Garota campestre

Por - 25.9.14


O trabalho de hoje surgiu mais como uma brincadeira no meu bloco de papel kraft do que como algo sério.  Queria tentar fazer um rosto menos longilíneo e testar alguns "modelos" de olhos que tenho treinado, daí surgiu a figura campestre que mostrarei a seguir. Acima, com o cabelo pronto (utilizei lápis 3B Mars Lumograph, da Staedtler).


Aproveitei que estava lendo uma notícia sobre a moda das tatuagens metálicas e incorporei o acessório no pescoço nu da figura. As gotas me lembram coxinhas :D


Na hora de colorir a tiara de flores, decidi usar essa mini aquarela que ganhei há uns dois anos da minha baiana mais linda, Narinha (**muita saudade**), e incrivelmente o papel não enrugou tanto quanto eu achava. Percebi que meu problema com aquarela chama-se preguiça.


Finalizei as flores com lápis de cor comum, só para dar um acabamento na linha do grafite. E o resultado final ficou assim:


Estou adorando trabalhar com este papel kraft da Canson (linha de sketchbooks XL) pois, apesar de ser fininho, ele se comporta muito bem com tinta, caneta, lápis e aquarela (materiais que testei até o momento).

Abraços,
Lidiane :-)

Veja também

2 Comentários

  1. Ficou bem diferente a cor da primeira foto mas muito bonito! :} bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi o tratamento da imagem ;) Bjks :*

      Excluir

Muito obrigada pela visita e pelo comentário.
Saiba mais sobre os termos de uso e política de privacidade clicando aqui.