog não quer dizer que ela tem mais tempo livre do que outra, mas que, dentro das concepções dela, há espaço para blogar!

      Beijos e obrigada pela visita :)

      Excluir
  36. Adriane Helena Dutra Quaresma
    Polo Três de Maio

    Olá Lidiane Dutra!
    Inicialmente quero te felicitar pelo teu lindo trabalho. Sou mais uma estreiante, como já citaram algumas colegas nos textos anteriores, pois nunca antes havia participado com meus registros em blog, conhecia somente como visitante...
    Desde meus primeiros trabalhos no Curso de Mídias em Educação, sempre explicitei minhas angústias quanto as tecnologias, sempre muito insegura, e por isso mesmo, quis me desafiar fazendo o Curso e aprender um pouco mais sobre as Mídias, principalmente as novas mídias, que para mim, que nao sou nativa digital, é um pouco assustador!
    Não sei se por essa razão, não tenho o hábito de "navegar" ou "estar na rede", como disseste em teu artigo, embora saiba que, parafraseando Mário Osório Marques: "navegar também é preciso"!
    A rede social que mais uso é o facebook e gostei muito de todas as dicas que tu destes, principalmente quando falastes sobre o cuidado que devemos ter com a linguagem e sobre ser gentil.
    Se tem algo que me desagrada profundamente é quando vejo mensagens ou post falando mal de chefes, religiões, profissões, familiares ou outras bobagens...Tem pessoas que pensam que a rede é uma máquina de "lavar roupa suja"! Extremamente desrespeitoso! Já exclui pessoas do meu face, por postagens ofensivas.
    Muito interessante o teu trabalho artístico também. Amei!
    Parabéns e obrigada por compartilhar conosco teus aprendizados.
    Abraço,
    Adriane Helena Dutra Quaresma
    Polo Três de Maio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Adriane, tudo bem?
      Tocaste num ponto que acho muito pertinente em qualquer rede social: a lavação de roupa suja. É horrível! Eu vou te contar uma história: certa vez, quis mandar uma "indireta" para o ex de uma amiga, e acabou que outra pessoa achou que fosse pra ela. Estava armada a confusão. Desse dia em diante, nunca mais mandei diretas nem indiretas pra ninguém, porque paguei um preço muito alto por toda aquela exposição. Foi traumático. Agora, quando entro no Face ou Twitter e vejo algo que me desagrada, ou bloqueio o feed de notícias da pessoa, ou excluo de vez. Fotos de animais mortos, frases machistas, Chapolins Colorados, brigas de time de futebol, religião, política... tudo isso eu tento ignorar. E minha relação com o Face, principalmente, mudou desde então. É aquela velha história: não faça com os outros o que não gostarias que fizessem contigo.

      Um grande abraço!

      Excluir
  37. Oi, Lidiane! Sou uma frequentadora assídua de blogs, principalmente quando pesquiso atividades para passar para meu alunos e de redes sociais como facebook, twitter e instagram quando quero passar o tempo. Criei um blog em 2007, mas como você disse, nosso trabalho e outros diversos fatores muitas vezes nos impedem de escrever frequentemente. Fiz pouquíssimas postagens com o intuito de falar sobre educação e fazer resumos de livros que já li. Leio muito mas acabei resumindo só dois deles até agora, hehe.... Falando sinceramente, não sou muito ligada em artes e tendências artísticas, mas achei teu blog lindo e as resenhas muito boas, foi muito bom tê-lo conhecido e perceber que você mostra assim o teu trabalho não deixando partes importantes como cordialidade, preocupação com a escrita e estética, enfim, adorei mesmo. Tudo de bom pra ti e parabéns pelo teu trabalho. Abraço, Cátia G. Silva, Polo Três de Maio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cátia, obrigada pelo carinho! de 2007 para cá, muita coisa mudou na plataforma, vários recursos foram atualizados, de repente dá uma olhada e, quem sabe, reativa teu blog. O Skoob é uma ótima rede social para quem gosta de livros e de postar resenhas, sempre tem uma interessante. É possível avaliar a leitura e criar uma estante virtual, dá uma olhada.

      Bjs

      Excluir
    2. Pois é, com a vinda desta disciplina, até reativei o blog esta semana postando o resumo do livro Água para elefantes, que terminei de ler no domingo. Talvez me anime em atualizá-lo com mais frequência. Mexi um pouco no layout e percebi que dá pra dar uma renovada nele... hehe... bjo

      Excluir
    3. Ah, e obrigada pela dica. Vou acessar o Skoob e ver o que descubro lá.. ;)

      Excluir
  38. Oiii Lidiane!
    Eu sou Adriana da Silva, estou cursando Mídias na Educação no polo de Três de Maio. Amei conhecer o seu blog e poder acompanhar este trabalho maravilhoso que tem feito. Muito legal as dicas que estão aqui compartilhadas e vejo o quanto este blog mostra a sua satisfação em ser bloguista.
    Minha experiência com blogs está iniciando nesta disciplina, apenas pesquiso em blogs sugestões de atividades para meu trabalho com Educação Infantil, mas ainda não havia postado nenhum comentário. Acho os blogs excelentes ferramentas de ajuda no trabalho pedagógico e apesar de sempre termos que filtrar um pouco o seus conteúdos, já compartilhei ótimos trabalhos. Penso como vários colegas já comentaram, criar e manter um blog é questão de hábito, de gostar e é claro muita dedicação. Fiquei admirada especialmente com as ilustrações contidas no seu blog, são bastante criativas e penso que são importantíssimas para um visual mais agradável e como mencionado no texto servem de apoio a mensagem que queremos passar.
    Parabéns pelo blog !
    Sucesso !
    Um grande abraço!
    Adriana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Adriana!

      Mais uma estreante em comentários de blog por aqui rsrsrs Seja bem vinda!
      No site da revista Pátio tem excelentes dicas de atividades para educação Infantil e em novembro, aqui em Rio Grande, acontecerá o X Educação Infantil em Debate, dá uma olhada na programação: http://www.educacaoinfantilemdebate.furg.br/
      É importante fazer a filtragem do conteúdo, pois muitos blogs não referenciam textos e imagens de terceiros, o que pode acarretar até mesmo em processo por crime de direito autoral. Todo cuidado é pouco!

      Bjs

      Excluir
  39. Olá Lidiane! Tudo Bem!
    Meu nome é Rubicler sou aluna do Polo de SAP, primeiramente parabéns pelo seu blog, seus desenhos são muito criativos e interessantes.
    Ao ler seu texto “Produção de Conteúdos na Web”, pude perceber que não é tarefa fácil manter um blog sempre atualizado pois precisamos de tempo e dedicação para este, até porque temos que oferecer conteúdo de qualidade para que tenhamos um bom público, a escrita também é muito importante pois temos que produzir textos com linguagens simples porem com coerência pois caso contrario um texto muito formal pode afastar os leitores.
    Infelizmente Lidiane até nas redes sociais existem pessoas que só incomodam e eu não sabia que estes se chamam “trolls” e o pior que temos que agir com naturalidade e sermos gentil acima de tudo, mas ainda bem que tem solução pode-se bloquear uma criatura desta kkk ou também podemos moderar, pois seremos notificados por e-mail a cada recado enviado e assim decidiremos se publicaremos ou não este em nosso blog.
    Outro fato bastante interessante no seu texto é que para mantermos um blog temos que procurar estarmos sempre atualizados, buscando conteúdos de qualidade e sempre que formos postar uma reportagem, notícia... de outros é muito importante colocarmos a fonte, pois visito alguns blogs para aprimorar minhas aulas e o curioso é que já vi atividades iguais em outros sem citar a fonte, temos também que nos preocupar com o layout procurando sempre deixar as cores e as letras em harmonia nunca deixar a página muito colorida e com muitas figuras pois pode desviar a atenção do leitor.
    Lidiane quanto ao texto aprendi muitas coisas que até então eu desconhecia e pude perceber que é possível sim criarmos o nosso próprio blog é só seguirmos as dicas que você nos deu e sermos pacienciosos e estarmos preparados para o pior ou melhor pois estamos sujeitos a possuirmos leitores ou não , porem no momento não me sinto preparada, mas quem sabe no futuro criarei um. Sabes que é a primeira vez que irei publicar em um blog? O curso de mídias nos proporciona várias oportunidades, assim como está de interagir com você. Gostei muito de te conhecer. Bjs
    Aluna: Rubicler M. Oliveira
    Polo Sap: Santo Antônio da Patrulha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rubicler!

      Pelo que vi, conseguiste associar muitas coisas relacionadas ao texto às tuas vivências na rede, e isto é muito bom, pois vai contribuir para a tua criticidade quanto ao conteúdo disponibilizado e também a como agir com os trolls que andam à solta na web rsrs

      Obrigada pela visita, grande abraço!

      Excluir
    2. Sou Silvia Maria do Polo SAP

      Estou apreciando muito conhecer seu trabalho. A partir dele é possível vislumbrar as diversas possibilidades de uso do blog dentro da área da educação.

      Assim como você desperta em cada pessoa que acessa seu blog o gosto por conhecer um pouco mais sobre sua arte, penso que esta atividade nos ajudará a pensar formas de como desenvolver junto aos alunos um trabalho usando blogs. Algo que parta de seu interesse, onde possam trocar ideias e apresentar construções próprias.

      Manter um trabalho assim requer dedicação e criatividade, desde o pensar no design, imagens, escrita, é um conjunto que deve estar em harmonia.
      Um aspecto que considero importante e que foi apresentado no material do curso é o cuidado que deve ser tomado em relação ao que se posta no blog, desde as citações, os links indicando a procedência, as fotos e o trato nas respostas com aqueles que deixam sua mensagem. É preciso ter consciência de que nem todos apreciam o trabalho desenvolvido, ou mesmo gostando aproveitam desse espaço para outros fins, não respeitando o trabalho desenvolvido. Mesmo diante do desrespeito é preciso agir com prudência e delicadeza não partindo para agressões denegrindo a própria imagem.

      É preciso lembrar que quem escreve espera uma resposta, por isso é importante não se esquecer de dar um retorno para quem escreve, mesmo que brevemente. Essa atitude constrói uma relação de amizade e fortalece o trabalho criado.

      Creio que estamos dando os primeiros passos para aprendermos e gostarmos de trabalhar com essa ferramenta que oferece várias possibilidades e que ao mesmo tempo desperta a atenção. Cada dia que acesso este espaço espero para ver as novidades e penso que esse é mais um desafio para o blogueiro, estar sempre atualizado e chamando a atenção daqueles que a cada dia esperam surpresas.

      Parabéns pelo trabalho!

      Excluir
    3. Oi Silvia, tudo bem?
      Estou muito feliz com as interações das turmas aqui no blog, pois vocês estão conseguindo estabelecer conexões entre os textos e o conteúdo publicado neste espaço. Tem sido um desafio responder a cada um dos comentários - já passam de 100 - mas creio que, ao final teremos uma fonte de reflexões muito boa.

      Grande abraço!

      Excluir
  40. Olá Lidiane Dutra!
    Parabéns pelo seu trabalho, pela criatividade. Suas ilustrações são lindas, diferentes e tem uma característica própria, especial. Como muitos dos meus colegas que já postaram seus comentários anteriormente no seu blog, também sou principiante na participação em blog através de comentários pois até aqui só utilizava blogs para pesquisas, como visitante.
    Até aqui eu tinha pouco conhecimento sobre como funciona, para manter um blog, por isso para mim foram fundamentais as leituras dos textos onde você escreve suas experiências, como criar e manter um blog pois exige tempo, persistência, dedicação para que essa atividade virtual tenha continuidade.
    As dicas foram muito importantes pois é necessário objetividade, preocupação com a linguagem mantendo coerência no raciocínio, ser gentil, sem ofender outras pessoas sabendo agir em situações desagradáveis onde muitas pessoas utilizando-se do anonimato (trols) utilizam esse espaço para ofender, avacalhar, desfazer o trabalho.
    Devemos observar também, ter cuidado em citar as fontes utilizadas, creditando o trabalho.
    A utilização de blogs é uma atividade interativa. Utilizo pouco as redes sociais, utilizando mais o facebook, é preciso que eu saiba mais sobre a utilização das redes sociais para que eu possa utilizá-la de forma educativa.
    Abraço
    Maria Helena Abran
    Pólo Três de Maio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria Helena

      Fico feliz que tenhas gostado das dicas, espero que, ao longo do curso, possas te aprimorar ainda mais e aplicar todos os conhecimentos adquiridos na sala de aula.

