These are hard times for dreamers

01/07/16


Desde a criação do blog, há seis anos atrás, mês passado foi o que teve menos postagens publicadas. Segui meu pseudo-calendário editorial e aproveitei para falar do curso da Sabrina Eras, algo que queria fazer já tinha um tempo. Os motivos para esse acontecimento (que não vai se repetir, espero) foram: 1. se for para fazer algo de qualquer jeito, prefiro não fazer e 2. vi muita coisa errada acontecer na internet. Vou me deter a este último para fazer uma pequena divagação.

Já não é de hoje que fico de olho nos plágios rolando soltos no Instagram e web em geral, mas parece que houve uma superação (para o mal) durante o mês passado. Vi amigas e pessoas queridas sofrerem com empresas desonestas, que se apropriaram de seus trabalhos para fazer vários tipos de produtos (aqui, cabe um aviso: tome cuidado com fabricantes de capas para celular e roupas em geral, verifique se o artista é credenciado e está recebendo os royalties corretamente), cópias de trabalhos, gente vendendo arte que não era sua, pessoas fazendo tutoriais e ministrando cursos/palestras sobre assuntos que não dominam totalmente... só para citar alguns casos.

Comigo aconteceu algo muito, mas muito inusitado. Uma pessoa copiou toda a estrutura aqui do blog (inclusive, instalou o mesmo tema), do menu e fonte utilizada no banner até a sidebar, além de: estrutura e títulos dos meus álbuns no Behance e até mesmo as legendas das fotos nas redes sociais. Fiquei chocada e sem saber o que fazer pois, a cada dia, mais e mais plágios "sérios", envolvendo direitos autorais surgiam, e eu acabei não me sentindo a vontade para reclamar "só" disso.

Cheguei a pensar: o tema que instalei no blog é gratuito, qualquer um pode utilizar; também gosto de pesquisar a estrutura de outros sites, a fim de deixar a experiência dos usuários melhor; talvez a pessoa estivesse montando seu portfólio e encontrou no meu um norte para começar. Enfim... cogitei várias coisas na minha cabeça mas, no final, cheguei à conclusão de que foi má fé, mesmo. Por que foi só eu expressar meu descontentamento que tudo foi modificado. Moral da história: se você não deve, não teme!

Isso foi me desestimulando a escrever, somado ao fato de que passei a olhar o que posto de uma maneira ainda mais crítica. Tenho aprendido tantas coisas legais que fico com medo de divulgar uma informação errada, ou indicar um material de má qualidade. Sei que aí do outro lado tem gente que está começando sua jornada na ilustração e não desejo ser uma influência duvidosa, quero dar o meu melhor, sempre.

A situação mudou a partir de algumas coisas muito bacanas que aconteceram: primeiro, todo apoio das meninas dos grupos que participo, em especial a Sabrina e a Bella. É importantíssima essa troca que fazemos. Depois, fui surpreendida com um post lindo no Depois dos Quinze, com a indicação do meu Instagram. Também tem as colaborações para o Delirium Nerd. E, para finalizar, a livestream mais linda da internet, que rolou no último dia 28, lá no canal da Mary Cagnin. Foi uma experiência muito rica, com a qual aprendi várias coisas. Já quero um repeteco!

São tempos difíceis para os sonhadores mas, aos pouquinhos, vamos mudar a situação. Esse período que tenho passado "na caverna", recolhida com meus estudos e só observando o que acontece à minha volta, tem me proporcionado um outro olhar sobre mim mesma, sobre as relações com os outros e sobre o trabalho. 

Em julho a programação volta ao normal, na medida do possível, pois ainda ocupo 90% do meu tempo com estudos de aquarela. Mas já separei umas coisas bem legais para mostrar. E aviso que vou recompensar toda a falta de posts em agosto, com a volta do BEDA! Sim, vai ter conteúdo todo dia, assim como fiz ano passado. Já planejei o calendário editorial e aproveitarei as férias para adiantar várias coisas. Também quero lançar um vídeo com perguntas e respostas, mas ainda não sei quando.

Era isso, esse textão foi um misto de queria star morta com não podemo se entrega pros home de jeito nenhum. Espero que compreendam. Ah! Acabei trocando o layout: um pouco foi pelo acontecido, outro tanto porque o antigo não estava 100% responsivo. Pra variar, ainda não consegui ajustar o tamanho correto de todas as imagens. Me digam o que acharam, também estou sentindo falta dos comentários e da participação desse público tão lindo. :)

Abraços,
Lidiane