Como faço o efeito galáxia/ nebulosa com aquarela

Por - 7.4.15


Há dois anos, no mínimo, um dos assuntos mais pesquisados aqui no blog é como fazer o efeito galáxia e/ou nebulosa com aquarela. Eu já havia falhado miseravelmente em fazer, mostrei um vídeo, e depois fiz um compilado de inspirações que retirei do YouTube. Mas foi só agora que tomei coragem para treinar até conseguir, e hoje divido esse aprendizado com vocês. O ponto de partida foi esse primeiro vídeo que postei, com algumas adaptações. Como tudo que compartilho aqui, essa é a minha experiência, não estou dizendo que é a maneira correta, tampouco a única que existe. É um caminho que pode servir de inspiração. Clique nas imagens para ampliar!



1. A primeira coisa que faço, ao começar um trabalho com aquarela, é isolar as áreas que não receberão a tinta. Para isso, uso uma máscara para aquarela, espécie de película protetora. Tem quem isole tudo, mas eu prefiro passar só na borda, uma camada bem fina. Para retirar, basta esperar secar e esfregar com uma borracha até soltar a pontinha, depois é só puxar com cuidado.

2. A máscara que uso é a da Corfix, custa em torno de R$ 5,00, fede a bicho morto, mas tem uma excelente relação custo/benefício. Suspeito que esse frasco de 100ml sairá da validade antes mesmo de eu chegar na metade, de tanto que rende. Importante: tenho um pincel exclusivo para passar a máscara, pois ela gruda demais. Para retirar, utilizo água quente e detergente, que soltam a cola das cerdas. Mas é inevitável que alguns fios vão junto, o que deixará o pincel careca depois de um tempo de uso.


3. Para esse tipo de trabalho, prefiro usar as aquarelas em bisnaga, pois assim posso largar a quantidade de tinta diretamente no papel. Usei as da Pentel, e dei preferência para os tons de azul, verde, violeta, amarelo e vermelho, mas a galáxia é sua, pinte da cor que achar melhor. Também separe um copo com bastante água, pois a folha precisa estar bem molhada. Dê preferência para papéis próprios para aquarela, acima de 300g, senão a probabilidade de deformar a folha é altíssima.

4. Para essa técnica, separe também algumas toalhas de papel e um borrifador com álcool. Por que o borrifador, Lidiane? Porque ele potencializa o efeito das manchas sobre a aquarela, formando círculos e caminhos por entre as poças d'água. O unicórnio é apenas um enfeite bonitinho hehehe.


5. Pegue um pincel grande e macio e umedeça a área que você deseja pintar. Nesse caso, é o cabelo da figura. Molhe mesmo, deixe o papel ensopado, pois isso ajudará a espalhar a tinta. Após escolher as cores que deseja usar, deposite o equivalente a um botão de camisa de tinta, diretamente da bisnaga, em diferentes pontos da folha.

6. Agora é a hora de misturar tudo! Com um pincel de aquarela redondo e macio (e úmido), comece a espalhar as cores pelo papel. Não se preocupe muito, apenas se certifique de não deixar grumos na tinta, e de misturá-las, formando outros matizes. Esse é um daqueles momentos em que a gente para e pensa que está ficando uma merda, que vai dar tudo errado, mas calma... a folha ainda estará bastante encharcada, e se não estiver, borrife mais água, pois o próximo passo é muito importante.


7. Com a toalha de papel, dê pequenas batidinhas em algumas áreas, de preferência naquelas mais escuras, ou onde a cor não ficou legal. Isso ajuda a chupar o excesso de água e já começa a deixar seu trabalho com a cara desejada. Mas não sugue muita água. Deixe algumas áreas umedecidas para então usar o álcool. Borrife aonde você deseja criar efeitos de manchas, e preste atenção à intensidade: borrifadas fortes formam bolhas que desaparecem rapidamente, enquanto borrifadas curtas e próximas forma pequenos círculos mais concentrados.

8. Depois de usar o álcool, você pode deixar secar naturalmente, ou usar um secador de cabelo na velocidade mínima e temperatura fria, para ajudar no processo de secagem. O legal do secador é que você pode conduzir a água acumulada na folha e formar veios e pequenos caminhos de tinta e álcool.