      Grande abraço!

      Excluir
  41. Olá Lidiane!
    Sou Rosana Peter da Cunha, do Pólo de Santa Vitória do Palmar. Estou fazendo Especialização em Mídias na Educação, porque estava sentindo falta de algo novo. Formei-me no magistério em 1994 e em licenciatura em letras em 2002. Após ter feito um curso em Educação Fiscal on-line percebi que é possível me adequar às novas tecnologias e sendo muito curiosa fui atrás desta especialização. É um desafio a cada etapa, pois a rede social que participo é o facebook e pesquiso também alguns blogs sobre atividades pedagógicas. Gostaria de me aventurar mais na internet, mas pela falta de tempo, trabalho de 40 horas, casa, filha (tarefas escolares) e outros... Fica bem difícil, gostaria de aprender utilizar outras ferramentas. Lidiane, Parabéns pelo seu blog achei fascinante! O layout é incrível, com imagens interessantes e bonitas mas ao mesmo tempo de forma sutil. A linguagem é acessível e bem fundamentada. Pelo conteúdo lido ter um blog não é uma tarefa fácil é preciso muita dedicação e coragem nem todas pessoas são gentis e quem escreve está sujeito a qualquer tipo de crítica. Bem, teu trabalho como blogueira é fantástico sinto-me lisonjeada de comentar.
    Um grande abraço e SUCESSO.
    Rosana Peter da Cunha Pólo de SVP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rosana, muito obrigada pelo carinho!
      Espero que o Curso de Mídias te ajude a desbravar o mundo virtual e consigas aplicar os conhecimentos em sala de aula.

      Grande abraço!

      Excluir
    2. Olá Lidiane!
      Também acredito que este curso me ajudará ainda mais a participar desse mundo virtual, já sinto-me mais integrada e utilizo certos sofwares com muito mais desempenho. Abraços e sucesso. Rosana Pólo:SVP

      Excluir
  42. Olá Lidiane!
    Eu sou Sirlei Sandra Winkelmann, aluna do polo de Três de Maio-RS. Primeiramente gostaria de parabenizar pelo seu blog, são belíssimas as suas ilustrações, os mesmos são encantadores e cativantes, também agradecer pelas ótimas dicas, pois conforme seu texto "manter um blog em dia, é preciso cultivar o hábito de blogar", assim como outros hábitos também. Eu visito alguns blogs, mas também nunca postei comentários, porém estou me desafiando a querer aprender e a partir das dicas percebi que alguns fatores são fundamentais para fazer um blog, tais como: preocupar-se com a linguagem, de forma coerente e precisa, ler muito, ser gentil com nossos leitores, retribuir visitas, é importante atualizar-se tanto na informação como no software, preocupar-se com a estética do blog, como também precisamos estar preparados para o pior ou para o melhor. Sei que será um grande desafio, mas são novos desafios que nos movem na busca por melhoria na educação, e nada mais gratificante para nós podermos divulgarmos e compartilharmos as atividades escolares. Enfim, mas me pergunto qual seria mesmo a importância de um blog para a educação? Acredito que através do blog é permitido uma importante troca e atualização de conhecimento entre alunos, professores, família, pois com o uso do blog podemos ampliar nossa visão sobre as novas possibilidades pedagógicas e isso certamente contribuirá e muito para o processo de ensino-aprendizagem.
    Abraços e Sucesso!!!
    Att.
    Sirlei Sandra Winkelmann

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sirlei, tudo bem?
      Acredito que a importância do blog na educação reside na interação proporcionada no ambiente virtual e na possibilidade do estudante também compartilhar seus conhecimentos e sentir-se atuante no processo de aprendizagem.

      Grande abraço!

      Excluir
  43. Oi Lidiane! Achei bastante interessante seu blog, não costumo utilizar esse tipo de local para postar nenhum material, mesmo tendo vontade de criar um para trabalhar e desenvolver projetos, postar fotos e trabalhos de meus alunos, enfim, criar algo que fosse ligado a construção do conhecimento dos educandos que tenho convívio. Mas, como comentaste no material disponibilizado, para manter um contato com os visitantes é necessário estar ligada nas atualizações, retribuir os comentários, responder questionamentos e tudo isso sem muita demora, para não deixar o visitante na espera, não tenho muita habilidade com isso.
    Na verdade já visitei alguns blogs, mas comentários, deixei em poucos. Muitas vezes é preciso indicação para conhecer novos ambientes, uma pessoa que gostou do que viu e foi "bem recebido" pel@ blogueir@, sugere a página para os amigos.
    Gostei muito da imagem destinada ao nosso curso, à ligação entre a paisagem e o virtual fica bem visível, e talvez seja algo que buscamos para haver interação nos diferentes momentos e circunstâncias da vida. Essa relação me encanta, gosto da parte tecnológica, pela facilidade na busca de informação e contatos, mas me seduz o natural, as formas que a natureza nos envolve.
    Sucesso em sua vida e no seu blog...
    Um grande abraço!!!
    Anelise – Santa Vitória do Palmar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anelise!

      A imagem escolhida tem muita significação para mim, pois demonstra que cuidar de um espaço virtual está integrado a outras atividades da minha vida. E esta concepção veio com o tempo, com o entendimento sobre o que eu queria com isso. Acho que toda pessoa que pretende manter um blog precisa se perguntar: o que quero com isso? me dedicarei a isso? isso fará diferença na minha vida? Pois, para fazer sentido para os outros, precisa fazer sentido para nós mesmos.

      Grande abraço!

      Excluir
    2. Sim, entendo. E por este motivo AINDA não criei um blog para "administrar". Mas depois de ver essa interação e funcionamento inteligente na construção deste, fiquei empolgada. O interessante é focar em algo que possa ser atrativo e que possa ter contato com o público alvo.
      Sobre a imagem, como já havia comentado, esses cenários me prendem a atenção. O natural me encanta, e o fato de ser bastante observadora da natureza, contribuiu para a escolha no curso de graduação que escolhi (Ciências Biológicas). Aqui no município somos cercados de paisagens incríveis que em outros lugares não existem, e isso sempre foi admirado e registrado por mim. Mesmo sendo um local afastado dos demais (territorialmente distante dos maiores centros) temos essa vantagem, basta ser melhor analisada e explorada aos olhos dos distraídos.

      Um forte abraço Lidiane!!!
      Anelise.

      Excluir
  44. Olá Lidiane!
    Devo confessar que está é a primeira vez que faço comentário em um blog! Novidade para mim!
    Sempre busquei em blogs por ideias para atividades de inglês e por inspirações para decorar minha casa, porém nunca havia parado para ler as postagens contidas neles.
    Ao ler os textos que escreveste, "Redes Sociais Contemporâneas" e "Produção de Conteúdo na Web", para o curso em Mídias na Educação, primeiramente, me encantei com tua escrita. Consegues ser clara e objetiva, escrevendo com coerência sobre os assuntos a que te propõe, o que torna a leitura mais prazerosa! Depois, com a curiosidade aguçada, resolvi "devorar" teu blog! Ainda não consegui ler todos as postagens (pois são muitas), mas já li todas as realizadas de Junho a Setembro deste ano, e estou cada vez mais empolgada para continuar a leitura!
    Adorei várias dicas tuas, principalmente sobre as canetinhas da Bic, pois adoro desenhar! Não sou artista como tu, mas adoro trabalho manuais e sempre que tenho um tempo me dedico a isto!
    Não sou daquelas pessoas "enlouquecidas" pelas redes sociais, pois sou bastante reservada e me parece que, às vezes, as pessoas perdem a noção do que deveria ficar só na intimidade e o que poderia ser "escancarado" ao mundo. Digo isso, pois tenho uma conta no Facebook há pouco tempo e é isto que tenho percebido nas postagens de muitas pessoas. Imaginava que com blogs a situação não seria diferente. Porém ao ler teu blog e algumas postagens do blog da Loma Sernaiotto (blogueira indicada por ti em um dos textos), percebi que podemos, sim, expor nossos sonhos, desejos e sentimentos, apresentar nossos trabalhos e pesquisas nas redes sociais, sem perder a privacidade (até deu uma vontadezinha de criar um blog para mim! Projeto para o futuro talvez!)
    Para finalizar, e não estender demais o assunto, gostaria de ressaltar o quão boa está sendo esta experiência para mim! E quero, ainda, te parabenizar por conseguires administrar tão bem teu tempo, de maneira a realizar teus trabalhos e manter tuas postagens com frequência no blog!
    Agora, vou ler mais um pouquinho!!!
    Abraços!
    Andréa Marmitt Allgayer - Polo SAP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andréa! Muito obrigada pelo carinho. Nossa, fiquei super feliz ao ler teu comentário, não tens ideia! Pode "devorar" o blog à vontade, quanto mais para trás fores, mais claras ficam algumas colocações que pontuei nos textos, pois lá em 2010 eu era um bichinho do mato rsrsrs
      Espero que encontres muitos conteúdos que possas aproveitar para a tua vida, além de te divertir e te informar.
      Também acho que há um excesso de exposição na rede, de uma maneira geral. Esses dias, vi uma foto improvável, de uma celebridade (?) sentada na frente de sua privada entupida!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! E acredito que essas pessoas, que contam o que comem, o que fazem, como estão, 24h por dia nas redes sociais acabam banalizando a vasta possibilidade de interação e conhecimento que este mundo nos proporciona.
      Muito obrigada pelo carinho e um grande beijo pra ti!

      Excluir
  45. Boa noite, Lidiane

    Como vais? Adorei entrar em contato com o material desenvolvido por você. Muitas dicas interessantes para nós, estudantes do Curso de Pós-graduação em Mídias na educação. Esta disciplina me interessa muito, pois a mesma será meu foco de pesquisa ( TCC ) e estou aprendendo muito em relação às WebQuests e ao Blog, já que ambos serão focos da minha pesquisa. Juntamente com estas mídias, estarei trabalhando com os gêneros textuais reportagem, artigo de opinião e relato de experiência. Espero aprender muito sobre as mesmas e que o foco no aluno resulte em produtos incríveis. Eu preciso me dedicar, pois nunca utilizei tais mídias.

    Abraço a todos
    Magno Machado de Freitas
    PAED - Polo de Apoio ao Ensino a Distância
    São Lourenço do Sul

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Magno

      Boa sorte na tua pesquisa, existem muitos blogs voltados para os relatos de experiência, se fizeres uma busca rápida pelo Google encontrarás vasto material e também blogueiros dispostos a colaborar com teu trabalho.

      Grande abraço!

      Excluir
    2. Lidiane,
      Muito obrigado pelas dicas! Com certeza, nesta reta final, vou precisar de ajuda mesmo. Vou pesquisar mais sobre o assunto e, juntamente com o aprendizagem, montar o meu "corpus". No seu arquivo do moodle, foi possível encontrar muitas dicas interessantes para utilizar esta mídia! Acho que, para uma escola, terá a importância de valorizar os trabalhos dos alunos. Bem, mais adiante, terei o prazer de compartilhar com você e os colegas os resultados - claro, se você achar que será importante pra você. Grande Abraço e muito obrigado pela contribuição à minha formação.

