Marilyn Monroe đź’‹

02/06/18


Ontem a atriz Marilyn Monroe estaria completando 92 anos, caso estivesse viva, e várias homenagens a esta lenda do cinema se espalharam pela internet. E eu resolvi pagar uma dĂ­vida antiga, que era fazer um retrato digno da diva, já que todas as minhas tentativas anteriores foram bastante insatisfatĂłrias. 

Num esforço hercúleo, vasculhei meus álbuns do Picasa e descobri este estudo aqui, que até estava bom pela época em que foi feito - 2010, depois de anos sem desenhar - e este outro aqui (da mesma época, vai entender), que apesar de até ter sido publicado numa página dedicada à Marilyn, está o quadro da dor.

Voltando para o presente, achei que era o momento mais apropriado para colocar novamente meus aprendizados em prática e utilizar justamente a minha zona de conforto - o grafite - para entregar um retrato minimamente fiel, com todas as proporções no lugar. Acho que consegui, finalmente!


Já no primeiro rascunho passado a limpo consegui ver semelhança com a foto que peguei como referência. Geralmente vejo os artistas optando por imagens icônicas da atriz, com seus lábios vermelhos e poses sensuais, mas achei esta foto tão meiga e delicada, quase passando uma paz de espírito, que decidi utilizá-la como ponto de partida.


Trabalhei somente com o lápis 4B da Staedtler e esfuminho, e essa caneta dourada da Pentel para a coroa. O papel utilizado foi o Canson XL Croqui. O resultado:


Acredito que consegui chegar ao meu propĂłsito, ainda dei uma leve mexida no Photoshop para arrumar algumas coisas que ficaram fora de lugar. Gostei de como a textura e o tom amarelado do papel deram um ar vintage, que combinou muito com a ilustração. Eterna! đź’‹

Conheça meu Portfólio profissional