Livro: Color Harmony For Artists (Ana Victoria Calder√≥n) ūüé®

16/01/21


Este livro foi uma sugestão que vi no Instagram da Ana Blue, que está sempre antenada e estudando muitas coisas interessantes sobre aquarela. Assim que vi, me chamou atenção, primeiro por ser da Ana Victoria Calderón, que é uma artista que acompanho há bastante tempo (ela tem vários cursos na Domestika que estou louca pra fazer). Segundo que esse livro me lembrou muito o site Design Seeds, que pega imagens e extrai a paleta de cores delas, e é uma excelente fonte de inspiração para artistas. E a proposta é realmente bastante parecida com a desse site, já que a obra também foca na experiência de aprender a olhar para uma imagem e retirar dela uma gama de cores para além do "o céu é azul" e "a maçã é vermelha". O grande diferencial talvez esteja no processo criativo da Ana Victoria, e na forma que ela escolheu para compartilhar suas vivências.


O livro come√ßa com uma pequena, mas muito oportuna, introdu√ß√£o √† teoria da cor e ao c√≠rculo crom√°tico. Saber trabalhar com o c√≠rculo j√° √© metade do caminho numa pintura, pois √© poss√≠vel extrair combina√ß√Ķes muito interessantes usando cores complementares, an√°logas e variando tons e temperatura. Eu vou deixar aqui o link para o download de um arquivo em pdf, para quem deseja ter um c√≠rculo crom√°tico como refer√™ncia. Em lojas de materiais art√≠sticos, √© poss√≠vel comprar um como este aqui.


Quem j√° tem experi√™ncia com pintura pode achar essa parte introdut√≥ria bem b√°sica, mas eu acho interessante sempre fazer um resgate do que √© primordial, pois vejo muitos jovens artistas preocupados em achar um estilo, em ter seguidores, mas negligenciando o estudo dos fundamentos. Ent√£o √© muito inteligente a autora mostrar, atrav√©s do seu processo criativo e das tintas que ela gosta de usar, no√ß√Ķes como valor tonal. Passada essa introdu√ß√£o, vamos para as paletas propriamente ditas, divididas em diversos assuntos - de animais a paisagens e minerais. Vale destacar que a motiva√ß√£o para a escrita desse livro foi uma visita da Ana Victoria a Sedona, no Arizona, e ao impacto visual que a paisagem teve sobre ela.

A seguir, algumas das paletas que mais gostei:




O grande diferencial desse livro √© que, para cada imagem e cada paleta extra√≠da, a autora d√° dicas de como chegar a um tom mais pastel, ou como tornar sua aquarela mais vibrante, quais marcas (a partir da experi√™ncia dela) t√™m as tintas mais adequadas para se chegar a um determinado resultado, al√©m de diferenciar bastante os efeitos de aquarelas em pastilha, bisnaga e l√≠quidas, e suas intera√ß√Ķes com o guache branco.

Ana Victoria tem uma escrita muito entusiasmada, é possível ver, através das palavras dela e de todo o estudo que envolveu o desenvolvimento da obra, o quanto a arte permeia sua vida e o quanto é gratificante, para ela, dividir e multiplicar conhecimento, a partir do seu próprio processo. Aprender a ver uma imagem e admirar as cores de uma paisagem é sempre um ponto de partida interessante para o desenvolvimento de uma pintura, e ela intercala momentos mais realistas com outros de pura experimentação.

Enquanto obra "técnica", Color Harmony pode até não agregar muito para quem tem uma longa caminhada na pintura, mas enquanto jornada artística é um excelente diário e fonte de inspiração.



Color Harmony For Artists n√£o tem uma tradu√ß√£o para o portugu√™s (o √ļnico livro da Ana Victoria que encontrei traduzido foi Aquarela criativa: um passo a passo para iniciantes), mas √© num n√≠vel de ingl√™s f√°cil de acompanhar. Comprei meu exemplar pela Amazon, e como os livros importados n√£o est√£o com pre√ßos muito convidativos, a dica √© colocar no carrinho e esquecer, at√© que o site notifique voc√™ de que o pre√ßo baixou. 

E para quem não está podendo gastar com livros no momento, recomendo o já mencionado site Design Seeds e também o Coolors. Existem vários aplicativos para celular que têm a função de extrair a paleta de cores das imagens, e para quem é usuário da Adobe, também é possível criar bibliotecas de cores a partir dos seus trabalhos.

*Nenhum desses links foi patrocinado, as indica√ß√Ķes foram feitas unicamente com o intuito de informar e complementar o conte√ļdo do post.