      Magno Machado de Freitas
      PAED - Polo de São Lourenço do Sul

      Excluir
    3. Oi Magno! Claro que gostaria de ver os resultados da tua pesquisa. Manda o link que terei prazer em visitá-lo!

      Grande abraço!

      Excluir
    4. Olá, Lidiane

      Havia me esquecido, mas não consegui os arquivos "Planejamento do Blog" e o outro para customizar o blog. E, será um grande prazer também em compartilhar o meu trabalho, pois estamos aí para divulgar e compartilhar ideias.
      Abraço

      Magno Machado de Freitas

      Excluir
    5. Oi Magno

      Entra em contato com os professores, via Moodle, para conseguir os arquivos!

      Excluir
  46. Olá Lidiane. Meu nome é Eveline Pacheco Machado e sou do pólo de Santo Antônio da Patrulha.

    Quero parabenizá-la pela clareza do seu artigo e do seu Blog. Além dele ser "clean" suas obras de arte dão a cor e a vida necessária a um bom blog. Admiro os artistas!!!

    Ao realizar a leitura disponibilizada na plataforma, pude fazer “links” com o meu cotidiano e de vários amigos, que estão sempre conectados!
    Alguns aspectos chamaram a minha atenção:
    1)Linguagem correta e acessível: É impressionante as duas vertentes presentes na internet. A primeira consegue deixar o leitor com desânimo, raiva e qualquer outro sentimento negativo ao ler tantos erros gramaticais. O segundo faz com que o leitor sinta-se mal, pois não entende o significado e o contexto do que está escrito devido a rigidez e o “português arcaico”. Concordo com a Lidiane. MANTER A COERÊNCIA é o mínimo para quem deseja criar um blog, por exemplo.

    2) Trolls: Realmente estão presentes na internet e fora delas. Trolls, ou pessoas mal educadas na minha concepção, estão presentes em todos os lugares. No contexto da internet, colocam os blogueiros e qualquer pessoa que posta algo na rede em situações constrangedoras. Nesse contexto, acredito que deveriam ter leis mais rigorosas que envolvem mídias de todos os tipos. Enquanto não há, as edições de privacidade e o controle que muitos sites dão ao usuário, permite uma filtragem, inibindo as “depredações midiáticas” feitas pelos Trolls.
    3) Atualizar-se: Estar em constante atualização, permite com que mais pessoas se interesse pelo que você posta. A Lidiane ressalta bem este aspecto e eu acredito ser essencial em todas as áreas. Estar atualizado permite que o seu site seja referência e acabe virando tendência na internet.
    Gostaria de saber da Blogueira Lidiane se ela sofre “ataques” frequentes dos trolls e como ela lida com essa situação. Além disso, gostaria de saber a sua opinião sobre o fato o Brasil não ter leis mais rigorosas sobre a invasão dos Trolls e a dificuldade em descobri-los e puni-los pela polícia.

    Um beijo e muito sucesso! Jamais desista!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eveline, muito obrigada pelas tuas considerações!

      A questão da linguagem já chegou num ponto que merece estudo aprofundado, principalmente no Facebook. Fico triste quando os equívocos partem justamente de profissionais da educação. Já os comentários de trolls foram muito bem classificados por um site como "o chorume da internet". Melhor definição, impossível. E a atualização constante é um dos principais motivos que me levam a desistir de acompanhar alguns blogs ótimos, porém que não recebem a devida atenção neste quesito.

      Sobre as tuas perguntas, eu não sofro ataques constantes de trolls, pois construí um público muito bom, de pessoas que querem apreciar arte, cultura, informação, que desejam me acompanhar. Já sofri ataques no YouTube, mas resolvi desativando comentários e curtir, coisa que muitos vloggers famosos, como o PC Siqueira, também estão fazendo. O mesmo YouTube anunciou uma nova política de comentários, com filtros para evitar a trollagem e valorização do conteúdo realmente importante para o vídeo. Isto é uma vitória.

      Acredito que o Brasil está no caminho para constituir leis que protejam os usuários do meio virtual contra crimes e invasões, os próprios sites têm atualizado suas políticas de privacidade, mas não podemos esquecer que, geralmente, um troll é também um stalker, aquela pessoa que gosta de futricar a vida alheia através de perfis fakes. E não há lei que evite essa morbidez que algumas pessoas cultivam e que eu, particularmente, não entendo. Talvez, futuramente, regras mais rígidas serão exigidas ao se criar um perfil na rede como, por exemplo, um número de RG, CPF... aí sim é provável que a trollagem diminua. Até lá, que os filtros nos protejam!

      Beijos!

      Excluir
  47. Olá! Tudo bem?
    Meu nome é Jaqueline e sou aluna do polo de TM, quero te parabenizar pelo blog, seus desenhos são lindos e criativos. Estava lendo o texto “Produção de Conteúdo na Web” e gostei muito da forma como você vai expondo a sua experiência em manter um blog. As dicas que estão nesse texto são muito boas, para um escritor que pretende iniciar um blog serão de grande ajuda. Escrever não é fácil, muitas pessoas não se sentem a vontade em expor suas ideias e conceitos, parabéns por ter essa força de vontade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jaqueline, obrigada pelo carinho. Espero que o curso, de uma maneira geral, te auxilie a utilizar os meios virtuais a teu favor.

      Grande abraço!

      Excluir
  48. Olá Lidiane, não tenho blog. Acesso alguns blogs para buscar atividades, tem uns muito bons na minha área, ciências e química, mas não costumo deixar comentários. Lendo o texto da disciplina pude perceber que o uso do blog pode ser uma ferramenta para interagir com os alunos na questão de conhecimento (aprendizagem). Sempre tive a ideia de que as redes sociais são futilidades, agora começo a mudar meu pensamento. E aprendi o quanto é importante para o blogueiro os comentários.
    Gostei das dicas que tem no texto, dos cuidados que devemos ter ao fazer um blog. Na verdade, devemos sempre cuidar das nossas atitudes e da nossa postura como profissional ou simplesmente como pessoa. A organização do blog nos dá uma ideia de como é a pessoa, se gosta de muitos acessórios, se é organizada, enfim identifica o dono do mesmo.
    As redes sociais para mim são como os programas de rádio “paquera na avenida”, onde os ouvintes ouvem os recados de todos, e eu não gosto deste tipo de exposição. Mas valeu a dica, pois aprendi que podemos usar esta ferramenta para outros fins, pois vai depender da minha organização deste.
    Sou a Roseli Maria Schallemberger do pólo de Três de Maio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Roseli

      Obrigada pelo comentário, bom saber que as dicas estão te ajudando!

      Abraços

      Excluir
  49. Olá Lidiane!
    Em primeiro lugar, elogiar a tua criatividade, layout da página e detalhes que dão um toque especial ao blog. Nitidamente características de artista.Não tenho blog, mas com as explicações que você apresentou, se tem uma clara noção do passo a passo de como montar um. Nunca imaginei que fossem necessários tantos cuidados com a criação de uma página, principalmente sobre a responsabilidade da postagem de um comentário de outra pessoa, caso possa ofender alguém. Outro ponto são as inúmeras possibilidades de ferramentas oportunizadas pelos meios eletrônicos. quando escreves da superação do orkut, pelo facebook e que já tem ferramentas para substituir o facebook, peço se já tem alguma ferramenta que substituiria o blog? De qualquer forma, é uma maneira incrível de conseguir fazer chegar aos outros nosso ponto de vista, ou algo que queremos apresentar aos demais.
    ah, a técnica de utilizar o sal no teu trabalho foi muito interessante, não tinha visto.
    abraços
    Neiva Braun Lugoch
    Polo Três de Maio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Neiva, tudo bem?

      Acredito que o blog sempre se reinventa, principalmente pelo tempo que ele já está na web. Existem plataformas maiores, como Blogger e Wordpress, e menores, como o Tumblr, mas elas parecem resistir às outras redes e continuam produzindo conteúdo. Não vejo, no momento, o blog sendo substituído, mas se reinventando - como sempre fez.

      Abraços!

      Excluir
  50. Olá Lidiane!
    Espero que esta oportunidade de interação conosco, estudantes de Mídias na Educação, seja proveitoso para você. Achei seu blog muito interessante e criativo. Eu gosto muito de arte e pinturas. Meu nome é Leneci Cabreira Gonçalves e estudo no Polo Extremo Meridional, Santa Vitória do Palmar. As tuas reflexões, dicas e sugestões sobre o blog, que foi recomendado para leitura neste disciplina mostram vários caminhos que podemos seguir para obter sucesso com o mesmo. Realmente, esse trabalho exige dedicação e às vezes temos esses sentimentos de que não conseguiremos dar conta de tudo: fazer posts, estar sempre "alimentando" nosso blog; estarmos preparados para comentários desagradáveis e muitas vezes não ter retorno do trabalho com um público muito grande. Outro fato importante citado é o cuidado com a autoria de tudo que fizemos postagens. Gostei muito da dica de sugestão de leitura aos visitantes através de comentário e depois a disposição de link, como também de como obter a autoria de imagem. Eu possuo um blog Educacional também; já desenvolvi um projeto sobre violência escolar por meio dele. O nome do meu projeto foi Educar para a Paz: Bullying. Amei desenvolver o projeto através dessa ferramenta, mas depois não tive muito sucesso com o mesmo. Eu desenvolvo um Show de Talentos nas escolas em que trabalho ( sou professora de Língua Inglesa); nesse show os alunos cantam, alguns tocam instrumentos e dançam. Eu utilizei o blog para desenvolver o trabalho dispondo os links dos vídeos das músicas no ano passado. Pretendo fazer o mesmo este ano, mas o que acontece é apenas visualização do material. Eles preferem mandar vídeos e organizar o show através do facebook. O endereço de meu blog é novasideias-leneci.blogspot.com. Eu criei este blog como estudante de outra Pós Graduação ( TIC EDU). Em meu blog eu faço a moderação dos comentários, mas até o momento não tive problemas com nenhuma postagem que não fosse pertinente aos assuntos abordados. Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Leneci, o contato com vocês tem gerado grandes aprendizagens para mim, com certeza.
      Sobre os alunos utilizarem o Facebook em vez do blog, em vez de desconstruir essa lógica, tenta investir mais no próprio Face, criando uma página para o Show de Talentos, assim os estudantes permanecem numa plataforma que estão habituados a utilizar e o trabalho acaba tomando corpo, sem ficar fragmentado entre dois espaços.

      Abraços!

      Excluir
    2. Obrigada pela sugestão. Os alunos já me adicionaram no facebook em Grupos de Turmas da Escola, onde trocam ideias, comentam sobre trabalhos e datas de avaliações. Gostei da sua sugestão...não havia pensado nisso. Obrigada querida!
      Leneci- SVP

      Excluir
  51. Oi Lidiane! Li seus textos, gostei muito, principalmente da linguagem simples e acessível que usa fazendo fácil a compreensão dos mesmos, tenho aprendido muito nessa pós e nessa disciplina não foi diferente, meu filho já criou um blog, me disse que era muito fácil mas não me disse como fazia. Quando eu disse: - Estou estudando o que é um blog ele disse recém! E ele tem 13 anos. Não sou da geração nativa da internet, mas da que se esforça e corre atrás para aprender algo. Minha experiência com blogs está iniciando nesta disciplina, percebi quanto você é cuidadosa e atenciosa com seu publico, usa uma linguagem objetiva, percebi também que uma das funções do blog é a interatividade, pois o mesmo permite que as pessoas troquem experiências.
    Procuro enriquecer meus planos de aula pesquisando sugestões de atividades para a sala de aula, vou ao google e procuro pelo tema mas nunca me dei conta se é em site ou blog, e minha duvida é: Qual a diferença de blog e site?
    Maria Sirlei Perassolo Polo Três de Maio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria Sirlei, tudo bem?

