Into The Forest #2 ♥

20/02/15


Dando continuidade à pequena série de faunos chamada Into The Forest (veja a primeira ilustração aqui), voltei a experimentar misturas inusitadas e trabalhei com diversos materiais, como tinta acrílica, aquarela e pastel seco.

Gosto das técnicas mistas pela quantidade de texturas produzidas. Pode pesar um pouco, às vezes, mas acredito que tudo é válido quando nos permitimos tentar novos meios de colocar nossas ideias no papel.



Utilizei o mesmo papel de sempre, Canson 300g. O fundo é uma aquarela bem aguada (bisnaga Pentel) e as manchas foram produzidas com sal. É bem simples: com a folha ainda molhada, despeje um pouco de sal onde você deseja que fique esse efeito e aguarde secar (ou use um secador de cabelos). Retire o excesso com o dedo ou um pincel limpo e voilá! Aprendi isso num curso de técnicas líquidas em 2005 mas vamos deixar isso pra lá né minha gente.


Aqui, o detalhe do efeito com sal. Não aconselho fazer isso num dia muito úmido, aliás, não aconselho trabalhar com tintas em dias assim, pois a probabilidade de estragar tudo é bastante alta. Nos cabelos, utilizei tinta acrílica e detalhes de Posca.


Os chifres e os olhos foram coloridos com lápis Polycolor Landscape. Os demais detalhes foram feitos com Copic e marcador preto. Para a pele, escolhi a mesma tonalidade inusitada de Divindade, porém, trabalhada com pastel seco. Mas esses detalhes ficarão para o post de amanhã, no qual vou mostrar como trabalho com lápis pastel. Não percam!!!

O resultado final:



Como falei no início do post, à primeira vista o visual pode pesar, sim, afinal são cinco materiais com acabamentos completamente diferentes, compartilhando o mesmo espaço. Não acho que tenha conseguido um equilíbrio nessa ilustração, embora eu tivesse tentado me manter na mesma paleta de cores entre figura e fundo.

Mas é um ponto de partida para novas tentativas e curti muito o resultado. Acho que a aquarela craquelada é excelente para cenários, enquanto o lápis dá um acabamento acetinado que sempre vai ser meu preferido da vida. Ainda quero fazer um último e terceiro fauno para essa série, pretendo unir o que mais funcionou nessa e na outra ilustra. Deixem comentários com as suas impressões.

Abraços,
Lidiane :-)