Cartilha sobre violência contra a mulher - 10 anos de Lei Maria da Penha

Por - 12.12.16

Este ano tive a oportunidade de ilustrar sobre um tema bastante discutido e de extrema importância para a sociedade: a violência contra a mulher. Já mostrei alguns pedaços aqui e pelas redes sociais, mas agora posso contar todos os detalhes. Trata-se da cartilha Violência contra a mulher: conheça, previna e combata, em alusão aos 10 anos de Lei Maria da Penha. Foi uma encomenda dos sindicatos de educação do município, e me senti grata por ter sido lembrada para este trabalho.

Foi pesado, não vou mentir. Durante o processo de criação, mergulhei na lei, nos relatos, em textos de apoio, e colocar as cinco formas de violência contra a mulher no papel (física, sexual, psicológica, moral e patrimonial) de forma não caricata, respeitando as vítimas, foi desafiador. Utilizei recursos gráficos para que as ilustrações interagissem com o texto-base, como, por exemplo, deixar todas as figuras em grafite e pontuar detalhes com cores. Contrapus a rigidez do grafite com a suavidade da aquarela, para equilibrar a tensão das imagens.

Não vou postar todas as ilustrações no blog, que é acessado por mulheres de todas as idades, pois, por se tratar de violência, pode ser gatilho para muitas que vivenciam situações assim e este, definitivamente, não é meu objetivo. Quem quiser acessar o conteúdo na íntegra, pode ir até meu álbum no Behance.
Fonte: CPERS
A cartilha Violência contra a mulher: conheça, previna e combata estará disponível para professoras e professores das escolas públicas das cidades de Rio Grande e Porto Alegre, e eu me sinto honrada em ter feito parte desse projeto tão importante de conscientização. Você pode conhecer a Lei Maria da Penha através deste link. E para baixar a cartilha GRATUITAMENTE, clique aqui. Espalhe entre seus contatos! 😊

Veja também

9 Comentários

  1. Ficou incrível! Dá pra perceber o quanto você mergulhou no tema, as ilustrações realmente transmitem um sentimento muito forte e verdadeiro. Parabéns pelo trabalho Lidy! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Mariana! Foi um trabalho de fôlego, estou louca para ver impresso. Fico feliz que todos estejam gostando :)
      Beijos! :*

      Excluir
  2. Oi Lidy!!! Achei esse trabalho muito bacana!!! Realmente as ilustrações são bem intensas e o que mais gostei foi o que você mesma destacou no post: a mistura da rigidez do grafite com suavidade da aquarela!!! Foi o que mais me chamou atenção desde que comecei a ver alguns posts seus sobre esse projeto!Todas as ilustrações passam muitos sentimentos, mas tenho que destacar a ilustra das lágrimas em azul, pois essa me remeteu a sentimentos que nem consigo descrever ainda!!! A expressão dos olhos, o azul da aquarela no grafite...sem palavras...Parabéns pelo trabalho!!! Amei!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Lay! Foi uma mistura muito grande de sentimentos para fazer esse trabalho, e tentar alinhavar tudo isso com as técnicas que utilizei. Essa ilustra sobre assédio moral é bem forte e simbólica, imaginei uma mulher sofrendo com insultos e humilhações e a dor de passar por isso calada, sem apoio. É uma imagem muito forte. Espero que essa cartilha chegue a muitos mãos!
      Beijos :*

      Excluir
  3. Seus desenhos são maravilhosos. Não encontro nada igual por ai. Sua arte é linda e unica.
    O brasil é o quinto país em que mais se matam mulheres no mundo, realidade remanescente da época anterior a constituição de 88, onde a sociedade brasileira legalmente era patriarcal, as mulheres não tinham muitos direitos. Se hoje nós achamos um absurdo varias mulheres sendo mortas e feridas por honra no oriente, saiba que essa realidade já esteve carimbada no brasil. Se não me engano a chamada legítima defesa da honra deixou muitos assassinos andando livremente por ai em terras brasileiras.
    Assim como você, sou mulher e artista. Acabei de abrir um canal no youtube. As portas estão abertas para todos que estiverem interessados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, muito obrigada pelo carinho!
      Parece que retrocedemos anos em 2016 no quesito combate à violência contra a mulheres. Aqui no RS, tivemos a secretaria de políticas para mulheres extinta; a questão do aborto legal, sempre que vem à tona, vira palanque para interesses religiosos, e não uma discussão sobre saúde pública; na TV é um caso de machismo atrás do outro, vide Master Chef. Todo dia um aperto no peito e uma sensação de dar murro em ponta de faca. Por isso, acho tão importante esse tipo de iniciativa, de levar a lei até as escolas, mostrar na prática como podemos agir. Sinta-se livre para divulgar a cartilha entre seus contatos :)
      E boa sorte com o seu canal!
      Abraços!!!

      Excluir
  4. Lidy, vi algumas dessas ilustrações e todas ficaram muito bonitas, mesmo tratando de um assunto tão denso. Gostaria mesmo, era de ter acesso a cartilha... ;-(

    Enfim, como sempre, está de parabéns pelo trabalho que desenvolve e por mais uma conquista. Estou sempre aqui, observando à distância com os olhos brilhando de felicidade.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda mais depois da chacina que aconteceu em Campinas, vejo que esse tipo de informação é muito importante! A cartilha física tem distribuição limitada, mas a online pode ser baixada e distribuída gratuitamente: https://drive.google.com/file/d/0B6S9U3BUl2WzbDJJOUtTQTlRbWM/view
      Obrigada pelo carinho! Abraços :)

      Excluir

Muito obrigada pela visita e pelo comentário. Saiba mais sobre os termos de uso deste espaço clicando aqui.