A Face Oculta (Balloon Tattoo)

18/08/14


Em tempos de internet, é comum nos depararmos com cada vez mais imagens de momentos felizes, quase que ensaiados previamente: viagens, selfies, jantares. Mas será que todo mundo mostra a sua verdadeira face o tempo todo? Ou nós temos uma face oculta, que não se expõe na rede? Prefiro acreditar na segunda opção. E complemento dizendo que ter uma face oculta não quer dizer a pessoa é falsa ou dissimulada com seus amigos virtuais, apenas que mantém uma parte de si fora dos olhares curiosos que nos cercam.




Tenho o esboço dessa ilustração desde o ano passado (novidade!), mas resolvi repaginá-lo dia desses. Usei uma foto como referência, por isso as proporções estão um pouco diferentes dos últimos trabalhos. Segui a mesma linha de Infinite, numa massa espessa de cabelos negros feitos com tinta acrílica. A seguir, trabalhei o grafite (lápis Mars Lumograph 4B) em todo o restante da figura, com apenas alguns detalhes de lápis de cor e caneta nos olhos, e deixei a cor toda na tatuagem de balão, feita com lápis aquarelável e caneta nanquim. Peguei várias referências no Pinterest e quase surtei de tantas imagens lindas. E a textura do papel deu um toque interessante.


Mas por que o nome? Porque quando comecei a cobrir o rosto, procurei trabalhar o efeito de luz e sombra com mais intensidade. A austeridade da figura contrasta com a alegria das cores da tattoo, o que reforça a ideia da face oculta, que não é mostrada. Nova marca registrada detected: terceiro olho em formato de meia lua.

Abraços,
Lidiane :-)