abrir menu
10/09/2018

Hibisco n. 2 🌺


Esse é meu segundo trabalho (quase) consecutivo com o tema hibisco, dando continuidade à série Botânicas. E também minha primeira experiência com a linha de papéis para aquarela Harmony, da Hanemühle. Confesso que estou super enferrujada, sem tempo para pensar num tema legal e um pouco frustrada por ter regredido nos meus estudos. Eu vinha numa crescente de fazer coisas diferentes, testar materiais, poses, estudar fundamentos, mas fui engolida por uma espiral de cansaço, por conta da rotina, e tenho estado, desde então, bastante acomodada na minha zona de conforto, que são os retratos nesse padrãozinho aí: busto.

Mas uma das coisas que tenho tentado exercitar é não me culpar por não conseguir, neste momento, me dedicar tanto quanto estava fazendo, e pensar que tudo vai melhorar. E foi seguindo essa linha que consegui lidar com a decepção que foi a primeira tentativa de pintura dessa ilustra, completamente falha. Joguei tudo fora e comecei do zero, até chegar ao resultado que queria. 


A referência para essa ilustra veio de um anúncio de revista antigo. Gostei do clima tropical e da possibilidade de fazer uma figura sem o cabelão que costumo colocar. Só que pesei demais a mão na line art da primeira versão, que acabou ficando artificial e cafona. As aguadas que pensei para o fundo também deixaram a composição poluída, uma confusão só. Por isso, peguei a mesa de luz e parti para uma segunda rodada de finalização, dessa vez seguindo o exemplo de ilustras passadas, como Gaia. O resultado foi bem mais próximo ao que realmente queria:


Sobre o papel Harmony: achei bastante parecido com o Montval, porém os pigmentos parecem ficar um pouco mais brilhantes. É uma opção acessível de papel de alfacelulose, para quem ainda não pode investir em papéis de algodão. O preço também é compatível com seu concorrente, da Canson. Nessa ilustra também usei o medium shine, da marca Pestilento, que deixa um brilho perolado na aquarela, porém, ele sumiu quando digitalizei. Assim que tiver uma câmera que consiga captar esse brilho, faço resenha do produto.

Materiais utilizados

  • papel Harmony grana fina 300g;
  • aquarelas Maimeri Venezia;
  • lápis de cor Polycolor;
  • medium shine Pestilento;
  • Multiliner Copic;
  • Caneta gel branca e dourada.

Outubro, o melhor mês do ano, está chegando, e com ele um dos momentos mais esperados pela comunidade artística, que é o meu aniversário Inktober! E sim, eu vou participar pelo quinto ano consecutivo. Só que, desta vez, farei nos mesmos moldes do MerMay: uma ilustra por semana. Optei por esse formato por vários motivos. O primeiro, é claro, tempo. Não tenho como me dedicar a um desafio de 31 dias se mal consigo fazer uma ilustração por mês. Segundo, porque ano passado meu perfil do Instagram sofreu shadowban, por conta da frequência e das # que utilizei. Isso me desmotivou bastante, pois me senti boicotada, enquanto artista, por uma rede social que muitas vezes passa pano pra conteúdos extremamente agressivos, mas acha ok bloquear desenho. O tema vai ser FADAS, em homenagem ao Brian Froud, e vou usar alguns esboços que estão há mais de um ano parados e MERECEM um destino bem maravilhoso. Então, aguardem!

Conheça meu portfólio profissional

2 comentários:

  1. ai, ansiosa pelo seu inktober! Ainda nem sei se participarei.

    Eu amei o resultado final e a moldura combinou demais!

    Com amor, ♥ Bruna Morgan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Bruna! ❤️ Já estou preparando as fadinhas por aqui 🧚

      Beijinhos 😘

      Excluir

Muito obrigada pela visita e por deixar o seu recado. Os comentários são moderados para que eu possa responder a todos com atenção. Caso for comentar em postagens antigas, favor levar em consideração a data de publicação, pois minha opinião pode ter mudado com o tempo. Saiba mais sobre os termos de uso e política de privacidade do blog clicando aqui.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial