Maria Sibylla Merian

02/04/13

Olá pessoal!

Já abriram o Google hoje? Se sim, devem ter notado o lindo doodle feito de insetos e plantas. Trata-se de uma homenagem a uma mulher pioneira em todos os sentidos: Maria Sibylla Merian


Maria Sibylla Merian (1647-1717) foi uma naturalista e ilustradora científica alemã. Seus estudos detalhados sobre insetos foram importantes para o desenvolvimento da entomologia. Com influências artísticas na família (pai e padrasto), publicou em 1675 sua primeira obra, com ilustrações de flores. Em 1678, publica novo trabalho, no qual detalha o ciclo de metamorfose das borboletas.


Aos 52 anos de idade, após separar-se do marido, parte para uma viagem ao Suriname, então colônia holandesa. Além de retratar ricamente a fauna e flora locais, fez uma dura crítica ao tratamento dado a nativos e escravos. De volta à Europa, começa seu mais importante livro, Metamorfose dos Insetos do Suriname, publicado em 1705. Maria Sibylla morreu em 1717, vítima de um derrame.

Seu trabalho permaneceu desconhecido por um longo tempo, tanto pelos tabus relacionados à mulher, quanto pela ousadia de suas pesquisas. Eu descobri as ilustrações de Maria Sibylla na graduação e me encantei pela riqueza de detalhes e, principalmente, pelo teor artístico contido nelas. Não são simples desenhos de plantas e insetos: são composições, preocupadas com a disposição dos elementos, as cores, o preenchimento do espaço no papel. É uma aula de ilustração e tanto!

Imagens: Theaterliebe

Abraços,
Lidiane :-)