      Tem um texto muito bom e bastante informativo sobre as principais diferenças entre blogs e sites neste link aqui: http://projetual.com.br/as-principais-diferencas-entre-sites-e-blogs/

      Espero que continues descobrindo o mundo virtual e dê uma aula para o teu filho, com todas as aprendizagens que adquirires. ;)

      Grande abraço!

      Excluir
  52. Oi Lidiane,
    É a minha primeira postagem, mas já tive duas tentativas fracassadas, de bobeira...
    Quero te dizer que estou curtindo muito seu blog, nunca havia interagido com ninguém em blog, hoje percebo quantos recadinhos poderia ter deixado, de agradecimento... Não porque não percebia que tinha espaço para comentários, não, mas porque não tinha despertado. E vc me conquistou, és uma blogueira muito carismática...
    Também estou curtindo muito os teus comentários acerca das tuas obras.Acompanhei que suas exposições são quase que diárias, tem sempre coisa nova na casa.
    Nossos professores foram felizes em terem nos dado esta oportunidade tão prazerosa...
    Das tuas obras, a que gostei mais até agora foi aquela que deu meleca de sal, que pelo nome imaginava algo do Universo, mas analisando bem, com a mistura das cores, imaginei as estrelas... Gostei muito da tua maneira de contar sobre o fato, na verdade o errado deu certo...Também não conhecia a técnica do sal. E a que eu vi hoje, a reprodução da foto, nossa, ficou linda...
    Gostaria de te perguntar, como te inspiras para esta produção?
    Se contar o segredinho, posso reproduzir o chazinho, tomar e quem sabe.... Será que tenho alguma chance? Sou aquela pessoa que só consegue fazer casinha a partir de formas geométricas..
    Grande abraço e parabéns....

    MARISA MUNIZ - POLOSAP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marisa, tudo bem? Obrigada pelo carinho, muito fofo o teu comentário *-*
      Eu trabalho sentadinha ao lado da professora Zélia, todos os dias hehehe, somos colegas de trabalho e ela é uma pessoa muito especial pra mim, e que tenho um carinho imenso. Fico feliz que estás gostando de interagir aqui.
      Aquela obra melecada deveria ter reproduzido uma galáxia no cabelo da menina, mas deu pra ver que não deu certo... mas muitas pessoas gostaram dela por isso mesmo, porque não tive medo de dizer que errei, e que valeu a experiência. E acho que este é um dos grandes baratos do blog, aqui costumo dividir estes momentos, os processos, que também são de aprendizagem.
      Como faço para me inspirar? Muita coisa me inspira, mas o principal é que montei um ambiente de trabalho aconchegante, que me "desliga" do restante do mundo, para que eu possa ilustrar. Também uso o Pinterest para procurar imagens legais.
      Eu acredito que todos podem ser "arteiros", pois arte é produto do ser humano, então é só colocar a mão na massa!

      Um grande beijo, obrigada pelo carinho!

      Excluir
  53. Bom dia Lidiane. Visitei seu blog e os materiais dispostos nele são muito interessante. Li seu texto Produção de Conteúdo na Web e achei muito interessante, pude ver com outro olhos os blogs e ter uma ótima noção de construção dos mesmos. Seu trabalho é belíssimo, parabéns. Estou muito contente pela oportunidade que estou tendo de conhecer melhor seu trabalho. Não tenho blog, pois confesso, que me encaixo em algumas das características que citastes, como acreditar não ter tempo, mas que como bem dissestes é questão de prioridade.Sei que é uma ferramenta muito importante nos dias atuais, mas também tenho receio de ser apenas mais uma página na Web, penso que para se criar um blog tem que realmente haver um bom conteúdo, como o seu, e não apenas uma página cheia de mimimis. Seu texto é simples e direto, com dicas simples, mas que fazem toda diferença. Gostaria de saber onde buscas esta inspiração ?que pelo que pude observar é quase diária ?Mais uma vez Parabéns pelo diferencial em seu trabalho, lindíssimo .Bjs Lihara Piccini
    Polo São José do Norte

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lihara!

      Obrigada pelo comentário e pelo carinho. Eu posto quase diariamente porque trabalho bastante, sempre estou fazendo ilustrações, sejam elas pessoais ou pagas. Divulgo as lojas, e sempre que vejo algo que me cativa, faço questão de dividir com os leitores, por isso sempre tenho assunto :)
      Como falei para a Marisa, logo acima, uso muito o Pinterest para procurar imagens bonitas, tenho a sorte de vários amigos também serem artistas e possuírem um trabalho que merece ser divulgado. Algo que aprendi com outros ilustradores que também têm blog é compartilhar os processos de realização de uma obra, até chegar à arte final. Isto desperta a curiosidade dos leitores. Às vezes faço isso em posts separados, em outras mostro tudo junto, como na última postagem.

      Um grande beijo!

      Excluir
  54. Olá Lidiane,

    Adorei a postagem sobre a ilustração que fizesses para o blog be model, estás de parabéns pelos lindos trabalhos!
    Não costumo postar comentários ou visitar blogs, nada contra, talvez por falta de costume mesmo.
    Não sei o que fiz de errado, mas ontem achei que tinha postado um comentário e não postei, perdendo assim tudo que já tinha escrito...
    Bom, depois que li o material disponibilizado na disciplina sanei algumas dúvidas que eu tinha e que foram bem úteis: A primeira delas foi a partir do tópico que fala dos trolls, que até então eu achava que era exageros contados "sem maiores intenções" entre conhecidos, para descontrair: "trolagem", mas depois que li sobre percebi que o assunto é bem mais sério do que eu pensava.
    Outro tópico que me chamou a atenção foi o tópico que explica como referenciarmos uma imagem da internet, que será muito útil e eu não sabia como era que fazíamos isso. Achei fantástico.
    Quanto ao uso de blogs na educação acho super válido, acredito que dará um trabalho imensa, mas é super válido, porém antes temos que pensar o que realmente queremos publicar antes de criar um.
    Lidiane Freitas - Polo de São José do Norte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lidi, tudo bem?
      Obrigada pelo elogio quanto à minha ilustração.
      Sim, a "trollagem" é um assunto bem sério e tem sido discutido cada vez mais na internet, com os sites criando mecanismos para filtrar conteúdo e evitar comentários ofensivos e preconceituosos. E se tu ler algum comentário nessa linha e quiser denunciar, basta marcá-lo como spam ou sinalizá-lo. Quanto mais sinalizações o comentário tiver, mais rápido é retirado do ar.

      Beijos!

      Excluir
  55. Olá Lidiane achei seu blog interessantíssimo eu li o texto que você publicou antes de visualizar o blog que por sinal é muito bom e esclareceu muitas coisas para mim, eu que nunca havia feito um comentário em nenhum blog antes, e quando visualizei o seu blog fiquei surpreendida com tanto talento, ao mesmo tempo que sua obra é suave tem um toque de fantasia com muito bom gosto, isso mostra bem o objetivo de seu trabalho, confesso que não consegui encontrar as dificuldades que você citou no texto pois seu talento com certeza afasta os trolls e supera os desafios de por em pratica um blog e com certeza sem dúvida alguma você o faz muito bem, pode ter certeza que seu trabalho veio acrescentar muito a nós estudantes do curso de mídias. Lidiane você mudaria radicalmente o tema e o estilo do seu blog?
    Josilene Barreto, Santa Vitória do Palmar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Josilene, tudo bem? Obrigada pelo carinho, são pessoas assim, como vocês estudantes de Mídias, que se interessam em aprender e compartilhar, que desejo ter aqui no meu espaço, de verdade.
      Eu não mudaria o tema ou estilo do meu blog, pois nele está meu trabalho com ilustração, que é minha maior paixão. É certo que ele já evoluiu muito, do começo até agora, mas não conseguiria falar sobre moda, por exemplo... todos os assuntos precisam estar relacionados às artes e à educação.

      Beijos!

      Excluir
  56. - Ceticismo Epistemológico, ético e Político;

    Olá Lidiane! Tudo bem?
    Estou simplesmente fascinada com seu trabalho, seu blog é simplesmente encantador e me fez ler e observar muitas de suas postagens. Fiquei impressionada com seu trabalho, a maneira como se comunica com seus leitores é simplesmente digna de muitos elogios. Seu vocabulário, a maneira como escreve, faz com que o leitor tenha vontade de continuar lendo, me senti presente e entusiasmada com tudo.
    No seu texto “Produção de Conteúdo na Web” deixa claro aos leitores como é simples e ao mesmo tempo complicado criar e manter um blog. Temos várias dicas importantíssimas em relação a postagens nas redes sociais e com certeza elas não puderam vir em melhor hora. Sempre tive muita vontade de criar um blog para postagens de atividades, curiosidades e exercícios relacionados à disciplina de Matemática e acredito que este é o momento certo para isso, me senti à vontade para fazer isso agora.
    Quero parabenizar o seu trabalho e quero lhe dizer que seu blog já está na minha listagem de favoritos. Parabéns!
    Abração,
    Daiane Elise Wolfart - POLOSAP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Daiane!

      Obrigada pelo carinho e pelo elogio, fico muito contente por conseguir passar, através do blog, os conhecimentos que adquiro a cada dia. Espero que a disciplina te anime a criar um blog par a disciplina de Matemática e que teus alunos gostem e interajam contigo.

      Abraços!

      Excluir
  57. Olá Lidiane,
    Parabéns pelo seu blog, a apresentação é harmoniosa conquista o visitante, nos textos você utiliza uma linguagem fácil de entender, o conteúdo é atraente.
    Li o material desta semana e achei bem interessante as dicas que tu compartilhaste, elas irão ajudar bastante nesta disciplina do curso. O material sobre redes sociais mostrou-me o quanto ainda tenho a aprender sobre o assunto, além disso preciso gostar, não tenho o hábito de ficar interagindo na internet, costumo realizar pesquisas para o meu trabalho ou para os cursos que participo, conheço poucas redes sociais das que tu falaste. Existem alguns blogs sobre educação que costumo visitar, são bem interessantes, tem outros que é uma poluição visual, por isso é importante saber como manter um blog com assuntos interessantes e bem organizado.
    Juliana Guatimosim POLO SAP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Juliana, tudo bem?
      Ótimo saber que os textos estão te ajudando, espero que cultives o hábito de interagir na internet, pois assim conhecerás várias pessoas com interesses em comum aos teus e enriquecer tua prática pedagógica.

      Bjs

      Excluir
  58. Oi Lidiane...

    Adorei teu texto... Como já falas teu texto tem uma linguagem que aproxima o leitor, fui lendo e queria ler mais... Fiquei fascinada por ter um blog, mas percebo que se precisa primeiramente ter tempo, ‘fôlego para postar’, gostar do que esta fazendo, e cativar bastantes seguidores, e claro saber sair dos constrangimentos e problemas que podem ocorrer...
    Achei teu blog, bem clássico, cores leves que aproxima o leitor aos teus textos, desenhos... e que são de uma delicadeza... Achei divino... Queria desenhar e pintar assim, rsrsrs.
    Tenho vontade de fazer um blog, colocando dicas de projetos de móveis, imagens dos móveis feitos na minha loja, novidades, promoções, mensagens em dias especiais... Mas ainda o tempo não colaborou. Além disso, são sei como começar... não sou uma ‘Express’ nas redes sócias... Mas tenho certeza que tuas dicas apresentadas no texto, e teu jeito de fazer o blog serão lembrados quando colocar esse plano em execução...

    Abraços,
    Gabriela Pereira
    Pólo de São José do Norte

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabriela!

      Quem sabe começas por uma Fan page no Facebook? Podes colocar as imagens dos móveis da tua loja, promoções, etc na página e atrair visitantes entre teus amigos virtuais. Dependendo do propósito, é preciso saber escolher a rede social e, no caso de uma loja, é importante que os clientes sejam atualizados e que teus produtos cheguem até o público alvo. Pensa nisso!

