Tag: 15 coisas legais que aconteceram em 2015

Por - 29.12.15

Vem comigo! Foto: Antonio Quaresma
A Ana Blue, do blog 9dadesasolta, me marcou na tag 15 coisas legais que aconteceram em 2015, e aproveitei para fazer um comparativo com as metas que estabeleci para minha vida nesse ano. Será que consegui cumprir o que prometi? Será que teve mais coisa boa, mais coisa ruim ou foi 50-50? Vamos descobrir:

1- consumo mais consciente: esse foi o grande mérito de 2015. Eu parei de comprar até o mundo acabar. Desde roupas e sapatos, até livros e materiais artísticos, minhas compras foram bastante controladas (com algumas jacadas de vez em quando), em nada se comparando a anos anteriores. 

2- desapego: junto com o consumo consciente, veio o desapego de tudo aquilo que estava sobrando. Doei livros, lápis, canetas, roupas, sapatos, acessórios. Limpei gavetas e caixas que continham desde maquiagem até sketchbooks nunca usados. Não cheguei a aplicar a Marie Kondo, mas busquei um olhar mais crítico a respeito do que gostaria de guardar na minha vida. 

3- uso do sketchbook: eu tinha um grande problema em deixar esboços inacabados e o sketchbook com aquela cara de "aqui pode errar". Tudo precisava ser perfeito, e isso me fazia mal. Mas consegui reverter essa lógica e transformar meus caderninhos (atualmente 4 em uso) nos lugares onde tudo é permitido: erros, experimentos, proporções esquisitas...


4- desafios: teve BEDA#agostodoartista e Inktober. Consegui completar todos os desafios e manter minha sanidade mental, razoavelmente, ao final de todos eles. Apesar de ter ficado muito cansada com o último, quero voltar a me desafiar em 2016, porque ajuda a me manter focada.

5- materiais novos: fui a fundo na aquarela, não que tenha me tornado uma expert, mas perdi o medo. Também testei o pastel seco, arrisquei pouca coisa de desenho digital e tive períodos de miscelânea de materiais, contrastando com outros de retorno ao bom e velho grafite.

6- vídeos: reativei o canal no YouTube e estou muito feliz com a receptividade do vídeo sobre a mesa de luz artesanal. Aos poucos, vou me aperfeiçoando, mas já coloquei muita coisa que pretendia há um bom tempo: tem resenha, vlogspeed painting. E aceito sugestões sempre.

7- oficinas e festivais: em junho, participei do Festival CoMundo, onde ministrei uma oficina de desenhos para colorir. Em outubro, a Andréia Pires e eu ministramos o curso Maremundo, voltado ao público infantil. Foram experiências legais e serviram de parâmetro para organizar novos projetos.

Todo mundo dizendo xis! Foto: Andréia Pires
8- presença na rede: reduzi minhas redes sociais, portfólios e lojas pela metade, porque é humanamente impossível estar presente em todos os lugares, ao mesmo tempo, com qualidade. Depois até me arrependi e voltei atrás em alguns, que realmente fizeram falta (como a loja nacional e o Behance). Mas esse detox virtual foi bom para me afastar um pouco do Facebook, que pode ser bem prejudicial à saúde de vez em sempre quando. 

9- sitewww.lidianedutra.com.br está no ar, depois de muito sangue, suor e lágrimas (nem tanto). Foi um passo muito importante pra mim, pois significou a profissionalização do meu trabalho, o cartão de visitas virtual que tanto queria. Além de ter sido a primeira vez que fiz uma curadoria entre todas as minhas ilustras, para selecionar o que era relevante.

10- cursos e leituras: fiz alguns cursos de ilustração online, que foram fundamentais em momentos de crise criativa. Além disso, voltei a fazer leituras técnicas, com o intuito de estudar e me atualizar em vários conceitos. Retomei coisas básicas, como anatomia, cor, elementos da imagem, dentre outros.

11- organização: a partir de um planner mensal, consegui me organizar para dar conta de tudo o que precisava fazer. Existem modelos ótimos na internet, é só baixar, imprimir e usar. De preferência, que fique num local visível (no meu caso, numa prancheta acima da mesa). Para quem está procurando um planner para chamar de seu, recomendo o do Flufly, do Não Me Mande Flores e do Primeiro Rabisco.

12- descanso: consegui viajar! E tirei vários feriadões para relaxar, ler um bom livro e descansar bastante. Acho que 2015 foi o ano que mais parei para esvaziar a cabeça, em muito tempo. E foi ótimo.


