Dicionário de códigos & símbolos das minhas ilustrações

9.5.16

Tenho pensado muito, nos últimos tempos, sobre a crescente onda de relatos sobre plágio no mundo virtual. Ano passo eu já havia falado sobre cópia, o que motivou outras pessoas a opinar também, e daí a discussão não parou. Tanto que me propus, dentro de um grupo muito legal de ilustradoras, capitaneado pela Mary Cagnin, a pesquisar mais, junto com outros profissionais, sobre direito autoral. Esse post sairá em breve.

Nesse sentido, resolvi criar uma espécie de dicionário de códigos e símbolos que aparecem repetidamente nas minhas ilustrações. Eu venho fazendo posts sistemáticos com a evolução do meu trabalho e sempre, a cada processo criativo mostrado, tento passar para o público quais foram as minhas motivações ao criar determinada peça, a escolha dos materiais, dentre outros fatores que fazem cada ilustração ser única.

Quem me acompanha há algum tempo, já consegue reconhecer elementos que, vira e mexe, aparecem nas figuras, ou que já se tornaram praticamente marcas registradas, pois estão presentes em todos os trabalhos. Assim, desenvolvi este pequeno guia (o layout é do Canva), com a finalidade de:

1. tornar reconhecível para o máximo de pessoas possível os códigos recorrentes nos meus trabalhos, criando, assim, um fio condutor das narrativas;
2. me proteger de possíveis plágios, pois, ao publicizar esses easter eggs que deixo em cada ilustra, fica mais fácil reconhecer se alguém mal intencionado copiar e/ou comercializar minhas obras sem autorização.

Claro que não fui eu que inventei esses elementos e vários outros artistas utilizam as mesmas temáticas e os mesmos símbolos. O que faz diferença é o meu estilo, minha bagagem e, principalmente, o contexto de tudo isso nas ilustrações e na narrativa que crio para cada uma delas.




Gostaria de convidar todo mundo que se interessou por essa ideia do dicionário de códigos e símbolos a fazer o seu também. Vamos transformar isso numa tag e fazer com que o público e, principalmente, aquelas pessoas que não têm ideia de que plágio é crime, saibam reconhecer nossos trabalhos. Acredito que é uma maneira de educar artistas em construção e fazer com que quem está aprendendo pare e repense seus próprios caminhos criativos.

Veja também

10 Comentários

  1. Achei interessante essa tabela de códigos! Isso faz com que cada vez mais pessoas, seja artistas ou admiradores pensem sobre o assunto. Neste momento temos que fazer o que está ao nosso alcance pra conscientizar as pessoas e diminuir as ocorrências "leigas" e obter o apoio do público em casos de plágio mais sérios. Eu particularmente acho seu trabalho muito único e conseguiria reconhecê-lo de longe! Acho que fica mais difícil pro autor enxergar isso, mas as outras pessoas reconhecem (pelo menos quem tem o mínimo de olhar crítico).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mary! Também concordo que precisamos ter o apoio do público para que, nos casos de plágio, possamos contar com auxílio através de compartilhamentos, prints, depoimentos, isso conta muito.
      Pro autor sempre é mais difícil sistematizar o próprio trabalho, levei um bom tempo para elaborar essa lista, mas mesmo sendo facilmente reconhecível os plágios já acontecem... infelizmente!
      Beijos :*

      Excluir
    2. Baaah eu também já sei de longe se um desenho tem "a cara da Lidy", se eu ver assinado por outra pessoa vou ver na hora o que tá acontecendo. Sobre a tua lista de símbolos: é bem difícil mesmo, lendo a tua tabela comecei a pensar no que eu colocaria na minha, mas ainda não sei. Ainda assim, tô pensando. Idéia beeem interessante!

      Excluir
    3. Digo o mesmo! Se eu ver qualquer desenho no teu estilo, feito por outra pessoa, já entro na voadora. Pior que tem gente que não se intimida, e copia mesmo! Por isso, acho importante que a gente faça essas listas, até mesmo para sentir a reação do público, se quem nos acompanha reconhece as mesmas coisas que nós.
      Beijão! :*

      Excluir
  2. Super amei a ideia e uma das coisas que mais tenho dúvidas é sobre plágio, embora eu ainda nao tenha visto nenhuma com minhas ilustrações.
    Sem dúvidas, suas ilustrações são sua marca, logo de cara você já sabe; É da Lidiane. Embora tenhamos uma marca com as ilustrações, sempre tem alguém que copia; nada contra a pessoa copiar para treinar, copiar pq gostou, mas deve dar os devidos créditos.

    Certa vez em um grupo no facebook, uma pessoa fez um desenho da branca de neve, mas a versão era do Glenn Arthur, um artista que amo. A pessoa copiou, postou como se a criação fosse dele. Já explano logo!! Acho um absurdo!
    Pegam sua obra, modificam e acham que é dele.

    Amei essa iniciativa e vou montar o meu também <3
    bjs, Iza.

    http://www.izcordeiro.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Iza, super apoio você montar um quadro também e compartilhar.
      Eu tenho visto muitos casos de plágio, nos últimos tempos, e isso tem me deixado desconfortável, porque os mais descarados nem partem de pessoas anônimas, é de quem tem muitos "k" de seguidores nas redes sociais, por incrível que pareça.
      Vira e mexe eu gosto de fazer releituras e, claro, sempre credito o autor, porque é uma maneira de estudar e homenagear a pessoa que você curte. O Glenn Arthur é um dos artistas mais kibados que já ví, outro dia eu vi uma pessoa compartilhar uma montagem dessas páginas que juntam letra de música + ilustração, e era uma cópia dele...
      Eu ainda quero pensar que 90% das pessoas fazem isso sem maldade, mas cada dia fica mais difícil!
      Beijão! :*

      Excluir
  3. Olha só que bacana! nunca tinha visto um desses. Achei muito válido, até pra compreensão e interpretação das obras que criamos. Muito bacana mesmo. Assim que eu tiver um tempinho, farei um também! :) obrigada por compartilhar também! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz sim, Bia! Acho muito bom que os criativos se mobilizem para acabar com essa onda de plágio e coloquem a cara no sol, mostrem seus trabalhos sem medo.
      Beijão :**

      Excluir
  4. que show, lidy! assim q eu conseguir, postarei o meu <3
    iniciativa bacanuda, ein?
    beijinhos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thaís, faz sim, ainda mais que vc tem un traço super único. Acho legal a gente se proteger e educar o público.
      Beijo beijo :*

      Excluir

Muito obrigada pela visita e pelo comentário.
Saiba mais sobre os termos de uso do blog clicando aqui.

Subscribe