Divindade

21/10/14


O Inktober tem me proporcionado brincar mais com as tintas e, principalmente, perder o medo da aquarela. Na realidade, perder a preguiça em usar. Acabei comprando um kit de pastilhas, pois me adaptei bem melhor à elas do que às bisnagas.

Para o desafio do dia 19, fiquei na dúvida sobre o que fazer, e comecei a rascunhar algumas ideias. Cheguei na figura dessa ilustração rapidamente, mas a primeira tentativa de finalizar, feita com canetinhas, não deu certo. Parti então para a line art (que estou adorando fazer) e para a aquarela, O resultado foi essa moça de cabelos verdes e pele azul, parecida com uma divindade hindu.


Quis arriscar essa coloração na pele, pois vi que o material me permitiria criar algo legal. Apesar de, mesmo com o tratamento da imagem, o scanner "comer" muito da intensidade da cor, fiquei bastante feliz com os contrastes e com a escolha da paleta, nada intencional, apenas fui largando as cores conforme queria. Na realidade, estava bastante chateada e nem pensei muito no resultado final.


"O verde acalma e traz equilíbrio ao corpo e ao espírito. O seu uso em momentos de depressão e tristeza pode ser reconfortante e estimulante. Está associada ao signo de Libra." Tirei daqui.


Essa ilustração me passa um certo frescor, um clima tropical. Como disse anteriormente, nada aqui foi planejado, por isso acredito que tenha dado certo. Liguei o automático e só parei quando acabou mesmo rsrsrs. Também já disse que os meus melhores trabalhos saem quando estou chateada, então isso deve ter ajudado bastante.

Abraços,
Lidiane :-)