9. Para deixar sua galáxia mais legal, adicione algumas "estrelas": separe um pouco de aquarela branca (se preferir, use guache, tinta acrílica ou nanquim) e uma escova de dentes. Misture um pouco da tinta no godê e passe a escova. Com a ponta do polegar, espalhe a tinta por cima da pintura, o que vai conferir aqueles respingos semelhantes à obra de Jackson Pollock.

10. Teste essa etapa numa folha antes, pois pode acontecer de respingar muita tinta branca e acabar perdendo o efeito. Se isso acontecer, use a toalha de papel e dê pequenas batidas para retirar o excesso. Você também pode usar caneta gel branca, dourada, prateada, enfim, deixe a imaginação te levar!


11. Assim que a sua galáxia estiver pronta, retire a película e continue sua ilustração normalmente. Aqui, usei nanquim preto, para ressaltar o efeito da aquarela. Lembre-se que nunca sai bem logo de primeira, e que é errando que se aprende. O importante é testar sempre e não pensar muito nos resultados, mas sim no processo, que é bastante divertido.

12. O resultado dessa ilustração vocês puderam conferir neste post, no qual mostrei os detalhes de Maybe Tonight. Quero ressaltar novamente que essa foi a minha experiência, e que adaptei algumas coisas do vídeo original que indiquei, como por exemplo, trocar o sal por álcool, por achar mais fácil de trabalhar. 

O  legal é trabalhar em pequenas áreas, de preferência A5, pois é mais fácil controlar os movimentos até ter segurança. Use folhas que já estão rasuradas, para evitar desperdício.

Espero ter ajudando quem, assim como eu, ama esse efeito e sempre teve vontade de aprender. Cada artista trabalha de uma maneira diferente, portanto, se vocês têm contribuições a fazer ou desejam compartilhar suas produções, não esqueçam de deixar um comentário.

Abraços,
Lidiane :-)

Veja também

33 Comentários

  1. Eu costumo usar sal Lidiane, mas da próxima vez usarei álcool para experimentar. Ficou lindo viu! Parabéns!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gicelle, obrigada! Eu usava sal também, gostei do álcool porque o efeito fica similar e facilita o manuseio.

      Beijos :**

      Excluir
  2. Arrasou no tutorial, Lidy! Eu nunca tinha testado colocar a tinta direto na folha, mas é uma boa ideia :D Seu resultado ficou muito bom!

    Beijos e obrigada por compartilhar suas experiências com a gente <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Ju! Agora, vou testar outras possibilidades, estou perdendo o medo das aquarelas *--* aos poucos vou melhorando!

      Beijokas :***

      Excluir
  3. Nossa, tutorial lindo, meu resultado ficou muito bom! tudo tão bem explicadinho >3<

    ResponderExcluir
  4. Tô morrendo de vontade de experimentar! Parece tão divertido!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É super divertido, sim! Experimenta ;)

      Bjks :**

      Excluir
  5. que lindaa!! *_* muito legal mesmo. dá pra viajar legal com essa técnica. achei engraçado/interessante você usar tinta guache. não sei porque, mas eu sempre pensei na tinta guache como algo apenas pra crianças brincarem. nunca pensei em usar ela num trabalho profissional... e o papel não absorve a tinta branca, pelo visto. eu já tentei fazer esse efeito das "estrelas" usando a própria tinta branca aquarela, mas o papel sempre absorvia a cor, e ela mal aparecia. :/ dai me indicaram usar a caneta gel branca. Mas não ficava exatamente como eu queria. vou testar a guache. :) ótimo post!
    Ah, e boa sorte no primeiro dia de exposição! xD
    bjss :********

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia!!! Muito obrigada :)
      Para o efeito todo usei a aquarela em bisnaga, uso o guache só para o efeito das estrelas, mas se deixar a aquarela branca um pouco espessa, é possível criar os pontinhos sem o papel chupar a tinta. Também uso Posca branca, que é uma maravilha pra tudo, até os arranhões da minha mesa tapo com ela kkkkkkkk, essa eu recomendo fortemente :D

      Beijokas :****

      Excluir
  6. Gente, que tutorial mais lindo!
    Obrigada por disponibilizar. E o resultado ficou maravilhoso!