13- exposição: em abril fiz minha terceira exposição individual, chamada Mulheres, promovida pelo Centro Municipal de Cultura. Foi um mês de trabalho intenso, pois elaborei todo material inédito e exclusivo para a ocasião. A receptividade foi muito boa, além de ter feito contatos com outras pessoas e tornado minha arte conhecida na cidade, pois sinto que fico muito focada na internet e no "mercado externo".

14- participação na imprensa local: por conta da exposição, participei de alguns programas de TV locais, principalmente os da FURG (emissora universitária). Também recebi destaque no suplemento de cultura do Jornal Agora, com direito a matéria de capa e entrevista. Foi muito legal! 

15- me importei menos com a opinião alheia: foi o ano do dane-se. Aprendi isso com a idade, com o feminismo e com a Elizabeth Gilbert. Nós não temos controle sobre a opinião dos outros, e isso não deve nos afetar. Só preciso aprender a dizer mais nãos. Ainda me incomodo com pessoas que não valorizam o trabalho artístico e querem explorar a todo custo, e isso seria facilmente resolvido com uma boa negativa.

Não vou taguear ninguém específico, mas quem quiser aproveitar esse momento para fazer um balanço do que aconteceu no seu ano, fique à vontade, e não esqueça de indicar o link nos comentários, para que eu possa visitar.

Veja também

20 Comentários

  1. Lidy, vou levar seu ítem 15 pra vida! Obrigada por compartilhar esses momentos com a gente e por compartilhar tanta coisa legal o ano todo! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a principal meta de 2016! Nós não podemos ficar na bad por causa dos outros, não :)
      Obrigada a ti também, por fazer parte de vários desses momentos, Bella! Adorei te conhecer e carregar um pouquinho da tua arte comigo.
      Beijão! :*

      Excluir
  2. Que legal, Lidy! Foi um ano bem produtivo pra você, né? Ano que vem tb quero participar de pelo menos um desses desafios (penso que o inktober) E fazer uns cursos tb. E que bom que você tá mais relaxada e conseguido usar os sketchbooks de boa. Eu venho me equilibrando da forma contrária... Sempre fui 'boa' em rabiscar, mas não muito para finalizar as coisas e levá-las 'a sério' (quando levava a sério, perdia muito a fluidez)... acho que nesse último ano melhorei muito nessa parte... até por isso tou conseguindo pegar encomendas sem surtar e ficando feliz com o resultado! :) Em compensação ainda sonho em ter sketchbooks lindos como o do Renato Alarcão (Um dia, quem sabe?) Também estou montando uma retrospectiva no meu blog, acho que vai ao ar no dia 31. Beijos e um 2016 ainda mais feliz e equilibrado pra gente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Liliana! Obrigada por estar presente aqui ao longo de 2015, dividindo tanta coisa boa comigo. *-*
      Foi um ano produtivo, sim. Espero que 2016 seja ainda mais, e que eu possa fazer mais parcerias e projetos bacanas. Sonho com o dia em que poderei fazer um curso com o Alarcão, acho nele sensacional.
      Beijão e feliz ano novo! :*

      Excluir
    2. Lidy, ele sempre dá curso fora e sei que ele já foi pro Rio Grande do Sul... acho que foi até um amigo do meu cunhado de Passo Fundo que organizou mas acho que foi em outra cidade. As vezes vale a pena entrar em contato e tentar organizar. Ele é muito bom mesmo... uma das melhores coisas que tive oportunidade de fazer por ter morado no Rio.

      Beijos e vamos fazer um ótimo 2016! Até lá! :)

      Excluir
    3. Eu vou ficar de olho no calendário dele para o RS, se estiver em Porto Alegre vou tentar ir!
      Beijão e feliz ano novo :***

      Excluir
  3. Parabéns por tantas conquistas nesse ano! Desejo que 2016 traga ainda mais coisas boas... Adorei conhecer e acompanhar seu trabalho lindo <3 Ahhh quero responder essa tag tb, curti muito! bjo ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thaty, obrigada! Foi um prazer te conhecer e acompanhar teu lindo trabalho ao longo do ano! Que venham mais artes em 2016, muito sucesso e novas conquistas. :)
      Beijão! :*

      Excluir
  4. Ano que vem prevejo mais coisas boas pra ti. E já começo te incomodando para outra exposição, vamos lá Lidiane! Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai ser um ano de coisas boas para nós, pode apostar!
      Vamos fazer uma expo em conjunto e tudo mais que puder. :D
      Beijão! :*

      Excluir
  5. que maravilha! to adorando ler a retrospectiva do pessoal, ainda mais depois de um ano tenso na politica e economia... e acho que nas relações pessoais também, né... :/ mas é bom ver as pessoas se darem conta de que 2015 também teve coisas boas, sim! :) E, realmente, o item 15 é essencial! T_T preciso mentalizar mais isso. T__T Mas enfim, que 2016 venha com mais exposições e muita ilustração maravilindas pra ti!!!! <3
    bjss :************

