Tumblr Girl 💚

12/08/18


Depois de alguns dias parada, voltei a produzir, e aproveitei para testar o papel Nostalgie, da Hahnemühle, que tem uma textura satinada e alta alvura, ideal para trabalhar com técnicas secas. Já tinha testado com o grafite (vou colocar a foto mais abaixo), mas quis usar também lápis de cor, para ver como se comportava, e achei o resultado parecido com o Layout 180, da Canson.



A imagem de referência veio de uma revista gringa, a modelo estava usando uma blusa verde muito linda, que eu quis reproduzir. O trabalho com lápis de cor segue a mesma ordem que a aquarela: primeiro, marco os valores e sombras com roxo, para depois construir com os marrons, laranjas e rosados o tom de pele que desejo. Para os cabelos, ao invés do efeito "fio-a-fio" que costumo usar, preferi uma massa de cor com bastante textura marcada. O legal desse papel é que como ele é muito liso, todas as texturas produzidas são do material e da força que aplicamos, e não da superfície.


Aqui em cima, o resultado do estudo que fiz com grafite, no mesmo papel. Usei lápis 4B, se não me engano. O esfumado fica totalmente uniforme, sem marcas de ranhuras que papéis mais texturados costumam deixar (como o Canson 200g - veja aqui uma ilustração feita nesse papel). E o resultado da minha Tumblr Girl:

Materiais utilizados

- Papel Nostalgie 190g Hahnemühle;
- Lápis de cor Polycolor Koh-I-Noor;
- Marcadores Copic;
- Canetinha com glitter da Giotto para os corações.


Para quem gosta de trabalhar com grafite e lápis de cor em papéis super lisos e brancos, recomendo fortemente o Nostalgie. O preço não é tão salgado como outros papéis profissionais e vale o investimento. Comprei meu bloco na Koralle (não é jabá!).

Conheça meu portfólio profissional