Diaba

29/10/14


Quando o filme Malévola foi anunciado fiz um esboço muito torto de uma diaba, que fatalmente acabou na pilha dos trabalhos que um dia (aquele dia que não chega nunca, sabe?) iria finalizar. Santo Inktober, que me fez rever essa dinâmica e botar todos esses rascunhos na rua novamente.


Gostei muito da line art, acho até que poderia ter parado nela e deixado como estava, mas resolvi arriscar pintar com aquarela. Novamente, caí naquela velha questão de: será que estou estragando a minha ilustra? Precisei de um distanciamento para reavaliar o projeto e pude perceber que consegui deixar pelo menos 80% do jeito que queria.


Depois de finalizada e tratada, a ilustração ficou assim:



Ainda preciso lidar melhor com os espaços em branco na aquarela, minha primeira reação é sempre preencher tudo e essa é uma técnica que precisa de um respiro. Aos poucos eu chego lá. Apesar da cobertura ter tapado as linhas do cabelo mimimi, curti a cor e o movimento. Ah, e os chifres também são xodós.

Abraços,
Lidiane :-)