      Abraços!

      Excluir
    2. Obrigado pelas dicas Lidiane... Tenho uma Fan page no Facebook... Movelar Ambientes... e Já tenho falta de tempo para estar atualizando imagens... dou preferencia em responder os clientes... e algumas atualizações...
      Abraços

      Excluir
  59. Boa noite, Lidiane!
    Muito bom o teu blog e tuas produções são realmente muito lindas!!
    Gostei muito dos textos que escrevestes para a disciplina de “O uso de blogs, flogs, webquest na educação”, são textos que conquistam a atenção do leitor e informam com clareza o conteúdo proposto.
    O texto “Produção de conteúdo na web”, me permitiu refletir sobre algumas questões pertinentes. Primeiramente, me fez repensar a idéia de construir um blog, pois tenho duvidas quanto à criatividade de manter o blog atualizado e, ao mesmo tempo, atrativo para o público alvo. Embora sempre tenha gostado de escrever e até mesmo mantido o hábito de ter diários durante muito tempo em minha vida, acredito que um blog requer muito mais que gosto pessoal, mas principalmente atualização de conteúdo e de conhecimentos relativos à rede.
    Por outro lado, vejo que as dicas que trouxesse para auxiliar na manutenção de um blog, são importantes também para outros espaços, como as redes sociais. Gentileza nos comentários e cortesia em curtir outros blogs (aliás, gentileza e cortesia são importantes na rede e fora dela!), preocupação com a linguagem e com o layout; são aspectos que devem ser observados em outros ambientes da internet para garantir uma convivência harmoniosa também nas redes sociais.
    Outra dica importante foi de como encontrar os creditar corretamente as imagens encontradas na rede, este conhecimento é importante também quando precisamos colocar os referenciais utilizados em trabalhos acadêmicos.
    No entanto, embora ainda não me sinta preparada para construir meu próprio blog, acredito no potencial que estes tem ao serem utilizados na educação, como mediadores na formação de leitores e escritores conectados com a atualidade. E, gostaria de te parabenizar pela rica contribuição que trazes para educação com o material que produzes e divulgas em teu blog!

    Abraços,
    Daniele Pereira – POLO SJN

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Daniele, obrigada pelo carinho!
      Eu também tive o hábito de escrever diários ao longo da vida, e os blogs surgiram com este propósito, de diários virtuais. Ainda hoje muitos mantêm essa característica, porém a tendência é produzir conteúdo para fortalecer o conhecimento em rede. Também concordo que gentileza é importante dentro e fora da web e algo muito bacana de trabalhar com estudantes, principalmente quando o assunto é bullying.

      Grande abraço!

      Excluir
  60. Ufa! Desta vez postei certo... Lidi, sabe onde pode ter ido parar meus outros comentários? Se internet cair perco tudo? Onde será que errei?
    Bem no início com essa atividade de interagir com vc pensei que os professores talvez estivessem nos preparando para montarmos um blog, mas hoje penso diferente. Blog não pode só ser criado e deixado de lado: é como uma plantinha que precisa ser regada com determinada frequência... Lidi, a tua plantinha está viçosa e florida.
    Beijo Grande...

    MARISA MUNIZ- POLOSAP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marisa, todos os comentários teus que publiquei foram os que recebi. Se a internet cair perdes sim o que estavas escrevendo. Sugiro duas coisas: escreve tudo num documento do word ou bloco de notas e depois só cola aqui na caixinha de comentários. Ou então espera a página carregar por completo, se a internet for lenta o blog demora um pouquinho para ficar ok.
      Obrigada pelo carinho, sigo por aqui regando a minha plantinha ;)

      Beijos!

      Excluir
  61. Olá Lidiane! Muito lindo seu trabalho, a organização, o layout e o modo com que se expressa. Em resumo, totalmente condizente com suas dicas no texto disponibilizado.
    Sou professor de Física, penso que a criação de um blog para a interação com meus alunos e o compartilhamento de experiências, resumos, informações (links) seria algo excelente tendo em vista tornar o processo de ensino-aprendizagem ainda mais prazeroso e instigante. Porém, alguns fatores elencados em seu texto fazem parte de meu cotidiano e se tornam um empecilho. Apesar do uso contínuo da Internet para estudar (Curso de Mídias) e trabalhar (Tutoria do curso de Física UFSM e pesquisas), ainda não possuo blog, e quando criar um, terei de juntamente apropriar-me do hábito de blogar.
    Abraço.
    Douglas Cristiano Rossi, Polo de Três de Maio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Douglas, tudo bem?
      Não sei se chegaste a cursar alguma disciplina do Curso de Mídias com o professor Valmir, além de excelente professor ele possui um blog voltado para o ensino de Física e coordena o programa Jovens Talentos da Física, com muitas produções legais. Ele pode te dar muitas dicas de links e espaços virtuais interessantes, para acrescentar às tuas aulas. O blog dele é: http://profvalmir.blogspot.com.br/

      Abraços!

      Excluir
    2. Sim Lidiane, cursei. Agradeço o retorno e o link disponibilizado.
      Douglas, Polo de TM.

      Excluir
  62. Parabéns pelo seu trabalho e dedicação ao blog, é lindo!
    Confesso que ao ler seu texto para a disciplina do nosso curso, fiquei tentada a criar um blog, na verdade já vinha pensando sobre o assunto antes, pois trabalho com o Projeto Mais Educação na minha Escola e achei que a ideia de um blog para divulgar nossos trabalhos e atividades poderia render parcerias que nos ajudassem a desenvolver outras atividades culturais e pedagógicas.Já criei até um logotipo para o projeto, usamos nas camisetas e baners da Escola e pretendo que este logotipo seja nossa “marca registrada”.
    Por outro lado sei que manter um blog atualizado dá trabalho, necessita habilidade e tempo para ter sempre novidades e atrativos para os leitores, e isso é o que menos tenho no momento, ainda mais agora com os preparativos do TCC!!!
    Sei que não devemos desanimar na hora de escrever, mas como gosto de entrar de cabeça nas coisas e quero realizar um projeto bem pensado, vou guardando minhas ideias para quando eu puder me jogar!!!
    Também li que temos que criar hábitos...Entrar no face todo dia um poquinho enquanto abro a plataforma do moodle já é um dos meus! Por equanto vou treinando, e como devemos ser sucintos, vou me despedindo!
    Abraço.
    Jassanan Eberhardt dos Reis
    Pólo de Santo Antônio da Patrulha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jassanan, tudo bem?
      Eu criei o blog durante a escrita da dissertação e posso dizer que, sem ele, não teria chegado até o final. Conheci tantas pessoas e tive tantas experiências que me enriqueceram e enriquecem até hoje... e agora que estou prestes a tentar o doutorado, novamente recorro ao bloguinho, revirando seus arquivos e escrevendo posts frequentes para treinar a escrita. Pode ser que, criando um blog agora, ele te ajude muito no TCC!

      Beijos!

      Excluir
  63. Oi Lidiane, você está de parabéns, seu blog é muito criativo, com ilustrações lindíssimas e os textos são acessíveis e de fácil compreensão.
    O texto que foi disponibilizado com o titulo “Produção de Conteúdo na Web” aborda os aspectos importantes de como criar e manter um blog com sucesso. As experiências vivenciadas por você em seus blogs demonstram que devemos ser persistentes e gentis com os visitantes, estar sempre atualizado, ser criativos e os textos com uma linguagem simples e de fácil compreensão.
    Tenho acessado alguns blogs e sites que trazem sugestões de atividades para a educação infantil. Além disso, Quando trabalhei em uma escola do Ensino Fundamental acessava o blog organizado pela supervisão da escola, onde eram postados fotos dos projetos organizados pelos professores, postagens de trabalhos dos alunos, eventos festivos, informações e noticias do interesse da comunidade escolar.
    Acredito que os blogs podem despertar a criatividade e o interesse dos alunos, oportunizando momentos para criarem e recriarem, construindo novos conhecimentos, de forma lúdica e prazerosa.
    Helian Maria Mallmann
    Polo de São Lourenço do Sul

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Helian! Obrigada pelo carinho, continue acessando seus blogs favoritos pois, no futuro, se quiseres criar um pra ti, já terás conteúdo para a seção "Blogroll", que compila os links recomendados pelo blogueiro.

      Abraços!

      Excluir
    2. Olá Lidiane...
      Muito interessante seu blog, adorei suas postagens, textos pois algumas alegres lindas outras emotivas mas também cativantes que despertam a curiosidade e emocionam, pouco tive acesso aos blogs ate hoje, apenas buscava conceitos voltados a conteúdos de sala de aula, mas diante de seu trabalho adorei e surgiu ai a ideia de criar um blog para nele discutir e interagir com meus alunos fazendo com que cada uma possa expressar suas angustias e dificuldade bem como alegrias, pois percebi a fácil forma de interação social por meio do blog....parabéns pelo trabalho realizado....
      Abraços.
      Silvane Cavalli - Polo de Três de Maio.

      Excluir
    3. Oi Silvane, obrigada pelo carinho! Posso te garantir que a interação com os estudantes terá um grande e positivo acréscimo após criares um blog. Vale a pena.

      Bjs!

      Excluir
  64. Olá Lidiane!
    Sou Liliane, aluna do curso de Especialização Mídias na Educação
    Você está de parabéns pelo trabalho e pela dedicação!
    É a primeira vez que comento em um blog e estou adorando! Na verdade conheci realmente o que é um blog, quando ingressei neste curso de especialização.
    Lendo o conteúdo do seu texto “Produção de Conteúdo na Web”, percebi que realmente, nos dias de hoje, nos falta tempo para fazermos tudo o que queremos e certas coisas nem queremos tanto assim, mas devemos... E quando estamos enfrente ao computador, muitas vezes, na empolgação de criar e desenvolver trabalhos, o tempo parece passar muito mais depressa. Mesmo assim, todo o tempo utilizado em rede, é válido, por que o alcance dos resultados parece não ter limites...
    Todas as suas dicas mencionadas são muito relevantes, pois quando se trata de rede/ internet todo o cuidado é pouco, e é preciso sim, seguir algumas regras. Em muitas situações, quando publicamos algo na rede, damos o nosso melhor, e mesmo assim para muitas pessoas o material postado pode parecer não muito interessante.
    Fiquei com muita vontade de criar um blog e interagir com meus alunos. Atuo na área de Ciências e acredito que seria bem relevante desenvolver um trabalho com eles dessa maneira, mas estou consciente, graças as suas dicas, que para isso, primeiramente é preciso me organizar, para então ter condições de desenvolver um bom trabalho.
    Obrigada pelas dicas,
    Abraço!
    Liliane Duarte Timm
    Polo São Lourenço do Sul

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Liliane, tudo bem? Ter tempo para o blog ou para outras redes sociais, assim como para a leitura, a escrita, a pesquisa, um trabalho manual... é questão de criar prioridades e manejar melhor nosso tempo, ter uma visão de que os momentos dispensados ao blog não são desperdício, mas sim uma fonte de aprendizado.

      Abraços!

      Excluir
  65. Olá

    Silvia Maria - Polo SAP

    Em nossa escola geralmente no fim de setembro ou início de outubro acontece a GINCANAPAST, já estamos na XI. Para cada gincana é feito um blog, o qual é bastante acessado neste período, pois os alunos querem ficar por dentro das provas que estão acontecendo. Depois de olhar seu blog percebi que é possível dar uma boa melhorada nesse espaço dedicado à gincana, colocar um design que destaque mais a escola, fotos dos alunos realizando as provas, ou seja, não apenas o escrito, mas torná-lo dinâmico e interessante para quem acessar.

    Penso que a possibilidade de deixar uma mensagem ou sugestão também é uma forma de estar percebendo o que está sendo positivo e ainda melhorar o que se faz necessário.