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, passei 80% do ano reclamando do chorume, mas também teve muita coisa boa e foi super legal ter colocado no papel. Eu posso ser bem negativa de vez em sempre, então é uma forma de mostrar gratidão e ser menos ranzinza com a vida. E a memória tá aí pra mostrar que são esses momentos de felicidade que realmente ficam!
      Um ótimo 2016 pra ti, Bia! Que seja regado de arte e inspiração. Obrigada por todo o carinho de sempre. <3
      Beijão! :*

      Excluir
  6. Bom, queria escrever por aqui uma coisa que já há muito foi dita, mas vale sempre reforçar.

    Quando te conheci, lá em 2012, e tive contato com as tuas primeiras ilustrações fiquei muito impressionada. No bom sentido da coisa, claro! Primeiro, porque venho de uma cidade que a arte é pouco valorizada. Segundo, porque (na época) as Catrinas eram belíssimas, delicadas, e ao mesmo tempo tão envolventes que chamaram muito a minha atenção. Logo eu, que não dava bola mínima pra arte e artistas, comecei a gostar muito desse universo e querer conhecer mais. Então, foi quando eu conheci muitas (muitas mesmo, que hoje sigo inclusive no instagram e amo de paixão) outras ilustradoras, com trabalhos tão bons quanto o teu. E pensava: "Tanto trabalho bom, com ideias de publicizar e não havia espaço"! Agora, olhando pra trás, vendo o quanto teu traço mudou pra melhor, e se aperfeiçoou, com teu trabalho a cada dia com mais qualidade e, embora não ainda como gostaríamos porém melhor, tu acabou ganhando um espaço e reconhecimento, e isso me dá uma alegria sem fim! A gente pode reclamar do 2015, mas ele teve, sim, muitos bons momentos e muitos desafios! E eu, fecho esse ano com muita gratidão, principalmente porque fiz parte dessa tua caminhada e um dia (vai ser em breve, eu prometo!!) as tuas lindas ilustras estarão decorando meu apartamento (aguardando a visita de vocês também!). Obrigada por ser essa talentosa artista e por nos trazer bons sentimentos a cada ilustração postada no instagram ou enviada por newsletter. Tenho o maior orgulho de dizer que Lidiane Dutra é minha amiga! Um beijo e feliz 2016! <3

    E quero muito em 2016 desapegar:
    1) de coisas;
    2) de pessoas mala;
    3) de trabalhos sem fim.

    META!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Bru, tô emocionada lendo o teu comentário, tanto é que demorei pra responder porque eu começo a chorar na metade hahaha, sou muito manteiga.
      Mas ó: um dos maiores presentes que a vida me deu foi a tua amizade, e falo isso de coração. Se tem uma coisa que vou levar da SEaD (e da FURG) foram as pessoas boas que passaram pelo meu caminho, e que ficaram.
      A gente reclama (e às vezes com razão), mas em retrospecto tem muito mais coisa boa do que ruim. Teve muita conquista, e muitas outras estão por vir. E faço das tuas metas as minhas!
      Um grande beijo e excelente 2016 pra ti!
      Beijão :**

      Excluir
  7. 2015 tbm aprendi a me desapegar..
    E que bom que vc conseguiu se desprender mais com os Sketchbooks! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora sim vou usar os meus sketchbooks parados! o/
      E continuar desapegando das coisas, acho que as minhas metas de 2016 serão praticamente as mesmas de 2015. :D

      Excluir
  8. Lidy, já visito o seu blog a um tempinho, mas nunca havia comentado. Bom saber um pouco do que te aconteceu em 2015. Eu não vou fazer a lista, mas achei super legal a ideia, no final de 2016, pretendo fazer, pq 2015 não foi um ano de coisas boas por aqui, então eu quero mesmo esquecer e ficar só com as lições que aprendi. Parabéns pelo seu belo trabalho!! Te convido a conhecer o meu > http://www.elianacosta.art.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eliana! Obrigada pela visita e pelo carinho :)
      Eu sempre costumo fazer uma lista de metas no início do ano, e essa serviu para eu ver se consegui cumpri-las ou não. Por aqui tbm aconteceram coisas ruins, meu cachorrinho morreu logo no início do ano, mas ficam as lições mesmo.
      Beijos! :*

      Excluir

Muito obrigada pela visita e pelo comentário. Saiba mais sobre os termos de uso deste espaço clicando aqui.