Pã 🐐


Chegamos à última ilustração do ano! Depois de passar muito tempo colocando os estudos em dia, tirei um momento para desenhar só pra mim e, assim, encerrar o ciclo de aprendizado de 2016. E escolhi fazer à minha maneira, com os seres fantásticos que tanto amo. Todo o processo foi muito rápido, e utilizei uma foto do perfil @armano_scacci como referência (os chifres foram ideia minha).


Levei poucas horas entre rascunho e arte final, embora já tenha essa imagem de referência há um bom tempo. Utilizei lápis HB para a base, estou tentando reduzir a graduação do grafite, para não interferir negativamente na aquarela. Falando em redução, a paleta também girou em torno dos cinzas ópticos e cores dessaturadas. Para finalizar, reforcei alguns pontos com lápis de cor e caneta multiliner fininha também, para dar mais leveza. 
Materiais utilizados
- Papel Canson Montval 300g;
- Aquarelas Van Gogh, Sennelier e pincéis Keramik;
- Lápis de cor Staedtler;
- Multiliner Staedtler 0.2;
- Caneta gel nos detalhes.

é um ser mitológico metade homem, metade bode. Deus dos bosques, protetor dos pastores e dos rebanhos. Ousou desafiar Apolo, deus da música e personificação da beleza, para um duelo. Uma das mais antigas divindades gregas, ainda hoje é erroneamente associado ao mal (como, infelizmente, acontece com várias criaturas mágicas) quando, na verdade, é uma excelente representação da ligação entre homem e natureza.

Para acompanhar meus trabalhos em tempo real, é só seguir no Facebook, Instagram e Tumblr. Visite também a minha loja virtual para comprar produtos exclusivos. Veja todos os meus trabalhos profissionais no Behance.

Comentários

  1. amo mitologia grega, amei a ilustração
    http://dose-of-poetry.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Lidy, esse erro de interpretação é triste, culpa de algumas religiões e principalmente da falta de conhecimento das pessoas. Estamos em 2017 e as pessoas ainda tem preconceitos formados por ideologias antigas, compilação de conhecimentos direcionados, quase pre-históricas. É irritante!

    Lembro-me de quando minha prima disse para tira o desenho de um dragão que tinha no meu quarto, por de acordo com a crença dela, aquilo ali atraia o mal. Só dei um sorrisinho.... kkkkk

    Enfim, o desenho ficou muito bonito. Adoro como a aquarela reage em contato com o Montval, é lindo. Pena que que o bloco está custando um pulmão. kkkk

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, eu perco a conta de quantos comentários recebo de pessoas falando que isso é coisa do demônio e misturando de maneira completamente equivocada arte, religião, opinião pessoal e discurso de ódio, mesmo. Me sinto impotente, o que me resta é não publicar. E é uma pena porque tudo é uma oportunidade de aprendizado, e a mitologia grega é uma fonte praticamente inesgotável.
      Estou economizando meu bloco de Montval e os sketchbooks para aquarela, porque o material subiu demais, até lápis grafite está tão caro que nem sei como será produzir arte no Brasil daqui pra frente. É preocupante, de verdade!

      Excluir

Postar um comentário

Muito obrigada pela visita e por deixar o seu recado. Por favor, leve em consideração a data do post, pois minha opinião pode ter mudado com o tempo, e alguns links podem estar quebrados. Conheça os termos de uso e política de privacidade do blog antes de comentar.

Form for Contact Page (Do not remove)