    Agradeço pelas dicas e sugestões que certamente irão ajudar a cada um de nós cursistas.

    Link para o blog da gincana http://gincanapast2013.blogspot.com.br/

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Silvia!

      Que tal criar um único blog para agrupar todas as gincanas? Esta ação deixaria todas as atividades num único endereço e seria mais fácil para manter os seguidores atualizados. Além disso, o blogger costuma desativar blogs antigos que não possuem mais acessos ou atualizações.

      Abraços!

      Excluir
  66. Olá!
    Lidiane, quando você comenta no seu texto Produção de Conteúdo na Web, sobre “Como manter o fôlego para postar no blog?”, me sinto como se estivesse fazendo uma leitura minha particular do dia-a-dia. Trabalho, aula para preparar, casa, comida, marido, filhos, cachorro...e aí vai. O tempo passa e fica-se sem tempo. Você cultivou o hábito de blogar e eu ainda nem cultivei o hábito de pesquisar em blogs e muito menos de “estar na rede” todos os dias. Será que estou fora da realidade ou sem tempo? Gosto da sua maneira de se expressar no texto. Quando leio seus comentários me parece que somos amigas de muito tempo. Sua escrita é simples e sincera. Na sua explanação do texto sobre sejam gentis é narrada uma cena onde: “aparece um leitor disposto a excomungar até a 8ª geração da sua família.” Eu diria que na vida real é a mesma coisa, ou seja, muitas vezes não temos aqueles amigos que nos excomungam até a 5ª geração? E nós chamamos de amigos e que amigos!!! Ser gentil como você destaca é uma arma poderosa que desarma qualquer um. Mas, se sua paciência é limitada, como a minha, aceito sua sugestão; bloquear e não alimentar trolls. Creditem: gosto e muito quando aparecem reportagens interessantes e atuais sobre diferentes assuntos, entre eles, os educacionais que poderemos compartilhar com colegas, alunos, amigos... Mas, Lidiane, vale a sua recomendação: “nada mais constrangedor do que conteúdo copiado e sem os devidos créditos.” É plágio puro! Gafes no mundo virtual, para mim, não deixam de ser a mesma situação que na vida particular de cada um. Não é? Claro que é!!! A retribuição de visitar e comentar em um blog é cortesia em qualquer lugar do mundo e em qualquer situação, na vida profissional, social, estudantil,..... Inspirar-me em outros idiomas, o Blogovin, eu diria que ainda não me aventurei, sou tímida, muito tímida. I don’t speak english. No hablo español. Agora criar pastas no computador, com imagens interessantes, sou fã número um. Adoro fazer minhas postagens e inserir imagens em trabalhos, atividades escolares, apresentações em Power-point. Dá um up em qualquer atividade. Atualização é um dos itens que procuro ir atrás, principalmente em alguns portais. Portais e cursos voltados à educação são meu fraco. Gosto e procuro me cadastrar em todos eles. Com isso, minha caixa de entrada de e-mails está sempre lotada. Ufa, Vania! Rascunhar: rascunho sempre e não é qualquer postagens que coloco nas redes. Não gosto de me expor, Se for para desabafar, com certeza, não será pela internet e em redes sociais. Dedicação e comprometimento como tudo na vida são os primeiros passos para o sucesso de qualquer empreitada, assim como também, em um blog. Estética: diz o ditado que o menos é mais e procuro seguir a risca. Assim, também, em um blog com menos cores chamativas, propagandas, animações, imagens, vídeos... Portanto, a criação e utilização de um blog podem ser feitas de maneira harmoniosa e coerente dependendo, é claro, de quem o escreve. Para finalizar quero parabenizá-la pelo seu blog é encantador sua criatividade tem um diferencial marcante como mostra suas postagens. Parabéns e sucesso para você.
    Abraços, Vania.
    Aluna: Vania Paiva Golgo
    Polo: SAP – Santo Antônio da Patrulha


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vania, tudo bem? Muito legal o teu comentário e todas as conexões que conseguiste estabelecer com a tua própria vida. Eu não diria que estás fora do tempo pois, como concordamos, é uma questão de hábito, e até criares este em específico, de estar nas redes, vais ficar com essa sensação. Mas buscar informações em portais é uma ótima pedida, pois neles há uma preocupação muito grande com a fonte de cada notícia, além de te manter por dentro das ofertas de cursos e eventos na tua área.

      Um grande abraço!

      Excluir
  67. Oi Lidiane tudo bem??
    Adorei conhecer seu blog, é muito atrativo e suas ilustrações são muito criativas e lindas, esta última da Be Model ficou lindíssima com as manchas em aquarela... me recorda as aulas da faculdade de artes, adorava pintar com aquarela. Gostei muito das suas dicas sobre como criarmos um blog . Ainda não tenho mas gostaria de criar um blog sobre artesanato que adoro e faço bastante. Gostei muito da parte em que você fala sobre aceitarmos e compreendermos as críticas e não desanimar frente aos primeiros desafios, quanto a ser gentis sempre, retribuir visitas, sobre estética e tudo mais. Suas dicas são excelentes e de fácil entendimento nos auxiliando bastante. Gostei muito da estética do seu blog, da harmonia cromática de suas ilustrações, e de todas as informações contidas. Espero conseguir fazer um blog lindo e interessante como o seu. Abraços.
    Elisangela Maria Schreiner, polo de Três de Maio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elisangela, muito obrigada pelo carinho, viu?!
      Existem muitos grupos no Facebook e no Flickr para quem faz artesanato, além de fóruns nos sites Tanlup, Elo7, Airu... dá uma olhada, acho que vais gostar bastante.

      Um grande beijo!

      Excluir
  68. Olá Lidiane!
    Lindos os teus trabalhos, fiquei maravilhada. Parabéns pelo blog e pelo teu trabalho. Desejo-te sucesso.
    Com relação à matéria desta semana, ¨ Produção de Conteúdo na Web¨, gostei muito das dicas para manter um blog. O material desta disciplina é muito interessante. Costumava a acessar alguns blogs pessoais, e realmente de início os donos eram bem ativos, mas com o tempo pouco postavam o que me decepcionou muito. Algumas das dicas que você aponta como escrever em uma linguagem acessível, em ter ética para com as informações aos leitores e em postar os créditos em detectei em meus acessos aos blogs.Como também já postei um comentário e primeiro precisou passar pela autorização o dono do blog, mas sem problemas foi postado. Tenho o costume de acessar blogs é uma forma de interação, e saber de como outras pessoas se relacionam com tal conteúdo de interesse mutuo, claro além de muita informação e troca de informação. Todo blogueiro tem a necessidade de atualizar-se, de trocar ideias com outros blogueiros. Muito útil as dicas de como creditar os créditos de uma imagem, sanou uma dúvida minha. Por fim, adorei essa disciplina e tuas dicas são preciosas.
    Abraço.
    Carmem Lemos da Silva.
    Polo de São Lourenço do Sul.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carmen, fico feliz que as dicas tenham sido úteis e que encontraste, no teu cotidiano, situações semelhantes às que elenquei nos textos.

      Obrigada pelo carinho, um grande abraço!

      Excluir
  69. Olá, Lidiane

    Primeiramente gostaria de te dar parebéns por seu blog, você utiliza uma linguagem muito clara e objetiva, isto foi uma das coisas que chamou minha atenção nas suas dicas no texto, acho que a linguagem que se usa as vezes prejudica o sucesso do blog, tenho vontade de utilizar esta ferramenta para me comunicar com meus alunos e trocar experiências com outros profissionais, mas como você mesma comentou esta atividade requer tempo e dedicação então penso que neste momento não daria muito certo, preciso amadurecer melhor a ideia e também conhecer mais a respeito de blogs, gostaria de perguntar referente as licenças, elas são gratuitas? qual a mais indicada para utilizar inicialmente, pois citou mais de uma.
    Adorei suas ilustrações!
    Débora Mônego- Santo Antonio da Patrulha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Débora, tudo bem?
      Todas as plataformas têm suas versões gratuitas. O Blogger é totalmente gratuito e um dos mais fáceis de mexer. Já o Wordpress tem uma conta gratuita e outra paga, mas é preciso fazer atualizações periódicas. Por gosto pessoal e experiência própria, recomendo começar pelo Blogger.

      Abraços!

      Excluir
  70. Olá, Lidiane!!

    Parabéns por teu blog! És uma ótima escritora: coerente, acessível e didática!

    Após ler teu material, até fiquei com vontade de criar um para mim... hahaha
    Mas, como é necessário escrever e publicar frequentemente para mantê-lo, não o faço, pois estou com pouquíssimo tempo disponível (sem mencionar que não sou muito criativa quando se trata de layout e design). Admiro muito quem tem um, consegue manter e não perde o ânimo.

    Encantei-me com teus desenhos, especialmente o de capa do blog: http://www.lidydutra.com/search/label/Sugar%20Skull
    De onde sai tanta criatividade?

    Mais uma vez, parabéns por teu trabalho, e muito sucesso! =)

    Melissa Smaniotto
    Polo Santo Antônio da Patrulha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Melissa! Que comentário fofo, adorei o carinho *-*
      Eu me inspiro muito na cultura mexicana do Dia dos Mortos, e numa artista norte americana chamada Sylvia Ji, que tem um trabalho lindo. Sou tão apaixonada pelas Catrinas (Sugar Skull) que tenho até uma Monster High assim rsrsrs.

      Grande beijo!

      Excluir
  71. Oi Lidiane!
    Meu nome é Elisângela e sou aluna de mídias do Polo de São José do Norte. Gostei muito do seu Blog reflete toda sua paixão e conhecimento pela arte, quanto às ilustrações são belíssimas com inspiração contemporânea, mulheres com um olhar relevante, sensuais sem perder a inocência e o bom é a possibilidade de ter suas obras estampadas em bolsas, capas para celular, ou seja, a arte está cada vez mais próxima de seu público, e não somente penduradas nas paredes.
    Faço uso dos blogs para me atualizar e buscar inspirações para os trabalhos da pós, assim como para as atividades do meu cotidiano. O que eu observo é que alguns não se preocupam com a revisão dos textos postados, muitas vezes estes mesmos são cópias idênticas de blogs mais conceituados.
    Esta disciplina na qual estamos participando surgiu na minha vida, no momento certo, pois estou com o desafio de criar um blog para uma instituição educacional e o mais importante mantê-lo, certamente seguirei suas dicas em “Produção de conteúdos na web e weblog – matéria da semana passada”. Atualmente, estou visitando alguns tutoriais sobre criação de blogs no youtube, bem como estudando bastante sobre esta ferramenta virtual, fundamental, para que a escola divulgue seus projetos e interaja com educadores, pais e alunos, para isto é necessário que tenha uma linguagem formal e acessível a todos, pois a intenção é” saber utilizar a linguagem a nosso favor”.
    Um abraço e parabéns pelo seu trabalho!
    Elisângela T Rei Polo SJN

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elisângela, muito obrigada pelo carinho e pelo comentário!
      Faço questão de recomendar dois autores para ajudar nas tuas pesquisas: a primeira é a Raquel Recuero, professora da UCPel e uma das primeiras pesquisadoras sobre redes sociais no Brasil. E o outro é o Alex Primo, da UFRGS, que possui grupos de pesquisa sobre blog e vários artigos com este tema.

      Abraços!

