Blogagem Coletiva: 14 coisas para ser em 2014

13/01/14


Estou participando da blogagem coletiva do Rotaroots e o tema de janeiro é 14 coisas para ser em 2014. Sem mais delongas, vamos lá:

1. Ser mais organizada: sempre fui a miss agenda, com todas as atividades do dia/semana/mês devidamente anotadas, planos e controles. Só que 2013 foi um ano atípico e acabei me perdendo nas próprias listinhas. Resolvi criar um caderno de organização e tudo melhorou, por isso, pretendo continuar com esse método.

2. Desenhar mais: parece uma obviedade vindo de uma pessoa que trabalha com isso, mas não se engane: a procrastinação aliada à falta de inspiração contribuem muito para que eu passe meses fazendo somente o essencial para pagar as contas. Quero quebrar este ciclo, usando mais meu sketchbook e colocando para fora os rabiscos que ficam só na mente.

3. Completar meu Art Journal: já comecei a preencher as primeiras páginas do Art Doodle Love e quero que ele esteja completinho até dezembro.

4. Finalizar as ilustrações do livro Suspiro Sincrético: este ano quero finalizar tudo o que está pela metade, incluindo o projeto com as queridas Mitcheia e Tamiris. 

5. Testar materiais novos: tenho um medo que me pelo toda de tintas. É sério. Este ano, quero perder nem que seja um pouquinho desse medo todo, investindo em acrílicas e telas. Quem sabe descubro uma paixão adormecida pela pintura?

6. Sair da zona de conforto: por muito tempo me questionei a respeito dessa tal zona, se ela existia ou não. Mas sim, ela existe. E pode ser nociva à criatividade, caso não saia dela de vez em quando. Quero apostar em outros estilos gráficos, desenhar mais paisagens, figuras masculinas, crianças, bichos, plantas... 

7. Ler mais: Segundo o Skoob, li 21 livros em 2013. Quero duplicar a meta para este ano.

8. Pegar mais trabalhos comissionados: principalmente ilustrações para livros. 

9. Não pegar frila indesejado: vou falar com calma sobre isso ainda esta semana, mas já adianto que capas de teses, diagramações absurdas para o meio universitário e arte para eventos acadêmicos na-na-ni-na-não!

10. Procrastinar menos: quero deixar de ser preguiçosa, voltar para a dança ou outra atividade física, fazer cursos e, para isso acontecer, a procrastinação tem que ficar de lado.

11. Me dedicar mais às lojas: muita gente me questiona porque algumas lojas virtuais são mais recheadas do que outras e um dos motivos é que realmente me dedico pouco a elas. Prometo melhorar isso em 2014.

12. Fazer novas parcerias de trabalho: amo começar uma parceria, seja com poetas, ilustradores, blogueiros, enfim. Adoro uma colaboração.

13. Não deixar trabalhos pela metade: como disse no item 4, e em sintonia com o item 10, não quero deixar coisas pela metade. Fica um sentimento muito ruim, que não é de vazio, é de incompletude, que faz mal para quem trabalha com criação. Se não deu certo, simples: joga fora! Se está pesado, dá uma pausa de, no máximo, um trabalho. Mas deixar coisas como deixei, de um ano atrás, não.

14. Estudar mais sobre meu processo criativo: peguei um caderno e comecei a anotar uma série de coisas a respeito do por quê das coisas. O que me motiva a desenhar, quais são meus pontos fortes, fracos, o que me leva a desenvolver uma série... e tem sido assustador e libertador. Recomendo a todos que se dedicam a uma atividade de criação, pois ajuda muito a entender o que se passa na nossa cabeça e trazer à tona o que fica guardado no inconsciente.

Esta foi minha primeira participação na blogagem coletiva e estou ansiosa pelos próximos temas. Deixei os itens bem pontuais a respeito do meu trabalho para que, ao final do ano, possa fazer a retrospectiva e ver se cumpri com todas as metas (espero quem sim!).

Abraços,
Lidiane :-)