Por dentro do novo sketchbook

18.6.14


Na última sexta-feira dei início a mais um sketchbook, desta vez com o intuito de juntar tanto os esboços espontâneos e estudos de poses, quanto as referências visuais. Passei uns bons três dias trabalhando para deixar tudo do jeito que eu queria, e o resultado (parcial, ainda) vocês conferem agora:


Para começar, os aspectos básicos: é um caderno da linha Definit da Tilibra, tipo executivo. Foi um "presente" do Antonio (porque ele não ia mais utilizar para fazer anotações de cálculo...). Gosto bastante do elástico para prender tudo e do bolso duplo interno, já fiz um soca-soca de rascunhos ali dentro.


A foto de capa não podia ser outra, né?! Como disse no post do Instagram da Semana, primeiro separei os recortes, depois categorizei as imagens e em seguida comecei a colagem. Não obedeci uma ordem, apenas procurei juntar assuntos similares, por exemplo: flores, expressões faciais, mãos, etc.


Intercalei páginas em branco com fotos que não necessariamente serão utilizadas como referência, mas que ficarão ali para inspirar, principalmente poses e expressões que não estou habituada a trabalhar.


Também farei pequenas paletas de cores acima de cada imagem (na foto, as tonalidades não ficaram fiéis), para treinar o olhar assim como a proposta do site Design Seeds, que eu já mostrei aqui.



Outra ideia é deixar os rabiscos coladinhos um no outro, assim posso ver comparações entre o primeiro e o último esboço. O único problema é este acima: a folha é super fina e transfere para o outro lado, mas nada que a colagem de papeis interessantes não resolva, além de ser outra maneira de treinar sobre texturas diferentes.

Ao longo do ano vou mostrando como está o sketchbook e o que tenho aprendido com ele. Já adianto que é uma ótima maneira para treinar o traço, referências, garimpar coisas interessantes (fotos, papéis, tecidos) e guardar tudo no mesmo lugar.

Abraços,
Lidiane :-)

Veja também

2 Comentários

  1. Meu Deus, te achei pelo rotaroots e to um pouquinho apaixonada pelo quanto você entende de desenho! :O
    Já abusando: esse caderno parece ter folhas finas, e meu interesse é um para aquarelar, ou seja, pelo menos 120g por folha... Tem ideia de algum que não acabe com meu salário? <3
    Seguindo, curtindo e desejando mais posts como esse!
    Beijão! http://josyarruda.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Josy, tudo bem?
      Nossa, que legal o Rotaroots promover esses encontros virtuais *--* E a quantidade de apaixonados por desenho que participam das blogagens me impressiona rs.
      Então esse caderninho tem as folhas bem finas mesmo, ele não é específico para desenho, se quiseres um para aquarela de valor acessível, sugiro procurar os da Cícero Papelaria e da Canson, que são bem mais baratos que os Moleskines, mas com uma qualidade super boa também.

      Beijos! :*

      Excluir

Muito obrigada pela visita e pelo comentário.
Saiba mais sobre os termos de uso do blog clicando aqui.

Subscribe