      Excluir
  72. Olá Lidiane!!
    Fiquei admirada com o seu trabalho, adorei os desenhos da Ana e Carol, e as pinturas dos mesmos. Vejo também que por mais que esteve em um momento de recuperação pós cirúrgica, conseguiu realizar seu projeto, devido observar que faz com prazer. Fiquei curiosa, você faz os desenhos a partir de fotos ou o(a) modelo deve estar pessoalmente no momento do desenho??
    Quanto você cobra por desenho? Seja ele só feito em grafite?
    Ao ler o seu texto, percebo que realmente é um desafio ter um blog, ter dedicação, cuidado e responsabilidade.
    Parabéns pelo seu trabalho.
    Luciana Patricia Schumacher Eidelwein
    Polo Três de Maio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luciana, tudo bem? Obrigada pelo carinho, viu?!
      Respondendo às tuas perguntas: eu desenho a partir de fotos, porque a maioria dos meus clientes me encontra pela internet mesmo, dificultando o contato ao vivo, mas já desenhei muito modelo vivo durante a faculdade hehehehe. As ilustrações têm preços diferentes, conforme o desejo do cliente, se quiseres mais informações, me manda um e-mail: lidiane@lidydutra.com

      Beijos!

      Excluir
  73. Olá Lidiane,
    Gostaria de parabenizar o teu trabalho e dedicação, achei super interessante o teu blog, com imagens, textos curtos entre as imagens, links para acesso e design. Além da tua paixão pela arte, escreves muito bem, minha leitura foi aconchegante. Não entendo sobre este ambiente virtual, mas acho legal essa oportunidade para cada um libertar-se, apresentando seus gostos, relacionando-se com pessoas com gostos afins e ajudando pesquisadores como eu que ao fazer uma pesquisa na internet sobre determinado tema, confio muito no que o blogueiro escreve. Lendo teu texto, compreendi sobre a responsabilidade em ter um blog, pois a partir do momento que o blogueiro cativa seu público alvo, manter frequentemente postagens sobre o mesmo assunto requer criatividade!
    Obrigada pelas dicas!
    Abraços

    Aline Portantiolo
    Polo - São José do Norte

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline, obrigada pela visita!
      Até chegar nesta configuração de postagem, levei um tempo... no começo eu mal dava as caras no meu próprio blog! Mas entendi que, para cativar o público e conquistar clientes para meus trabalhos, precisava me colocar. E aqui estamos nós, vivendo essa experiência no Curso de Mídias!

      Abraços :)

      Excluir
  74. Olá Lidiane
    Quando comecei a ler o material disponivel"Produção de conteúdo na Web" comecei a "pegar" gosto pelo conteúdo.Pela maneira simples do conteúdo, pelas dicas de como manusear um blog enfim, para ser sincera, nunca tive muito contato com essa ferramenta.Mas com essa dicas e o blog o qual se tem inumeros comentários (onde tenho curiosidade em ler todos de uma só vez) estou convencida da sua importância.Quero parabenizar a professora pelo material divulgado e acredito que com material assim, qualquer disciplina se torna atraente.Tenho vontade de criar um blog assim que tiver uma oportunidade.
    Um abraço!
    Darli Schneid Redmer
    Polo:São Lourenço do Sul

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Darli! Os professores e eu ficamos muito felizes com o teu feedback. Espero que cries um blog e possas continuar o ciclo de aprendizagens iniciados com o Curso de Mídias.

      Beijos!

      Excluir
  75. Olá, Lidiane!
    Estou maravilhada com essa disciplina, pois meu trabalho de conclusão do curso será sobre blogs. Estou salvando todos os textos para usar como referência e assim aumentar o corpus teórico do trabalho.
    Trabalho com blogs com meus alunos do 2º ano do ensino médio, nas disciplinas de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira. As postagens envolvem assuntos que estamos trabalhando em sala de aula, como resenhas, livros, críticas etc.
    O material dessa semana da disciplina me ajudou muito a melhorar essa ferramenta com os alunos, aperfeiçoando os blogs deles, principalmente no que diz respeito a referenciar imagens retiradas de sites, design, o conteúdo e o modo de postar e interagir com os visitantes.
    Em relação ao seu blog, achei muito bonito e interessante. As imagens disponibilizadas e o teu trabalho são belíssimos. Teu blog também me ajudou a levar ideias para os meus alunos.
    Abraços

    Gracieli de Brida – polo São José do Norte


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gracieli!

      Dá uma olhada no Skoob, é uma rede social feita por e para leitores. É possível criar uma estante virtual e fazer resenhas, avaliar autores e obras, trocar livros... é bem interessante e dá para ter contato com blogs de literatura, nos quais os blogueiros (geralmente muito jovens) compartilham suas impressões sobre os principais livros que a garotada gosta de ler. É bem legal!

      Beijos

      Excluir
  76. Boa Noite Lidiane, li seu material disponível na plataforma, achei seu trabalho fascinante e lendo seu texto me deu vontade de criar um blog para mim, mas se eu criar um será sobre moda que gosto de estar sempre ligada. Gostaria de saber de onde veio essa paixão por desenhar e quando surgiu a ideia de montar um blog e expor sua arte?
    Parabéns pelo blog e o material exposto nele.
    Um forte abraço!!
    Daniela Oliveira da Silva
    Polo: Santa Vitória do Palmar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Daniela, tudo bem?
      Então, minha paixão pelo desenho é antiga, me acompanha desde criancinha. Sempre desenhei, recortei papéis, criei personagens. Na hora de escolher a faculdade, não tive dúvidas que seria Artes Visuais. :D
      A ideia de criar o blog surgiu no segundo ano do mestrado, pois tive que escrever o projeto de qualificação e fiquei travada. Aproveitei para divulgar meus desenhos, e hoje além do lado "acadêmico", também sou ilustradora freelancer. Tudo graças ao blog!

      Beijos!

      Excluir
  77. Olá, Lidiane!
    Gostei muito do teu blog. Mostras dois mundos que tenho pouco ou nenhum convívio: blog e desenho. Achei um universo interessantíssimo, mas, como dizes, demanda tempo, dedicação e gosto pelo que se faz. O texto “Produção de Conteúdo na Web”, muito bem elaborado, por sinal, deu uma ideia geral do desafio que é produzir e publicar em um blog. E, se pensarmos em um blog educativo, a responsabilidade ainda é maior pelo público que se pretende atingir. Além disso, aceitar as críticas que certamente virão e lidar com elas deve ser bem complicado. Portanto, já começo a admirar teu trabalho pela seriedade e competência com que o desenvolves. No decorrer da leitura surgiram muitas dúvidas e gostaria que, neste momento, pudesses dar uma dica de como inserir um link em um texto direcionando para uma página da internet. Esta é uma habilidade necessária para, num futuro próximo, fazermos citações “de forma elegante”, entre outras utilizações didáticas. Outra questão: quais seriam as vantagens do trabalho com blog em ralação ao facebook no trabalho escolar com as crianças de Ensino Fundamental Séries Iniciais, na tua opinião? Grata pela oportunidade de interagir contigo e parabéns pelo trabalho.
    Um abraço.
    Clarisse Rosa Holz
    POLO SLS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Clarisse, tudo bem?

      Para criar um link que direcione o leitor a um texto na web, no Blogger, basta selecionar a palavra e clicar na opção "Link" na caixa de postagem. É bem fácil. No Wordpress eu não sei, pois não lembro como é o editor.
      Para crianças das séries iniciais, dê preferência ao blog, pois existe um limite de idade para entrar no Facebook (13 anos), além dele ser bloqueado em algumas instituições. Já o blog é de acesso livre.

      Um grande abraço!

      Excluir
  78. Olá Lidiane, como vai?

    Gostei muito de suas dicas sobre como criar um blog e sugestões de postagens, acho que nos dias de hoje o blog é como se fosse um diário aberto, onde podemos expressar o que sentimos, e até mesmo levar curiosidades para quem o lê, achei muito importante o que tu disse, que blogar é um hábito, concordo contigo, penso que quando se tem um blog ainda mais nos dias de hoje é como se fosse parte da rotina ir lá e fazer postagens, e se usássemos esse recurso para educação seria muito bom, pois os jovens tem convívio diário com este mundo que é internet. Seria um modo diferente do jovem aprender, e tudo que é diferente chama mais atenção do que o convencional, do velho quadro negro.

    Além do mais é uma forma de interagir com as pessoas, o que acho que é muito bom, saber o que os outros pensam, sempre os ajudando com novas postagens, que para uns não pode ser importante, para outros é um novo modo de ver o assunto abordado pela postagem.

    Abraços!!
    Deise J. Lemke
    Polo de São Loureço do Sul

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Deise, tudo bem?
      Acredito que, hoje em dia, o blog se tornou mais do que um diário virtual, mas uma fonte de informação e compartilhamento de saberes. Fico feliz que os conteúdos estejam reverberando na vida de cada um de vocês, estudantes de Mídias.

      Abraços!

      Excluir
  79. Olá Lidiane, é um prazer visitar seu blog e conhecer seu trabalho!

    Costumo visitar blogs quase que diariamente, sempre buscando novidades na área da educação, sabemos que os blogs são muito ricos em conteúdos, novidades e é claro de criatividade de seus produtores.
    No primeiro semestre de 2012 a pedido de um professor da graduação que realizo, fiz um blog, meio que desajeitada, sem entender as ferramentas disponíveis, mesmo assim amei a ideia do blog e fiquei muito animada com a possibilidade de compartilhar meu trabalho, mas com o tempo parei de postar, raramente visito-o e confesso que a falta de experiência na utilização de suas ferramentas seguida de tantos afazeres que tenho diariamente (família, trabalho, cursos enfim...) acabei desistindo, mas confesso às vezes sinto muita vontade de voltar a atuar. Como mencionado no texto do curso é muito difícil mantermos o fôlego para tantos afazeres de nossa vida diária, mas devemos procurar nos organizar e tentar "dar conta" de tantas coisas.
    Gostei muito das dicas recebidas e com certeza serão de grande valia para quando voltar a atuar no meu blog.
    Já aprendi muito com o curso de Mídias e espero seguir aprendendo muito mais e assim poder utilizar meu conhecimento em favor da promoção de uma educação de qualidade e acessível a todos.

    Beijos.

    Marta de Souza Borges
    Polo de Santa Vit´roia do Palmar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marta, tudo bem?
      Tomara que as dicas te auxiliem a retomar o blog e que ele seja parte importante da tua pesquisa e da tua vida!

      Grande abraço :)

      Excluir
  80. Olá Lidiane. Sempre me preocupei com o que postar na internet, um pouco por medo de me expor e não ter bem claro o que realmente é correto nesse mundo virtual, ou seja, de que forma posso contribuir com meu trabalho ou posicionamento no mundo virtual sem ser invasiva, inconveniente ou até mesmo ter minha privacidade invadida. Há alguns anos atrás trabalhei em uma escola vinculada ao método do Positivo, onde tinha acesso ao portal com exemplos de atividades e jogos a serem trabalhados entre outros assuntos. Tinha também um espaço onde os professores podiam postar suas provas como sugestão para que outros professores pudessem adaptá-las a seu trabalho. Eu sempre me senti constrangida em participar desse espaço. Vejo os Blogs com um espaço semelhante e com menos privacidade. Sempre que faço pesquisa na internet e o assunto está em um blog eu não leio só que me interessa e sim tudo o que o blog oferece, observo que alguns nunca receberam nenhum comentário e expõem um conteúdo bem interessante, fico com vontade de comentar, mas me sinto sem coragem de fazê-lo. A partir de seus esclarecimentos estou me sentindo mais à vontade, sei que é importante ser coerente mesmo usando linguagem simples, ser gentil e ter sempre muito cuidado com o que se publica na internet. Sei que preciso estudar muito mais, a fim de me sentir segura com publicações na rede, a maioria de tudo que publiquei foi através das atividades deste curso de Mídias na Educação, e não é por acaso que essa é minha primeira vez a postar um comentário em um blog. Parabéns Lidiane pelo teu trabalho foi bem esclarecedor, fiquei bem a vontade ao escrever este comentário, sabe “Lidiane” para mim, representa verdade, carinho, sinceridade, comprometimento, serenidade... Me fez lembrar da minha Lidiane. Todos os valores que citei acima estão bem claros na maneira como mostras teu trabalho. Desejo-te muito sucesso.
    Maria de Fátima Cabreira, SVP

