abrir menu
01/11/2019

ABC dos Sentimentos


Durante o mês de setembro, realizei uma atividade com o 2º ano, baseada no livro ABC dos Sentimentos, escrito pela Andrea Araújo. A Andrea tem um trabalho em ilustração e escrita afetiva que, além de lindo, é excelente para trabalhar com crianças. Desde que comecei a dar aulas me interessei por trabalhar um de seus livros, por trazer a questão da criança conseguir nomear e traduzir, através do desenho, aquilo que sente.

No livro, ilustrado durante o Inktober de 2016, a Andrea seleciona um sentimento para cada letra do alfabeto (excluindo as letras k, w e y). Conforme avançamos as páginas, podemos ver como a artista interpreta visualmente o amor, o nojo, a preguiça, o zêlo, e assim por diante.

Atividades de leitura e interpretação de texto são comuns nos anos iniciais, então escolhi o 2º ano B para aplicar este projeto, dividido em duas aulas. Na primeira aula aconteceu a leitura do livro. As crianças ouviram a história e puderam ver detalhadamente as imagens, misturando com vivências próprias: sentir medo do escuro, sentir saudades do cachorrinho que faleceu, sentir nojo de barata... Já na segunda aula, separei as letras do alfabeto em folhas coloridas, e recapitulei alguns sentimentos no quadro, para que as crianças tivessem um ponto de partida. Então, distribuí as folhas aleatoriamente (se fosse priorizar por letra do nome ia dar confusão) e a turma começou a desenhar.

Foi um momento muito forte para mim, tanto que não fiz registros fotográficos, como de costume. Conforme ia passando nas mesas, as crianças me contavam um pouco dos seus trabalhos, e em vários momentos me segurei para não chorar. Clique nas imagens abaixo para ver ampliadas e tente interpretar o que cada estudante desenhou:













Cada trabalho é único e carrega muito do universo particular de quem desenhou: a dedicação ao cuidar do bichinho de estimação; a expressão de leveza ao sentir a liberdade; o nojo do caracol; o orgulho da filha ao entregar o boletim para a mãe; o querer uma fatia de queijo; a saudade do ente querido em forma de gotas de chuva, que se transformam em lágrimas; a xenofobia - cada um dentro de uma bolha, sem dialogar.

Muitas pessoas, ao ver esse livro tão simples, mas tão potente em significado, começam a chorar, por diversos motivos. Há quem se emocione, ou lembre uma situação da infância, ou se sinta tocado, de algum jeito. E acredito que isso acabou transcendendo a proposta da atividade em si, e foi parar em outra esfera, a dos nossos afetos. E conseguir tocar outras pessoas desse modo é muito bonito, me deixa com o coração leve.

Às vezes, dentro da escola, passamos por situações de conflito que poderiam ser resolvidas mais facilmente se os envolvidos conseguissem expressar melhor seus sentimentos. Trabalhar essas questões desde a infância é importante para que, quando adultas, essas crianças possam lidar com situações da vida cotidiana da melhor maneira possível.

Se você gostou desse projeto e quiser guardar os desenhos do 2ºB para inspirar futuros trabalhos, ou até mesmo para admirar naqueles dias em que tudo parece meio nebuloso, faça o download do livro em PDF clicando aqui.

E se você deseja adquirir o livro ABC dos Sentimentos, da Andrea Araújo, mande um e-mail para andreaaraujopp4@gmail.com ou converse com a autora através do Instagram e do Facebook. Agradeço a Andrea por ter escrito este livro tão lindo, e por ter se emocionado junto comigo, demonstrando um enorme carinho pela turma e pelos desenhos produzidos pelos meus alunos.

2 comentários:

  1. Andrea Araújo é uma escritora e ilustradora maravilhosa. E além de tudo isso é Professora 😁!!! Trabalhamos juntas numa das minhas escolas. A convidei para visitar minha segunda escola e advinhem??? Meus alunos estão apaixonados por ela!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Andrea é sensacional, e o livro é de uma preciosidade para trabalhar com crianças, ano que vem já temos intenção de começar o ano e os "combinados" com as turmas a partir da leitura do ABC.

      Excluir

Muito obrigada pela visita e por deixar o seu recado!
Caso você esteja comentando numa postagem antiga, favor levar em consideração a data de publicação, pois minha opinião pode ter mudado com o tempo. Peço desculpas desde já por algum link quebrado que você encontrar. Saiba mais sobre os termos de uso e política de privacidade do blog clicando aqui.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial