Moleskine #48: uma tentativa de homem

2.12.14


Acho tão antinatural desenhar homens, é uma das inúmeras coisas que preciso trabalhar internamente para melhorar. Tenho repetido esse mantra sempre: trabalhar para melhorar. Foi algo que pratiquei bastante ao longo do ano, e que vi resultado, mas ainda restam muitas pontas soltas a aparar.

Curti muito um comentário da Dali no post anterior, sobre a curiosidade dela em ver eu fazer ilustras de corpo inteiro e com cenários. E eu quero muito voltar a fazer isso também. Vejo trabalhos meus de 10 anos atrás com uma malandragem que não tenho hoje, um desprendimento para tentar coisas novas, quero isso de volta! 

Peguei uma série de referências de posturas de ioga no Pinterest, e também de plantas e botânica. Esse é meu próximo projeto. Espero colocá-lo em prática em breve.

Abraços,
Lidiane :-)

Veja também

10 Comentários

  1. Olá Lidiane, que bom que pude ajudar nesta etapa de desafios, fiquei muito feliz que tenha gostado do comentario ;)

    Bom o desenho é isso mesmo, nos possibilita descobrir onde temos facilidades e dificuldades, eu gosto mais das dificuldades, de experimentar o novo, é sempre fascinante, quebrar os limites.

    Em uma das minha "garimpadas" pela net vi uma especie de desafio que achei bem legal que talvez ajude, MDC eu acho, nele os artistas tinha que fazer "gender bender", uma brincadeira de transformação de gêneros dos personagens. Escolher algum desenho, livro ou filme e transformá-lo numa versão masculina ou feminina, dependendo do personagem, vi muitos trabalhos interessantes, de repende isso pode auxiliar em determinados trabalhos e estudos que venha a fazer com a figura masculina.

    Quando vem o branco eu dou uma olhada por lá rsrsrsr.

    Acredito que esta ideia de flores e ioga, vai render muitoooosss desenhos espetaculares, estou já ansiosa para ver os estudos.

    Grande abraço :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viu só, ajudou sim ;)

      Eu estou sempre procurando esses desafios de desenho e estou louca para fazer o "30 days drawing challenge", mas esse de gênero achei ótimo! Queria muito ter feito o do Halloween, mas bateu com o Inktober e não consegui conciliar, ano que vem quero juntar os dois :)

      Eu ainda tô rindo desse meu cara aí, mas espero aprender com ele e me arriscar a fazer outros companheiros kkkk

      Beijokas :**

      Excluir
  2. Oláa, só de ter conseguido participar e fazer tantos trabalhos já é gratificante não é, agora e programa para o próximos, rsrs.

    Este ai eu não conhecia, vou dar uma olhada depois.

    Este camarada ficou interessante mesmo, algo meio "glam rock" talvez, vamos esperar o que vai vim por ai nestes seus novos estudos ;)

    Grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei da tua definição: "glam rock", isso tem muito a ver com os personagens dos últimos livros que li, talvez tenham ficado no meu inconsciente. :D

      Beijokas :**

      Excluir
  3. Oláa, eu vi a ilustra e me lembrei do cantor Johnny Hooker, não sei bem porque, ele me veio a cabeça com este desenho.

    Acredito que quem desenha sempre lê os livros de maneira diferenciada, acho que vamos mais fundo nos detalhes das cenas, nas formas dos personagens, imaginamos mais além, e isso acaba ficando registrado na mente, ainda mais se a leitura for boa, daquelas que não queremos parar mais.

    Grande abraço ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, eu estou com o Jack Kesy e o personagem dele na série The Strain (vai estrear no Brasil em janeiro, no FX). Acabei lendo o livro que deu origem a série, amo o trabalho do Guillermo Del Toro, e fiquei com o personagem Gabriel Bolivar, que é um roqueiro gótico, na cabeça. Talvez tenha um pouquinho dele ali hsuaihsuahsuiahsuahs

      Bjks

      Excluir
  4. Olá, eu não cheguei a ver esta série e nem tinha conhecimento do livro automaticamente, mas do Guilhermo me lembro, gosto do trabalho dele também, o preferido com certeza é HellBoy, seres misticos, segredos ocultos, uma prato cheio para imaginação, vai ser uma boa pedida para o "recesso" daqui da empresa, vou procurar o livro e ver se consigo ver a serie ;)

    Olha bota gótico nisso heim, ultrapassou o camarada do Marilyn Manson.

    Grande Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho ele [o ator] um gótico lindo demais hsuahsuashuahsau

      Bjs

      Excluir
  5. Oi, Lidy! Nossa, nem sei te dizer como me identifiquei com esse post! Também tenho uma dificuldade absurda de desenhar homens, e sempre vejo meus desenhos de criança e fico horrorizada (de bom) com o quanto eu era desprendida!

    Eu super apoio você com as novas ideias, e acho que a gente tem que estar sempre se desafiando mesmo, até como exercício de automotivação. Boto fé nos projetos, Lidy!

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fico des-mai-a-da com as coisas que produzia antes de entrar pra faculdade, e até mesmo nos primeiros anos de curso. Quero voltar a ter tanta audácia huahueaueuehua

      E acho que as posturas de ioga tão bonitas e desenháveis, tanto em homens quanto em mulheres, que elegi como meu próximo desafio :)

      Beijokas :**

      Excluir

Muito obrigada pela visita e pelo comentário.
Saiba mais sobre os termos de uso do blog clicando aqui.

Subscribe