    Um bj,
    Re

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Rê! Pretendo disponibilizar outros tutoriais, com o tempo :D

      Beijokas :***

      Excluir
  7. Ficou tão lindo, eu tenho um medo danado da aquarela. Só consigo pintar com lápis de cor, mas esse efeito é tão lindo, vou tentar seguir esse seu tutorial ele estar tão explicadinho que acho que não vai ter erro :) obrigada por disponibilizar ele *.-

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Caroline! Obrigada, espero que o tutorial te ajude :)
      Olha, eu também tinha medo de usar aquarela, mas é um material tão gostoso de usar, depois que comecei nunca mais quis parar. Não pode ter medo de fazer sujeira e de errar!

      Bjks :**

      Excluir
  8. Lidiane, estou de queixo caído. Fantástico o resultado e o "tuto", ficou perfeito, estou doido para testar. Não faltou nada!

    Parabéns pelo trabalho e por compartilhar seus conhecimentos conosco.

    Queria ir em sua exposição, más é meio complicado, moro em BH_MG. Ver essas galáxias de pertinho deve ser bem legal. Mas fiquei feliz por ter acompanhado as criações quase em tempo real, expostas aqui e no Insta.

    Seria possível fazer um post sobre como você abriu caminho para fazer a exposição? Sempre que vejo alguma exposição de trabalhos de ilustradores ou artistas plásticos, fico curioso com relação a isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mateus, muito obrigada! Fico feliz que tenha curtido o tutorial.

      Gostaria muito de levar minha exposição para outras cidades, principalmente fora do RS, mas isso depende de $apoio$, quem sabe eu consiga :)

      Gostei do teu questionamento, vou fazer um post com dicas para quem quer expor, com base na minha experiência, mas já te adianto que na maioria das vezes é mais fácil do que a gente pensa ;)

      Abração!

      Excluir
  9. Lindo,obrigada vc me ajudou muuuuuuito 💜💜

    ResponderExcluir
  10. Olá, parabéns pelo lindo trabalho!! Quais são as boas marcas de nanquim? Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola, até hoje só usei os nanquins da Trident e da Pelikan.

      Excluir
  11. Hahahah que coisa mais louca, também me chamo Lidiane meu apelido e Lidi so sem o y sou Libriana e sou apaixonada pelo universo unicórnio e galáxias hahaha so falta o dia do nosso nascimento for o mesmo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que legal! hahahaha
      Já conheci muitas Lidianes desde que criei o blog, sempre me espanto, porque não acho um nome muito comum :D
      Sou libriana do dia 14 de outubro, vamos ver se combinamos no dia tbm! Bjs :*

      Excluir
  12. E sou gaúcha também haha parabéns pelo trabalho ^-^

    ResponderExcluir
  13. Oi Lidy, quanto tempo você espera para a máscara secar antes de pintar por cima dela?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gio, vai depender da marca da máscara, o importante é que ela esteja bem seca. :)

      Excluir
  14. Adorei! Esse adesivo isolante q vc usou serve para telas tbm?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mariana! Não sei se funciona em tela, mas acredito que sim :)

      Excluir
    2. Ok vou testar aqui e ver se dá certo 😊 Obrigada pela atenção! Boa noite!

      Excluir
  15. Ola muito lindo o seu trabalho. Sera que poderia me tirar uma duvida? É o seguinte, o papel pra aquarela que tenho tem umas listras e na hora de misturar as cores elas começam a escorrer e ficam às riscas, nao misturam bem... será do papel?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eunice, obrigada. Alguns papeis para aquarela possuem sim uma ondulação que interfere na hora da pintura, é o caso da linha universitária da Canson. Se está te atrapalhando, recomendo usar o Montval, também da Canson, que tem um preço acessível e melhor qualidade.
      Abraços!

      Excluir

Muito obrigada pela visita e pelo comentário. Saiba mais sobre os termos de uso deste espaço clicando aqui.