    ResponderExcluir
  81. Olá Lidiane
    Meu nome é Andréa, sou aluna do Curso de Mídias de Três de Maio, parabéns pelo seu blog, seu trabalho é maravilhoso, suas ilustrações tem estilo, personalidade e bom gosto. Gostei muito do seu texto abordando dicas e relatos de experiências sobre blogs, pude perceber o quanto essa ferramenta pode auxiliar o profissional de qualquer área a divulgar seu trabalho e interagir com outras pessoas, é uma outra forma de "estar no mundo virtual" ,construiindo um espaço singular. Aprendi muitas coisas, principalmente sobre a linguagem que pode ser empregada nesse espaço, dicas sobre os materiais que são de outras fontes e os trolls (não sabia que existia esse termo para se referir ao comentários indesejáveis que fazem nos blog). Além disso, me identifiquei com as pessoas que fazem um blog e depois acabam deixando de lado devido a tantas tarefas do dia-a-dia, assim como eles também tenho um blog que fiz em um curso do NTE na minha cidade (Santo Ângelo, mais ou menos 100 km do Polo de Três de Maio). Senti um pouco de vergonha depois de vergonha depois de ler os materiais dessa disciplina e ver o quanto ele pode ser útil para auxiliar no meu trabalho de professora de Língua Portuguesa, postando textos, músicas, filmes e outra coisas interessantes.Ele está desatualizado, mas estou pensando em reativá-lo, se você quiser visitar meu modesto e desatualizado blog o endereço é letrando123.blogspot.com.br.Ficarei feliz com sua visita e continuarei acompanhando seu blog. Um grande abraço
    Andréa
    Obs: já havia postado um comentário anteriormente, mas não havia selecionado a opção anônimo.

    ResponderExcluir
  82. Olá Lidiane!

    Me chamo Cíntia, sou professora de português e de espanhol. Achei muito instrutivo o teu texto “Produção de conteúdo na web”, pois nos esclarece a respeito do universo que nos espera a partir da criação de um blog, trazendo expressões próprias desse mundo virtual. Já pensei muitas vezes em criar um blog com alguma turma de português, pois é uma oportunidade de os alunos compartilharem as ideias expostas em seus textos, mas por falta de esclarecimento ou até mesmo disposição, acabei não criando. Agora estou repensando esta possibilidade e com um outro olhar. Achei muito interessante também a tua colocação a respeito da linguagem utilizada no blog, pois em língua portuguesa sempre paramos para observar o tipo de linguagem utilizada em um texto.

    Teve uma época em que eu gostava muito de fazer pesquisas em blogs e acompanhava a produção de alguns, mas algo que me desanimou muito foi que alguns começaram a ficar desatualizados, os criadores simplesmente deixaram de atualizar as informações sem qualquer explicação, gostei das tuas dicas para que os blogueiros saibam a hora de parar e que tenham uma relação de respeito com os leitores, acho que nestas situações faltou isso.

    Ao entrar no teu blog, me veio na cabeça a arte mexicana, depois lendo, vi que realmente tinha essa influência. Achei muito legal que mesmo lembrando a morte, as ilustrações também trazem muito a sensualidade feminina. As cores intensas dão muito destaque às ilustrações e me chamou a atenção o fato de colocares a demonstração do teu processo de criação. Não posso deixar de comentar sobre a tua loja virtual, muito autêncos os produtos. E as dicas de outros blogs e artistas também são ótimas. Estás de parabéns por toda tua iniciativa, dedicação e criatividade!!!

    Abraço!

    Cíntia de Pinho Silveira
    Polo de São José do Norte

    ResponderExcluir
  83. Olá Lidiane, lendo seus comentários no material disposto na plataforma, realmente me surpreendeu varios pontos acerca de um blog. Não imaginava tratar-se de uma ferramenta tão complexa e ao mesmo tempo que necessite observar-se varios aspctos para sua constituição. Me chamou atenção sobre o fôlego de postar e manter um blog - realmente é necessário persistência. Outro fato que achei curioso refere-se aos trolls - realmente uma praga. No mais achei interesante suas colocações sobre os demais cuidados ao criar-se/gerenciar-se/manter-se um blog, pois é nessario cuidados com a escrita - de forma clara, objetiva e interessante. Outro ponto que me chamou atenção foi sobre o plágio, ou seja, sempre referenciar algum material que copiamos de outra pessoa/site e, outros aspectos que você cita durante o texto. Muito explicativo e esclarecedor e, com certeza norteiam para o sucesso do blog e sua manutenção através da captação de pessoas, pelo interesse em acessar o blog face seu conteúdo, imagens e outros aspectos que sejam de interesse das pessoas no mundo virtual.
    Parabéns, Cassia Cristina Freitas - São Lourenço do Sul - Aluna do Mídias na Educação

    ResponderExcluir
  84. Olá Lidiane!
    Primeiramente quero parabenizá-la pelo excelente trabalho que vens desenvolvendo, deixo claro que sempre tive uma "inveja branca" de quem sabe desenhar ou ilustrar com tanta maestria. AMEI o designer gráfico de teu blog.
    Quero ressaltar que teu texto é de uma acessibilidade incrível, é uma linguagem dinâmica, que não cansa e que principalmente é de fácil compreensão para os adolescentes, gostaria inclusive de pedir autorização para lê-lo com eles.
    Quando li teu texto acabei me remetendo a esse contexto, como trabalho em cinco escolas, tenho que administrar meu tempo entre planos de aula, correções, fechamento de notas... Para tu teres uma ideia, somente esse ano consegui fazer meu "face", até então não tinha "orkut" ou qualquer outro contato virtual dentro das redes sociais, ou seja, vivia ainda no mundo "jurássico".
    Já pensei em criar um blog, o problema é administrar esse tempo para responder e gerenciá-lo, mas o que realmente me perturba é o fato de muitas vezes ele servir como alvo de críticas e postagens deselegantes, tenho dificuldades em lidar com isso, tanto que evito comentar inclusive no meu face artigos, fotos ou outras coisas que muitas vezes me enviam.
    Confesso para ti que já visitei vários sites de professoras com dicas muito boas de planejamento, postei um comentário, mas não obtive retorno. Acabei me "associando" a um site para troca de atividade e também não obtive retorno, chega a ser frustante e cansativo, acabei desanimando.
    Gostaria de obter uma dica sobre blog: Quero criar um blog em que meus alunos tenham acesso, interajam e trocam informações e experiências dentro da disciplina de Literatura. Por onde devo começar...
    Acadêmica Denise Ferreira da Silva do curso de Mídias na Educação Polo Três de Maio _ RS.
    Um forte abraço... :-)

    ResponderExcluir
  85. Olá Lidiane!! Sou a Daniela Bozzetto, aluna do Curso de Mídias Polo de Três de Maio. Primeiramente quero te parabenizar pelo teu blog, adorei ele, muito colorido, gostoso de ver, e principalmente ler o que você escreve, é como uma conversa as suas escritas, linguagem ótima, nada cansativo, muito bom de ler. O texto que você postou dando dicas e falando sobre o blog, para mim foi maravilhoso, porque tenho muito pouco conhecimento sobre esse assunto, eu acesso alguns blogs para procurar atividades e dicas para a minha prática pedagógica, mas nunca havia pensado em como se monta um blog e principalmente todos os cuidados necessários que devemos ter quando expomos nossas ideias na rede mundial de informação.
    Penso que o uso do blog é uma ferramenta que estimula muito a aprendizagem e principalmente a troca de informações, é uma maneira divertida de mostrar o nosso trabalho e também aprender com as trocas de informações. Na escola de educação infantil que trabalho, temos um blog, onde sempre postamos informações, e principalmente postamos as atividades que desenvolvemos com os alunos, com fotos, desenhos, atividades, mas como você mesmo disse, as vezes nos desanimamos um pouco, porque poucas pessoas acessam o nosso blog, não sei se é pela falta de informação, ou se realmente precisamos modifica-lo tornando-o mais atrativo. Mas gostei muito de suas dicas e serão levadas por mim até a escola afim de melhoramos o nosso blog. Um abraço e obrigada pelas informações! Daniela

    ResponderExcluir
  86. Olá Lidiane, tudo bem?
    Primeiramente gostaria de te parabenizar pelo teu blog, tuas produções além de lindas, são muito interessantes. Teu texto, permitiu que eu fizesse muitas reflexões.
    Concordo contigo, quando falas que o hábito de “blogar” vem com o tempo, quando passamos por dilemas, quando o tentamos conciliar o a escrita no blog que criamos com as outras tarefas de nosso cotidiano, principalmente para quem cria um, pela primeira vez. Inserimos aos poucos o hábito de postar em nossas vidas a partir de diversos fatores, tais como: a aceitação das pessoas, críticas positivas, entre outros.
    A postura de se inserir nas redes sociais, neste caso, criar um blog deve partir de uma intencionalidade, ou seja, a vontade de construir algo que seja útil ou que apresente algo interessante. Entendo que a especificidade do conteúdo não irá agradar a todos, por este motivo o blogueiro deve estar ciente de que sua ideia pode dar certo, como também, pode não ser muito aceito pelo grande público.
    Acredito que isto parte do interesse do momento vivenciado pelo público, sendo que se pode criar algo que seja de cunho “popular”, como o assunto divulgado do momento, ou algo mais “fechado” para um público específico.

    Um grande abraço, Marcia

    ResponderExcluir
  87. Olá Lidiane..
    Adorei o teu texto com as dicas sobre a criação de um blog, na escola onde eu trabalho temos um blog, no qual eu utilizo para publicar as atividades realizadas pelos alunos, principalmente da Oficina de Jornal do Programa Mais Educação, além de publicar fotos dos alunos, eles adoram quando há novas publicações, sempre estão visitando. Como estou sempre cheia de coisas da escola para fazer e planejar, não sobra muito tempo, então é difícil de manter sempre atualizado, mas percebo o quanto motiva os alunos quando eles olham seus trabalhos postados lá, depois das tuas dicas vou tentar manter mais atualizado nosso blog. Com o curso de Mídias já aprendi muitas coisas, e estou utilizando-as em sala de aula com meus alunos, e esta disciplina veio para somar mais conhecimento em nossa aprendizagem, estarei compartilhando das suas idéias Lidiane com meus colegas professores que também postam no blog da escola. Acredito que o blog é uma ferramenta ótima na comunicação e para compartilhar idéias e propostas que podem auxiliar no processo de aprendizagem, pois eu também visito muitos blogs e nestes encontro muitas novidades e idéias que utilizo no planejamento das minhas aulas.Gostei muito do teu blog, é muito bom.Parabéns!!!!!
    Bjoosss
    Tarlene Iara Runke
    Polo de Três de Maio

    ResponderExcluir
  88. Boa tarde Lidiane
    Lendo os textos postados para esta semana são muito úteis e esclarecedores.
    Faz uns três anos que participei de uma oficina que tinha como objetivo elaborar um blog.
    Iniciei a elaboração e acabei desistindo.
    Mas agora penso em reativar ou criar um novo para usar durante a aplicação do projeto de final de curso.
    Mas uma dúvida persiste: é possível criar um blog fechado para um grupo? Por exemplo: criar um blog para as turmas nas quais pretendo aplicar o projeto? Não estou a fim de me incomodar com intrusos (trolls) como citado no texto.
    No mais penso que o blog é uma ferramenta que pode ser bastante útil para manter interação com os alunos além da sala de aula.
    Mas concordo com os colegas que abordaram o problema do aumento da carga de horário de trabalho não remunerado.
    Aguardo esclarecimento da minha dúvida.
    Ivo Mai - Polo de Três de Maio.

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e pelo comentário.
Saiba mais sobre os termos de uso do blog clicando aqui.

Subscribe